Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

TV - HIV - RN

No description
by

Patrícia de Paula

on 3 December 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of TV - HIV - RN

ALUNA: Patrícia de Paula
ORIENTADORA: Msc. Derdried Athanasio Johann TRANSMISSÃO VERTICAL DO VÍRUS DA IMUNODEFICIÊNCIA HUMANA (HIV): CUIDADOS COM O RECÉM-NASCIDO INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ
COLEGIADO DE ENFERMAGEM
CURSO TÉCNICO EM ENFERMAGEM INTRODUÇÃO Epidemiologia Descoberta do HIV no Brasil Maneiras de contágio Mulheres infectadas X Idade fértil Transmissão vertical Objetivo geral:

- Relacionar os cuidados de enfermagem com recém-nascido filho de mãe soro positiva.

Objetivos específicos:

- Sintetizar aporte teórico sobre o HIV e a transmissão vertical;

- Ressaltar a importância da informação para evitar o contágio dos recém-nascidos pelo HIV;

- Descrever os cuidados de enfermagem com o recém-nascido filho de mãe soropositiva. OBJETIVO (MARCONI, LAKATOS, 2001) Desenho de pesquisa:
Pesquisa Bibliográfica.

Fonte de dados:
BVS, LILACS, livros, artigos, etc.;
Foram utilizados: dois livros, 11 manuais de saúde e 16 artigos.

Local de pesquisa:
IFPR. MATERIAL E MÉTODO Cuidados com o Recém-Nascido. APORTE TEÓRICO Vírus da Imunodeficiência Humana; Transmissão Vertical; (BRASIL, 2011a; CANINI et al., 2004; FIOCRUZ, 2011; SMS, 2007) (BRASIL, 2011a; CANINI et al., 2004; FIOCRUZ, 2011; SMS, 2007) Sistema imunológico, linfócitos T, molécula CD4;

Carga viral aumentada, menor nível de CD4;

AIDS;

Diagnóstico: testes sorológicos (ELISA, MEIA, Imunofluorescência ou Western Blot);

Tratamentos;

Transmissão. 1. Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) Na região sul 93 casos, em 2010, de transmissão
vertical. (BRASIL, 2006a; BRASIL, 2011b; BRITO et al., 2006; NEVES, 2005) 2. Transmissão Vertical (BRASIL, 2006b; BRASIL, 2007; BRASIL, 2011a; NEVES, 2005; SAMPAIO, 2012; UNICEF, 1998) 3. Cuidados com o Recém-Nascido Prevenível;
Desafio da Transmissão Vertical;
Avanços tecnológicos e medicamentoso;
Cuidados precoces com o recém-nascido; CONSIDERAÇÕES FINAIS Objetivo concretizado;
Melhorias para o futuro profissional;
Aprimoramento de conhecimentos técnicos e científicos. CONSIDERAÇÕES FINAIS BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. HIV/Aids, hepatites e outras DST Cadernos de Atenção Básica, n. 18. Série A. Normas e Manuais Técnicos. Brasília: 2006a.

______. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Programa Nacional de DST e Aids. Guia de tratamento clínico da infecção pelo HIV em pediatria. Brasília: 2006b.

______. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Programa Nacional de DST e AIDS. Plano Operacional: Redução da Transmissão Vertical do HIV e da Sífilis. Brasília, 2007.

______. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas e Estratégicas. Atenção à saúde do recém-nascido: guia para os profissionais de saúde, v. 2. Intervenções comuns, icterícia e infecções – Brasília, 2011a.

______. Ministério da Saúde. Boletim epidemiológico – AIDS e DST. Ano VIII n°1 – 27° a 52° semanas epidemiológicas – julho a dezembro de 2010. Ano VIII n°1 – 1° a 26° semanas epidemiológicas – janeiro a julho de 2011. Brasilia, 2011b. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS BRITO, Ana Maria. et al. Tendência da transmissão vertical de Aids após terapia anti-retroviral no Brasil. Rev Saúde Pública, vol. 40, abril. São Paulo: 2006

FIOCRUZ, Fundação Oswaldo Cruz. A epidemia da AIDS através do tempo. Disponível em <http://www.ioc.fiovruz.br/aids20anos/linhadotempo.html>. Acesso em 05 dez. 2011.

MARCONI, MA e LAKATOS EM. Metodologia do Trabalho Cientifico. 6ª edição. Editora Altas: São Paulo, 2001.

NEVES, Lis A. S. Prevenção da transmissão vertical do HIV/aids: compreendendo as crenças e percepções das mães soropositivas. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) apresentado à Escola de Enfermagem de Ribeiro Preto/USP. Ribeirão Preto, 2005.

SAMPAIO, Luiz F. N. A Transmissão Vertical do HIV. Disponível em <www.pucsp.br/cipa/.../A_TRANSMISSA_VERTICAL_DO_HIV.doc>. Acesso em 11 abr. 2012. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS SMS, Secretária Municipal de Saúde – Prefeitura Municipal de Curitiba. AIDS, Atendimento Inicial ao Portador do HIV em Unidade Básica de Saúde. 2ª Edição. Curitiba, 2007.

UNICEF, Fundo das Nações Unidas Para a Infância. HIV/AIDS: Prevenção, tratamento, cuidado. A Prescripção, especial doble, n. 16-17, setembro, 1998. Disponível em <http://www.unicef.org/prescriber/port_p16.pdf> Acesso em 10 abr. 2012. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS Obrigada! FASES DA DOENÇA Em 1987: 2.775 casos; Em 2010: 34.218 novos casos, sendo 5.665
gestantes infectadas; 1. Vírus da Imunodeficiência
Humana (HIV)
Full transcript