Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

NEE práticas para o sucesso

No description
by

Ana Moreira

on 29 May 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of NEE práticas para o sucesso

Objetivos: -> Definir e caracterizar os alunos com necessidades educativas especiais ( NEE ) de caracter permanente
-> Apresentar estratégias que facilitem o envolvimento do aluno nas suas AVD’s, AVDI’s e comunicação;
->Compreender a importância da estruturação das rotinas para maximizar a funcionalidade do aluno;
->Abordar a importância do trabalho em equipa e do papel dos professores e assistentes operacionais em todo o processo; Realizado por:
Ana Moreira
Isabel Pereira
Sandra Oliveira Ser diferente Ser Especial Atividades... Aluno com necessidades
educativas especiais Crianças e adolescentes com problemas sensoriais fisicos intlectuais e emocionais e, também, com dificuldades de aprendizagem derivadas de fatores orgânicos ou ambientais. ( Correia, 1999) As NEE podem
ser de carater
pemanente de carater
temporário NEE
de carater permanente Multideficiência Autismo Pessoas com multideficiência são individuos de todas as idades que necessitam de apoio intensivo e continuado em mais do que uma atividade normal do dia-a-dia, de forma a poderem participar em ambientes na comunidade. (TASH citado por Amaral et al, 2004) É a evidência de um desenvolvimento comprometido ou acentuadamente anormal da interação social e da comunicação, tal como um reportório muito restrito de atividades e interesses. (DSMIV, 2002) A importâcia do trabalho em equipa
e o papel dos assistentes operacionais A importância do trabalho em equipa Só havendo colaboração entre todos
os profissionais da equipa é possível estabelecer procedimentos consistentes (Griffin-Shirley e Kelly (2006) e Gense e Gense (2004). O papel dos professores e assistentes operacionais... Necesidade de repetir
cada passo da tarefa para o integrar.


As tarefas devem ser
repetidas ao longo
do dia dependendo da
tolerância física
e/ou emocional da criança. ->Favorecem a memorização e a organização;

->Promovem a construção de significados relativos a pessoas acções objetos e locais;

->são oportunidades de comunicação -> Ajudam a compreender o ambiente;

-> Transmitem segurança;

->Ajudam a antecipar acontecimentos;

->Permitem focar a energia e a atenção;

-> Facilitam a participação na atividade, Rotinas Estratégias Alimentação Comunicação Atividades de Vida Diária Posicionamentos e
Transferências O aluno deve estar:
sentado de frente para quem o está a alimentar;
os braços para a frente;
a cabeça ligeiramente inclinada para diante;

Estratégias úteis:
-> Se for uma camisola, por exemplo, vestir primeiro a cabeça;
-> Criança com menos de 2 anos deve-se vestir de cúbito ventral ( de barriga para baixo);
->Se precisar vestir uma camisola começar pela cabeça
->Deve-se começar a vestir a criança pelo lado mais afectado e despir pelo menos afectado;
-> No despir, inicia-se pelos membros superiores, e a camisola deve ser tirada d trás para a frente

-> Deve-se tentar que seja a roupa a percorrer o corpo segurando-a. Controlo oral:•
abrir ligeiramente a boca do aluno (controlando o maxilar);•
pôr a colher horizontalmente e introduzir o alimento na boca;•
retira-se a colher e a mão livre controla os movimentos do maxilar. Mobilidade e posicionamentos Mobilidade e posicionamentos
Procedimento semelhante ao da transferência para a cadeira de rodas, no entanto, é colocada uma tábua de deslize sobre a região nadegueira do indivíduo e os membros inferiores permanecem esticados na cama; Transferência para a cama Transferência para a maca Transferência com ajuda Mobilidade e posicionamentos tem vindo, progressivamente,
a mudar e a ganhar mais importancia
na intervenção junto dos alunos. Nesse sentido, e para que essa influência possa operar-se de modo mais objectivo e positivo, o professor e o assistente operacional precisa de conhecer as estratégias mais úteis para contribuir para o desenvolvimento e participação nos diversos contextos dos alunos com nee.
- Informar previamente sobre o que se vai fazer, procurando o envolvimento comunicativo em todos os passos da atividade;
- Estruturar as ações no tempo de forma sistemática;
- Dar tempo de resposta. Espere e demonstre-o;

- Se necessário, repita a informação;

-Faça comentários relacionados com o aqui e agora;

- Torne-se o modelo, dando o exemplo de como o aluno deve comunicar;

- Dê oportunidades de escolha;

- Responda sempre e reforce positivamente cada tentativa de comunicação espontânea (verbal ou não verbal);

- Faça da comunicação um prazer; Estratégias de Comunicação Tornar a linguagem acessivel Como Promover a Expressão? Rotinas oportunidades para
ensinar aprender e praticar competências realizadas
diariamente ocorrem regularmente repetidas
frequentemente atividades
funcionais Em síntese...
- Identificar, interpretar e responder aos comportamentos potencialmente comunicativos do aluno;

- Encorajar os alunos a responderem e tomarem a sua vez nas interações;

- Crie situações comunicativas – não antecipe as necessidades do aluno; - Utilizar linguagem simples e apropriada, com frases completas e curtas;

- Transmitir claramente as mensagens, utilizando sempre a fala em conjugação com outras formas de comunicação - Adequar a posição;
- Promover o contacto visual;
- Chamar a atenção do aluno; A criança deve ser incentivada a fazer os movimentos para o vestir, comer, banhar ou posicionar.

O movimento não deve ser feito pela criança. Quando o movimento é passivo deve-se tocar na parte do corpo que vai fazer o movimento para a criança possa aumentar a sua consciência corporal. Transferir da cadeira de rodas com tábua de deslize: treino nas
sessões
terapeuticas treino com a
restante equipa treino
com a família Aprendizagem das competências Este reforço é essencial para garantir que o aprendizado faça as transferências
das competências obtidas em sessões de treino
( Pedrtti, 2005). Produtos de apoio Banho Alimentação Vestuário
Full transcript