Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Escola Japonesa e Qualidade

No description
by

Mááh Prates

on 27 August 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Escola Japonesa e Qualidade

Qualidade
William Edward Deming
Joseph Moses Juran
Armand Vallin Feigenbaum
Kaoru Ishikawa
Escola Japonesa e Qualidade
Foi utilizado, durante a segunda guerra mundial para ajudar os Estados Unidos.
Na década de 50, foi para o Japão para colaborar na realização do censo japonês.
Definia a qualidade como função das exigências e necessidades do consumidor
Na década de 1980 começou a ser ouvido nos Estados Unidos
Disseminou no mundo todo o uso do “Ciclo PDCA” que foi criado na década de 20 por Walter A. Shewart
Sua contribuição para a Qualidade
Nasceu em Sioux City, 14 de outubro de 1900.
Foi um estatístico, professor universitário, autor, palestrante e consultor estadunidense

Em sua homenagem, a JUSE instituiu o Prêmio Deming.
“14 pontos para gestão da qualidade total”
1 - Constância de Propósitos
2 - A Nova Filosofia
3 - Término da Dependência na Inspeção em Massa
4 - Terminar com o Conceito de Contratos pelo Menor Preço
5 - Melhorar Cada Processo
6 - Instituir o treinamento no trabalho
7 - Criar Lideranças
8 - Livrar-se do Medo
9 - Quebrar barreiras
10 - Eliminar as exortações
11 - Eliminar metas numéricas arbitrárias
12 - Permitir o orgulho da força de trabalho
13 - Encorajar a educação
14 - Comprometimento e ação da alta administração

Nasceu na cidade de Braila, na Romênia, em 24 de dezembro do ano de 1904.
Após a Segunda Guerra Mundial, ele decide deixar a empresa e iniciar sua carreira como consultor, além de dedicar-se ao estudo da gestão da qualidade.


No período pós-guerra, convidaram-no para ensiná-los os princípios de gestão de qualidade.
Em 1979, ele funda o Juran Institute
O trabalho que desenvolveu no Japão dos anos 1950, deu frutos apenas nos anos 1970.
Sua contribuição para a Qualidade
Juran acreditava que o fator humano era essencial para o gerenciamento da qualidade
Planejamento da qualidade
processo de preparação para encontrar as metas da qualidade
Controle da qualidade
processo de encontro das metas de qualidade estabelecidas durante as operações
Melhoria da qualidade
processo de melhoria contínua da qualidade por meio de mudanças planejadas, previstas e controladas

Trilogia de Juran
Juran Management System (JMS)
Ele via a qualidade em dois contextos diferentes
Porque Juran encontrou ouvidos interessados no Japão e não nos Estados Unidos?
Armand Vallin Feigenbaum (1922) foi um expert em qualidade da General Eletric em Nova Iorque.


Sua contribuição para a Qualidade
Os “9M”

“Controle Total da Qualidade”.
Dinheiro (money)
Gerência (Management)
Pessoas (man)
Mercados (Markets)
Motivação (Motivation)
Materiais (Materials)
Máquinas (Machines)
Métodos (Methods)
Montagens do produto (mounting product requirements)

Kaoru Ishikawa nasceu em Tokyo, em 1915.
Foi um engenheiro de controle de qualidade, teórico da administração das companhias japonesas

Sua contribuição para a Qualidade
Influência
Seu conceito, importância com o consumidor e os produtos

Diagrama de causa e efeito, espinha de peixe atualmente chamado de diagrama de Ishikawa

Escola Japonesa
Escola Japonesa
JUST IN TIME
KANBAN
MUDA
KAIZEN
Características Gerais da Administração Japonesa:


ADMINISTRAÇÃO PARTICIPATIVA
PREVALÊNCIA DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO
VISÃO SISTÊMICA
SUPREMACIA DO COLETIVO
BUSCA DA QUALIDADE TOTAL
PRODUTIVIDADE
FLEXIBILIDADE
RECURSOS HUMANOS
TECNOLOGIA E PADRONIZAÇÃO
MANUTENÇÃO
LIMPEZA E ARRUMAÇÃO
RELAÇÃO COM FORNECEDORES E DISTRIBUIDORES
CULTURA ORGANIZACIONAL
Toyotismo
Principais características do Toyotismo
Taiichi Ohno, nasceu em 29 de fevereiro de 1912em Dalian, China.
Formou-se em Engenharia Mecânica no Instituto de Tecnologia de Nagoya.


Toyotismo é um sistema de organização voltado para a produção de mercadorias. Criado no Japão, após a Segunda Guerra Mundial, o sistema foi aplicado na fábrica da Toyota . O Toyotismo espalhou-se a partir da década de 1960 .
Definição de Qualidade segundo :
JURAN,

"Qualidade é ausência de defeitos"
ISHIKAWA,
"Qualidade é desenvolver, projetar, produzir e comercializar um produto de qualidade que seja econômico, mais útil e sempre satisfatório para o consumidor."
DEMING,
"Qualidade é tudo aquilo que melhora o produto do ponto de vista do cliente", dessa forma, para ele, qualidade é algo que tem que mudar constantemente para se manter, já que o ponto de vista do cliente também muda".
FEIGENBAUM,
"Qualidade é a correção dos problemas e de suas causas ao longo de toda a série de fatores relacionados com marketing, projetos, engenharia, produção e manutenção, que exercem influência sobre a satisfação do usuário."
Concluímos que:
Gestão da
Qualidade
Escola Japonesa
A
escola japonesa passou a ser vista como de extrema importância para o mundo e até hoje é aplicado em muitas empresas
Gestão Empresarial
Profª Fátima
1 º ADT
Escola Japonesa e Qualidade

KARINE CARDOSO, Nº 12
MAIANE PRATES, Nº 16
MATHEUS RIBEIRO,Nº 17
ALINE LIMA, Nº30
VICTÓRIA BITTENCOURT, Nº 26
Referências
Principais Precursores da Qualidade
DEMING
JURAN
ISHIKAWA
FEIGENBAUM
Feigenbaum é considerado o “pai” da qualidade
http://pt.wikipedia.org/wiki/William_Edwards_Deming (acesso 15/08/14)
http://www.infoescola.com/biografias/william-edward-deming/ (acesso 15/08/14)
http://www.qualidade.eng.br/artigos_deming.html (acesso 15/08/14)
http://efetividade.net/2008/05/os-papas-da-qualidade.html (acesso 15/08/14)
http://alvaro-freitas.blogspot.com.br/2009/09/afinal-o-que-e-qualidade.html (acesso15/08/14)
http://pt.wikipedia.org/wiki/Joseph_Moses_Juran (acesso 15/08/14)
http://www.portal-gestao.com/gestao/item/6940-joseph-m-juran-o-evangelista-da-gest%C3%A3o-da-qualidade.html (acesso 15/08/14)
http://www.qualidadebrasil.com.br/pagina/kaoru_ishikawa/114 (acesso 16/08/14)
http://pt.slideshare.net/thomazrene/kaoru-ishikawa-15661032 (acesso 16/08/14)
http://administracaoeficaz.blogspot.com.br/2012/01/kaoru-ishikawa-mais-do-que-o-pai-do.html (acesso 16/08/14)
http://www.totalqualidade.com.br/2009/10/os-gurus-da-qualidade-kaoru-ishikawa.html (acesso 16/08/14)
http://www.ebah.com.br/content/ABAAAj9IAL/administracao-japonesa (acesso 16/08/14)
http://www.suapesquisa.com/economia/toyotismo.html (acesso 16/08/14)
http://pt.wikipedia.org/wiki/Armand_Feigenbaum (acesso 16/08/14)
Full transcript