Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Metodologia

Ciência, método e pesquisa
by

jane ferreira

on 22 May 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Metodologia

Ciência, Metodologia e Pesquisa Jane Mendes Ferreira Definir os diferentes tipos de conhecimento;
Descrever e diferenciar os conceitos de ciência, pesquisa, método e metodologia; e
Identificar a importância do método, da metodologia e da pesquisa na construção da ciência. Objetivos da disciplina O que é conhecimento?

Do Latim: cognoscere – procurar saber, conhecer

Pensamento que resulta da relação entre sujeito e objeto

Teoria do conhecimento – disciplina filosófica que visa estudar os problemas levantamento pela relação entre sujeito e objeto Popular,
Religioso
Filosófico
Científico Tipos de conhecimento Superficial
Sensitivo
Subjetivo
Assistemático
Acrítico Características do Conhecimento Popular Apoia-se em doutrinas que, por sua vez, estão sustentadas sobre proposições valorativas (sagradas). As verdades são infalíveis e indiscutíveis, pois implicam sempre em uma atitude de fé perante o conhecimento revelado.
As evidências não são postas em dúvida Conhecimento Religioso Conhecimento Filosófico Conhecimento valorativo.
O conhecimento filosófico baeia-se na experiência e não na experimentação
O conhecimento filosófico não é verificável, já que os enunciados (as hipóteses) não podem ser confirmados nem refutados Conhecimento científico Factual. Lida com ocorrências ou fatos.
Trata-se de um conhecimento contingente, pois suas proposições ou hipóteses tem sua veracidade (ou falsidade) conhecimento por meio da experiência e não apenas na razão (conhecimento filosófico) Conhecimento científico Características:
Sistemático - logicamente ordenado, formando um sistema de ideias (teoria)
Verificável - as hipóteses que não podem ser comprovadas não pertencem ao âmbito da ciência
Falível - não é definitivo - é aproximadamente exato Ciência Pesquisa Científica Método Científico Conhecimento
Científico Ciência Características Objetivo ou finalidade - Caracterizar as leis que regem os fenômenos Função - aperfeiçoamento do conhecimento Objeto da ciência - subdivido em material e formal Material: aquilo que prtende estudar Formal: enfoque especial, em face das diversas ciências que possuem o mesmo objeto material Classificação e divisão da Ciência Ciências Formais Factuais Naturais Sociais Lógica matemática As ciências sociais e suas especificidades Estudam as relações sociais: o homem e sua dinâmica com a sociedade, com a comunidade, com os grupos sociais, com as organizações Características das ciências sociais Estão em transformação constante, pois são relações inseridas em contextos históricos;
Indivíduos são “frutos de seu tempo histórico”, influenciam e são influenciados pela época e pelo desenvolvimento social.
Sujeito e objeto do conhecimento estão implicados um no outro
A Ciência Social é ideológica - o pesquisador parte de um ponto (uma visão de mundo específica)
O objeto de estudo das Ciências Sociais é qualitativo: já que pesquisa o homem “em determinada condição social, pertencente a determinado grupo social ou classe com suas crenças, valores e significados” (MINAYO, 1996, Apud, Zanella, 2009). Método Conjunto de atividades sistemáticas e racionais que, por meio de caminhos formais e estruturados, permite alcançar conhecimentos válidos e verdadeiros (MARCONI; LAKATOS, 2010). Todas as ciências se caracterizam pela utilização de métodos cientificos Método indica os procedimentos intelectuais que foram seguidos para "conhecer" um fenômeno (ZANELLA, 2009)

Tais procedimentos (formas de pensar), segundo Zanella (2009), devem ser sistemáticos e ordenados. Instrumentos de conhecer Lógica formal Lógica formal: a lógica forma tem relação com a validade dos argumentos. Por meio da lógica podemos verificar se um pensamento está corretamente estruturado Exemplo:
Todo gaúcho é gremista,
João é gaúcho.
Logo, João é gremista Não nos interesse se as proposiçoes são verdadeiras, mas estamos interessados (com a lógica) se o pensamento está estruturado de forma correta A lógica formal pode ser classificada em: lógica indutiva, lógica dedutiva e analogia Lógica dialética Estrutura contraditória do real que em seu movimento constitutivo passa por três fases: tese, antítese e síntese (ARANHA; MARTINS, 1993, p. 88) Método, Métodos e Metodologia Marconi e Lakatos (2010) afirmam que existe diferença entre método e métodos. Para os autores, eles se situam em níveis diferentes de bastração, finalidade e ação Método se caracteriza por uma abordagem mais ampla com um nível de abstração mais elevado (pensamento). Assim, como métodos de abordagem teríamos: dedução, indução e dialética (os autores ainda citam o método de abordagem hipotético-dedutivo) Os métodos de procedimento, por sua vez, são aqueles que lidam com as etapas mais concretas de pesquisa, com finalidade mais restrita e menos abstrata (os procedimentos adotados na investigação). Metodologia Nessa disciplina a metodologia será tratada como um
conjunto de abordagem que envolve:
a) Método - a linha de pensamento (indutivo, dedutivo, dialético) que o pesquisador escolhe
para desenvolver a pesquisa;
b) Tipo de pesquisa (exploratória, descritiva, explicativa, estudo de caso, etc.); e
c) Conjunto de técnicas que possibilitam coletar e
analisar informações sobre a realidade social que
está sendo estudada (entrevista, observação,
questionário, entre outras). Pesquisa A pesquisa visa essencialmente a produção de novo
conhecimento e tem a finalidade de buscar respostas a problemas e indagações teóricas e práticas.
A pesquisa é a atividade básica da ciência, e por meio
dela descobrimos a realidade. Por fim....... 5.Poste no Fórum sua opinião para a seguinte questão: O conhecimento científico ocupa posição central em nossa sociedade. Você considera que o conhecimento popular e o científico são irreconciliáveis? Por quê? Unidade 3 - Tipos de Pesquisa Tipos - Classificação Classificar, nomear, indicar é uma característica humana que está refletida também quando estamos nos referindo às pesquisas que realizamos. Existem diversas classificações de pesquisa. Muitos autores estabelecem os critérios pelos quais a pesquisa deve ser classificada. Vamos seguir a classificação sugerida por Gil (2010) Classificação da pesquisa segundo Gil (2010) É importante ressaltar que a escolha de um tipo de pesquisa depende basicamente da dúvida a ser respondida, da natureza do objeto, do objetivo da pesquisa e da metodologia a ser utilizada. Classificação da pesquisa Finalidade Objetivos Abordagem ou natureza dos dados Critérios de classificação Ambiente Tempo Grau de controle das variáveis Segundo a finalidade uma pesquisa pode ser classificada em:
Pesquisa básica e pesquisa aplicada Pesquisa básica - reúne estudos que possuem como finalidade preencher lacuna no conhecimento (relacionar duas teorias, por exemplo) Pesquisa aplicada - abrange estudos elaborados com a finalidade de resolver problemas identificados no âmbito das sociedades - voltados à aplicação em uma situação específica Estudos exploratórios http://www.recantodasletras.com.br/artigos/2377521 leia o seguinte texto disponível em: Atividades: Pesquise em diversos materiais e produza um texto de (mínimo 15 e máximo 30 linhas) sobre a diferença entre pesquisa pura e aplicada material de apoio: Quanto aos objetivos, uma pesquisa pode ser classificada em:
a) Pesquisa exploratória,
b) Pesquisa descritiva
c) pesquisa explicativa Pesquisa exporatória: busca maior familiaridade com um tema:
Exemplo: Qual a influência dos mecanismos sociais utilizados por atores sociais na constituição dos Arranjos Produtivos Locais? Pesquisa descritiva: tem o objetivo de descrever as características de determinada população. Pode também ser feita com o objetivo de identificar possíveis relações entre varíaveis.
Exemplo:
-Qual a ligação entre liderança e estilo cognitivo dos gestores de pessoas nas instituições públicas federais de ensino?
- Qual a relação entre renda e consumo de vinho tinto? Pesquisa explicativa: este tipo de pesquisa tem o objetivo de identificar fatores que determinam ou contribuem para ocorrência de fenômenos (explicar o motivo das coisas) Uma pesquisa explicativa pode ser a continuidade de uma pesquisa exploratória e descritiva, mas ela é de utilização mais delicada em Ciências Sociais Aplicadas em função das dificuldades de utilização do método experimental característico deste tipo de pesquisa Estudo descritivo (descreve) e exploratório (aprofunda conhecimento) Uma pesquisa pode ser classificada quanto à sua abordagem em:
Pequisa qualitativa
Pesquisa quantitativa Pesquisa qualitativa
Também conhecida como estudo em profundidade. A natureza dos dados está voltada para a qualidade da informação. Em outras palavras, a ênfase é a busca de informações mais aprofundadas do fenômeno social sendo investigado Pesquisa quantitativa Pesquisa qualitativa Em relação ao ambiente uma pesquisa pode ser classificada em:
- Pesquisa de campo - no caso das Ciências Sociais Aplicadas quando vamos a uma organização pública investigar qualquer fenômeno a ela associado, estamos fazendo uma pesquisa de campo
- Pesquisa de laboratório - a pesquisa de laboratório é feita sob condições controladas, em local específico e preparado para a investigação Uma pesquisa pode ser classificada em relação ao critério tempo.

Nesse sentido ela pode ser classificada como sendo de:

a) Corte transversal - quando o pesquisador investiga dado fenômeno em um período específico do tempo (uma fotografia daquele momento da empresa. Por exemplo, uma pesquisa de clima)
b) Corte longitudinal - quando o pesquisador acompanha o fenômeno ao longo de um grande período de tempo. Por exemplo: Acompanhamento do desenrolar de uma negociação com sindicato(desde que seja um período sugnificativo de tempo - 6 meses a 1 ano) Uma pesquisa pode ser classificada em relação ao grau de contrle das variáveis (quanto o pesquisador controla os itens que estão sendo pesquisados) Uma pesquisa, em relação ao grau de controle das variáveis pode ser classificada em:
a) Experimental
b) Não experimental Em Ciências Sociais Aplicadas é difícil realizar um experimento. Isso porque quase não conseguimos (por exemplo) organizações que nos deixem fazer os experimentos como os de Hawtorne ou outro qualquer Unidade 4 - Processo de Pesquisa O Processo de Pesquisa O processo de pesquisa é formado pelos seguintes passos:
􀁘 a) planejamento da coleta e análise de dados;
􀁘 b) execução da pesquisa; e
􀁘 c) divulgação dos resultados. Processo de Pesquisa Etapas da pesquia Passo 1: Planejamento Comunicação de resultados (TCC) Execução
(projeto de pesquisa) Por fim...... Já aprendemos a classificar, agora vamos ver como se faz uma pesquisa Os momentos ou passos da pesquisa podem ser considerados como parte de um “ciclo". Trata-se de um trabalho em que as etapas não fazem parte de uma sequencia linear, mas se assemelham a uma espiral que tem origem em alguma dúvida ou problema e tem seu fim marcado por um "produto provisório capaz de dar origem a novas interrogações" (MYNAIO, 2002 Apud ZANELLA, 2009) Processo de pesquisa como ciclo Planejamento Elabore um planejamento de pesquisa em uma organização pública conforme os passos contidos nas páginas 98 e 99 da apostila-base (ZANELLA, 2009) O exercício tem o objetivo de expor o estudante à pesquisa.
O assunto, tema ou fenômeno a ser estudado deve ter relação com organizações públicas (por exemplo, Motivação de servidores públicos estaduais, processo de licitação em prefeituras municipais, síndrome de burn out em servidores municipais da saúde, etc Atividade Os materiais bibliográficos devem ser somente oriundos de periódicos científicos - ver no material complementar as revistas especializadas Por exemplo: Revista de Administração Pública. A fundamentação teórica deve ter entre 1 (mínimo) e 2 (máximo) e deve ser elaborada com os mais altos padrões éticos (sem plágio), com o uso correto de citações diretas e indiretas (ver material da unidade 1) e com a lista de obras consultadas indicadas corretamente. Exemplos de pesquisa em organizações públicas:
a) http://www.scielo.br/pdf/rap/v40n5/a07v40n5.pdf
b) http://www.scielo.br/pdf/rap/v46n3/a02v46n3.pdf
c) http://www.scielo.br/pdf/rap/v46n3/a11v46n3.pdf Projeto de Pesquisa O projeto de pesquisa é a concretização de parte do planejamento. Depois de planejar as etapas, é hora de elaborar um documento que contenha os resultados das escolhas feitas. Esse documento vai servir como guia de ação, como mapa das atividades a serem realizadas (ZANELLA, 2009). Execução da pesquisa Na fase de execução, coloca-se em prática o que foi planejado (e somente o que foi planejado).
A fase de execução envolve três momentos:
a) Preparação do campo de pesquisa: nesta etapa o
pesquisador se aproxima das pessoas envolvidas
buscando aprovação e consentimento para a execução
da pesquisa;
b) Entrada no campo: é o momento de interação direta
com aqueles que fazem parte da pesquisa (pesquisados), com os documentos para leitura e com o local de observação; e
c) Análise e interpretação dos dados: nesta parte busca-se a resposta ao problema de pesquisa. Este é o
momento de relacionarmos os dados coletados com o
problema, com os objetivos da pesquisa e com a teoria
de sustentação, possibilitando abstrações e diversos tipos de análises Trata-se de uma fase que apresenta dificuldades. Veja o vídeo ao lado e veja como são feitas as "pesquisas de opinião". Comunicação dos resultados Trata-se efetivamente de escrever o trabalho, de mostrar os resultados da pesquisa.
Para isso é necessário:
a) Explicar o que foi coletado. Em outras palavras, o pesquisador vai descrever os dados e evidenciar os achados de pesquisa
b) Discutir os achados frente a teoria (ou a falta dela). Para isso, é necessário comparar os dados com a teoria sendo utilizada como sustentação do trabalho.

Uma comunicação de resultados deve ser apresentada na ordem dos objetivos estabelecidos no projeto de pesuisa. Atividade final da Unidade 4: Leia o texto:
Entrevista com pesquisador e elabore um argumento para postar no Fórum a respeito de como uma pesquisa acadêmica pode modificar a realidade social. A ciência pode modificar a realidade social? Veja os vídeos:

Homens Invisíveis (Livro)
Parte 1:
Parte 2:
Parte 3:



Vídeo TED:
Full transcript