Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

EGITO ANTIGO

No description
by

JÚLIO CÉSAR OLIVEIRA

on 16 October 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of EGITO ANTIGO

EGITO ANTIGO
A engenharia, a escultura, a medicina e a arquitetura foram muito desenvolvidas no Egito Antigo.
Mesmo com desertos, o Egito é fértil graças ao rio Nilo.
Suas terras eram divididas em Alto Egito (ao sul) e Baixo Egito (ao norte).
A unificação dessas duas regiões ocorreu em 3000 a.C., por Menés, o primeiro faraó egípcio.
ECONOMIA E SOCIEDADE NO EGITO ANTIGO
Produção de muito alimento e papiro às margens do rio Nilo.
O Nilo se tornou uma importante fonte de sobrevivência para os egípcios.
O sustento era garantido com uma única safra por ano; isso ajudou a desenvolver o comércio e o artesanato, já que os produtores tinham tempo para tais práticas.
A SOCIEDADE NO EGITO ANTIGO
Faraó: detinha todos os poderes sobre a população; ser divino.
Sacerdotes: responsáveis pelas atividades religiosas; tinham muito conhecimento.
Nobres: parentes do faraó; senhores de grandes propriedades de terras; líderes do exército.
Mercadores: desenvolviam o comércio interno e externo.
Artesãos: carpinteiros, escultores, alfaiates, pedreiros.
Escravos: eram estrangeiros capturados em guerras.
Escribas: faziam registros escritos.
EGITO: UMA CIVILIZAÇÃO MILENAR
RELIGIÃO E CULTURA
Religião politeísta: crença em vários deuses.
Deuses antropozoomórficos: deuses com aparências, ao mesmo tempo, de homem e de animal.
Crença na vida após a morte: imortalidade da alma (mas apenas para as famílias nobres).
Mumificação: tentativa de preservar o corpo para a vida após a morte.
Tribunal de Osíris: julgamento logo após a morte.
Já a medicina pôde se desenvolver bastante graças as mumificações que eram feitas nos faraós e nobres egípcios.

Deuses antropozoomórficos.

Tribunal de Osíris: na imagem, o deus Anúbis verifica se o morto deveria ou não ter direito à vida eterna.
MUMIFICAÇÃO NO EGITO ANTIGO
A mumificação era uma prática religiosa.
Os egípcios acreditavam que um corpo preservado poderia viver na vida que também existia após a morte.
Porém, apenas os ricos, nobres e faraós é que poderiam ter seus corpos mumificados.
Os faraós e sua família eram enterrados nas pirâmides que eram construídas para esse fim.
CIÊNCIA NO EGITO ANTIGO
A engenharia e a arquitetura foram muito desenvolvidas devido as construções grandiosas que eram realizadas: esfinge e pirâmides, por exemplo.
Full transcript