Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Funções Oxigenadas

No description
by

Ana Coutinho

on 11 September 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Funções Oxigenadas

Funções Orgânicas
Oxigenadas
SUMÁRIO
Os compostos orgânicos se diferenciam dos inorgânicos por apresentarem átomos de carbono distribuídos em cadeias e/ou átomos de carbono ligados diretamente a hidrogênio..
Eles podem ser classificados conforme os átomos constituintes, radicais ligantes ou natureza das ligações.
Portanto essas características agrupam os compostos por semelhança que formam, assim, as funções orgânicas.
O que é?
Etanol
Álcool metílico
Ácido Acético
ETANOL
Nome IUPAC: Etanol
Usual: Alcool etílico
Densidade: 789,00 kg/m³
Ponto de ebulição: 78,37 °C
Ponto de fusão: -114 °C
Classificação: Alcool

Obtenção:
O etanol se forma na fermentação alcoólica de açúcares, como a glicose, pelo microorganismo Saccharomyces cerevisiae, reação que simplificadamente pode ser representada por:
Tipos e uso:
• Anidro - o álcool anidro é bastante caracterizado pelo teor alcoólico máximo de 99,3° (INPM), sendo composto apenas de etanol ou álcool etílico. É utilizado como combustível para veículos (Gasolina C) e matéria prima na indústria de tintas, solventes e vernizes.

• Hidratado - é uma mistura hidroalcoólica (álcool e água) com teor alcoólico mínimo de 92,6° (INPM), composto por álcool etílico ou etanol. O emprego de álcool hidratado é na indústria farmacêutica, alcoolquímica e de bebidas, combustível para veículos e produtos para limpeza. O etanol é também usado como matéria prima para a produção de vinagre e ácido acético, a síntese de cloral eiodofórmio.

Reação e problemas no ser humano e natureza:
O sistema nervoso central é o órgão onde o etanol tem ação mais rápida, causando sedação, redução de ansiedade, fala arrastada, ataxia, desinibição e redução da capacidade de julgamento. Apesar de muitas pessoas pensarem que o álcool é estimulante, na verdade trata-se de um depressor do SNC. A estimulação que ocorrem em pequenas doses é decorrente da depressão no cérebro dos mecanismos de inibição. Os fatores para alteração no comportamento do indivíduo, cognição e descoordenação motora depende do sexo, da dose, da velocidade de absorção e a tolerância desenvolvida. Dependendo da dose ingerida a pessoa pode ter amnésia.


Fórmula química - C2H6O

Massa molar - 46.06 g mol-1

Aparência - líquido sem cor

Densidade (Massa Específica 20°C) 0,789 g cm-3
C6H12O6 → 2 C2H5OH + 2 CO2
Reação e problemas no ser humano e natureza:

NATUREZA: O Etanol tem volatilização pouco expressiva, por tanto pouca quantidade dele, em caso de vazamento por exemplo, vai para a atmosfera. Pode favorecer a formação de ozônio troposféricos sob certas condições. Quando lançado diretamente para a atmosfera ele pode sofrer reações fotoquímicas que o transforma em acetaldeído (composto capaz de causar câncer), e em outras substâncias prejudiciais aos seres vivos em ambiente.

ÁLCOOL METÍLICO
Nome IUPAC: metanol
Outros nomes: Hidroximetano; Álcool metílico; Carbinol.

Obtenção
O metanol pode ser preparado pela destilação seca de madeiras, seu processo mais antigo de obtenção, e de onde, durante muito tempo, foi obtido exclusivamente.Atualmente é obtido pela reação do , uma mistura de H2 com CO,passando sobre um catalisador metálico a altas temperaturas e pressões.Esta reação é uma redução catalítica do monóxido de carbono, e processa-se a temperatura de cerca de 300°C e pressões de 200 a 300 atm. É utilizado como catalisador uma mistura de óxidos metálicos como óxido de cromo (III) (Cr2O3) e óxido de zinco (ZnO).Ele também pode ser produzido a partir da cana-de-açúcar.
Uso
O metanol é principalmente um solvente industrial, pois ele dissolve alguns sais melhor do que o etanol; é utilizado na indústria de plásticos, na extração de produtos animais e vegetais, e como solvente em reações de importância farmacológica, como no preparo de colesterol, vitaminas e hormônios. É matéria prima na produção de formaldeído.É usado no processo de transesterificação da gordura, para produzir biodiesel.É usado como combustível em algumas categorias de monopostos dos EUA (ex: Champ Car, IRL, Dragster)
Reações e problemas no ser humano e na natureza:
Inalação: Causa leve irritação às membranas das mucosas. Tem efeito tóxico no sistema nervoso, particularmente no nervo óptico. Os sintomas da exposição incluem dor de cabeça, náusea, vômito, cegueira, coma e até a morte.
Ingestão: Tóxico. Irrita as membranas da mucosa. Pode causar intoxicação e cegueira (que pode ser permanente), Dose fatal: 20 - 25 ml.
Contato com a pele: Pode deixar a pele seca e quebradiça. Se ocorrer absorção; sintomas parecidos com a inalação.

Fórmula química CH4O
Massa molar 32.04 g mol-1
Aparência Líquido incolor
Densidade 0,79 g·cm-31
A equação da reação é:
CO + 2 H2 → H3C-OH

Reações e problemas no ser humano e na natureza:
Contato com os olhos: Irritante. A exposição contínua pode causar lesões nos olhos.
Exposição crônica: Prejudica a visão e causa aumento do fígado. Repetidas ou prolongadas exposições podem causar irritação na pele.
Agravo das condições pré-existentes: Pessoas com desordens de pele, problemas nos olhos, ou com função prejudicada dos rins e fígado podem ser mais suscetíveis aos efeitos da substância.


Obtenção
O ácido acético é produzido sinteticamente e pela fermentação bacteriana. Hoje, a forma biológica representa aproximadamente 10% da produção mundial, mas permanece importante para a produção do vinagre, pois pelas leis que determinam a pureza do alimento mundial estipula que o vinagre usado na alimentação deve ser de origem biológica. Aproximadamente 75% do ácido acético feito para o uso na indústria química é feito pela carbonilação do metanol (. No processo usa-se ródio como catalisador, o metanol na fase líquida reage com monóxido de carbono na temperatura de 150-200 °C sob uma pressão de aproximadamente 30 atm). A produção mundial total do ácido acético é estimada em 5 Mt/a (milhão toneladas por ano), aproximadamente a metade é produzida nos Estados Unidos.
Uso
• Como condimento em saladas ( vinagre )
• Como solvente
• Síntese de perfumes e corantes
• Preparação da seda artificial
• Neutralização de filmes e papéis fotográficos
• Tinturaria
• Imprensa
• Obtenção de sais metálicos para a fabricação de tintas e inseticidas.
• Interruptor da revelação de filmes e papéis fotográficos
• Produção da aspirina.
• É usado para exames diagnósticos para detectar o H.P.V. (Papiloma Vírus Humanus).

Reações e problemas com seu humano e meio ambiente:
O ácido acético concentrado é corrosivo e deve consequentemente ser manipulado com cuidado apropriado, pois pode causar queimaduras na pele, danos permanente aos olhos, e irritação às mucosas em geral. Estas queimaduras ou bolhas podem aparecer horas após a exposição.
Ácido Acético
Nome IUPAC: Acido Acético
Nome usual: Acido etanóico
Fórmula química C 2 H 4 O 2
Massa molar 60,04 g mol -1
Aspecto líquido incolor
Densidade de 1,049 g / cm 3 (l)
1,266 g / cm 3 (s)

Funções Orgânicas
Oxigenadas
Full transcript