Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Beira Interior

No description
by

catarina fonseca

on 21 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Beira Interior

Beira Interior
O espaço agrário da Beira Interior
A estrutura agrária das paisagens rurais :
A heterogeneidade espacial das estruturas agrárias, os fatores físicos e humanos
Condicionalismos Físicos

Importância da pluriatividade na fixação da população rural e o papel dinamizador dos serviços
Pluriatividade: conjunto de atividades por um individuo que tem, assim, os seus rendimentos assegurados por mais de um trabalho.


Pluriatividade é concebida como um fator positivo para o desenvolvimento do mundo rural.

Principalmente a dedicação ao turismo motivado pelo patrimonio de que a Beira Interior se gaba.

A Beira Interior é uma das regiões incluídas na proposta de sete regiões para a Regionalização de Portugal.
1. Almeida
2. Belmonte
3. Castelo Branco
4. Celorico da Beira
5. Covilhã
6. Figueira de Castelo Rodrigo
7. Fornos de Algodres
8. Fundão
9. Gouveia
10. Guarda
11. Idanha-a-Nova
12. Manteigas
13. Mação
14. Mêda
15. Oleiros
16. Pampilhosa da Serra
17. Penamacor
18. Pinhel
19. Proença-a-Nova
20. Sabugal
21. Seia
22. Sertã
23. Trancoso
24. Vila de Rei
25. Vila Velha de Ródão

morfologia;
sistemas de cultura;
tipo de povoamento.
Os solos nao são muito férteis mas a agricultura é a principal actividade e o principal sustento da população desta região.
A Beira Interior tem produtos muito apreciados e alguns deles classificados pela União Europeia.

Produtos como :
Os Vinhos da Beira Interior;
A cereja do Fundão;
A maçã da Cova da Beira;
O azeite da Raia.
Os cereais
Existe também a criação de gado Ovino, Bovino, Suino e Caprino.
Exploração de madeira, nomeadamente do Pinheiro e do Carvalho
O clima irregular:
Invernos frios e húmidos;
Verões quentes e secos.
prejudicam muitas produções agrícolas.
As elevadas temperaturas de Verão ;
A escassez de precipitação .
tornam os solos muito secos e improdutivos.
Condicionalismos Humanos
reduzida dimensão das explorações agrícolas;
divisão das terras;
técnicas tradicionais de exploração agrícola;
sistemas de cultivo;
população agrícola envelhecida;
com baixa instrução.

A
população
tem vindo a diminuir e concentra-se sobre tudo nas cidades de Guarda e Catelo Branco
O
envelhecimento
da população, uma realidade da Beira Interior levará, portanto, a uma diminuição acentuada da população nos próximos anos.
Os problemas estruturais da agricultura da região.
Apesar dos progressos do sector agrícola português, registados após a nossa adesão à União Europeia, continuam a persistir problemas estruturais que se relacionam principalmente com as características das explorações e da população agrícola e condicionam aspectos técnicos, organizativos e desinserção nos mercados.
PEDAP- Programa específico de desenvolvimento da agricultura portuguesa com o objectivo de obter incentivos financeiros
PAMAF- programa de apoio à modernização agrícola e florestal
Deficiente estrutura fundiária;
Envelheçimento da população;
Baixo grau de escolaridade;
Falta de infra-estruturas;
Carencias de gestão;
Falta de diversidade.
O desenvolvimento do sector agrícola com as estruturas etária e socioprofissional da população activa agrícola.
A população que se dedica às atividas agrícolas diminuiu drasticamente nas últimas década do século XX.

Em 1950, mais de 50% da população ativa trabalhava no sector primário.

Em 2001, esse valor passa para 6,6%.

A estrutura etária na beira interior é consituida maioritáriamente por idosos..
Quanto ao nível de instrução, a beira interior é uma das regiões com mais analfabetos.
A formação profissional é reduzida em todo o país. A que é obtida através de cursos de longa duração, é escassa (não excede 1,5%)
Algumas explorações agrícolas não asseguram a totalidade dos recursos do grupo familiar que nelas vive, sendo muito variadas as fontes de rendimento complementares; pensões de velhice ou invalidez, remessas de familiares instalados nas cidades ou emigrados, empregos temporários, ou não, nos mais diversos ramos de atividade, de um ou de vários membros da família
Neve;
Parque Natural da Serra da Estrela;
Reserva Natural da Serra da Malcata.
A ocupação da SAU
A capacidade florestal é, em geral, elevada, mas encontra-se subaproveitada, existindo um excessivo uso agrícola em comparação com as reais aptidões do solo.
A Beira Interior utiliza somente 19,6% da superfície agrícola utilizável - SAU - nas actividades silvícolas, enquanto que 64,1% da SAU é utilizada na agricultura.
Os fatores que condicionam o uso do espaço agrícola
Clima;
Recursos Hídricos;
Energia eólica;
Fertelidade do solo;
O subsolo;
O relevo;
O passado Histórico;
As indústrias nas áreas rurais
A economia da região caracteriza-se pelo peso das actividades agrícolas, por uma indústria pouco diversificada e com predominância dos ramos tradicionais pouco inovadores e utilizadores de mão-de-obra intensiva sem grande qualificação técnico-profissional.
O Sector Primário é, ainda hoje, a principal actividade de muitos dos habitantes da região, apesar dos solos da Beira Interior não serem muito produtivos, pois a região encontra-se no Maciço Antigo.
Em tempos, a região foi um importante pólo industrial em termos nacionais, nos últimos anos, muitas industrias fecharam.
O sector terciário tem-se desenvolvido , A Beira Interior é a região melhor localizada em toda a Península em termos de ligação Portugal-Espanha, É o centro do triângulo Porto, Lisboa e Madrid, Os pólos estratégicos são:
Vilar Formoso(principal fronteira terrestre de Portugal), Castelo Branco, Covilhã e Celorico da Beira

Condicionalismos da PAC
A aplicação da PAC não deixa grandes esperanças à população, para se vincular à terra com a qual mantém uma forte identidade.

As possibilidades de emprego para os que desejam abandonar a agricultura são muito limitadas e, assim, a desertificação, com todas as consequências sociais e económicas, é, sem sombra de dúvida, cada vez mais notória.


Trabalho realizado por:

Beatriz Carvalho nº4
Catarina Fonseca nº 8
Raquel Mira nº 24
Full transcript