Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Conto da ilha desconhecida

Apresentação - alunos do 8º ano sobre a obra de José Saramago, "Conto da Ilha desconhecida".
by

ebicuba biblioteca

on 19 November 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Conto da ilha desconhecida

José Saramago
Conto da ilha desconhecida
Em poucas palavras, o conto
Em síntese:
O Conto da Ilha Desconhecida descreve metaforicamente o mundo, referindo também aspectos do ser humano, suas ambições e, em especial, as suas frustrações.
O conto como uma parábola
Entre desejar um barco e tê-lo pronto para partir,
o viajante vai de certo modo alterando
a ideia que faz de uma ilha desconhecida
e de como alcançá-la.

Esta flexibilidade torna-o mais apto
a obter o que sonhou.
Um homem vai ao palácio do rei e pede-lhe um barco para viajar até uma ilha desconhecida.
O rei pergunta-lhe como pode saber que essa ilha existe, já que é desconhecida.
O homem argumenta que assim são todas as ilhas, até que alguém desembarque nelas.
Após insistir, consegue uma embarcação para procurar a ilha.
A mulher da limpeza, que habitualmente decide sobre quem o rei recebe, ou não,
por impulso e por ver na atitude do homem um ato de coragem,
decide ir no barco também. As duas personagens, ainda desconhecidas uma para
a outra, travam o combate de “bombordo a estibordo“ e dão o difícil
"primeiro passo" da empatia que se transforma, depois, numa relação verdadeira.
Parábola do sonho realizado
Conto como um canto de otimismo:
a vontade e a obstinação fazem a fantasia
ancorar em porto seguro
No conto surgem embates com o
status quo, isto é, com o estado
consolidado das coisas
da resistência às adversidades
vem o mérito
do mérito nasce o direito
à concretização.
"... é necessário sair da ilha para ver a ilha,
não nos vemos se não saímos de nós..."
Visão quixotesca - descoberta de terra incógnita
universo onírico do viajante enquanto
mergulha em direção a
reinos desconhecidos.
Em “O conto da ilha desconhecida” há vários assuntos
que se entrelaçam e todos, juntos, ganham
a força tão característica de Saramago:

personagens simples vivem uma grande aventura
que, aos olhos dos comuns (nós), são impossíveis de
acontecer, mas que, após a leitura do conto, se tornam
uma possibilidade.
"O homem nem sonha que, não tendo ainda sequer começado a recrutar os tripulantes, já leva atrás de si a futura encarregada das baldeações e outros asseios, também é deste modo que o destino costuma comportar-se connosco, já está mesmo atrás de nós, já estendeu a mão para tocar-nos o ombro, e nós ainda vamos a murmurar, Acabou-se, não há mais que ver, é tudo igual."
A obra retoma um mote caro a Fernando Pessoa: "Para viajar, basta existir". É quando o sonho e a imaginação tornam a aventura possível e a ficção é capaz de levar o homem daqui para ali, saindo ele do lugar ou não.
Proposta de trabalho
"Todo o homem é uma ilha"
"Se não sais de ti, não cheas a saber quem és"
A viagem como uma metáfora
forma de o homem se encontrar a si mesmo
Produção de um texto que reflita sobre as frases:
Full transcript