Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

A LINHA

Apresentação da linha como elemento estrutural da linguagem plástica
by

Beatriz Lopes

on 25 February 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A LINHA

A presença das linhas na estrutura de uma composição está associada à indicação de linhas de força ou de tensão. Embora não registada, sugere percursos para o olhar e orienta a perceção do observador. A LINHA a linha é, como conceito, uma abstração;

possui comprimento, mas não largura;

para a representar socorremo-nos de elementos que mais se aproxima desta abstração: fios, cabelos, arestas... abstração É o segundo elemento estrutural da linguagem plástica Deriva diretamente do ponto É uma sucessão de pontos infinitamente próximos Aspetos da linha contínua interrompida quebrada sinuosa ponteada ondulante espiralada contornos No domínio da composição plástica, a linha surge de um registo gráfico e é usada para estruturar as formas e para definir os seus contornos . O gesto Quase sempre, a linha é resultado de um gesto, que de alguma maneira fica cristalizado no seu registo sobre um suporte. estabilidade Composições com linhas horizontais transmitem a sensação de composições com linhas verticais sugerem ascenção, crescimento e ainda uma estabilidade aparente. existe sempre a possibilidade de uma eminente obliquidade, pois tudo o que está na vertical pode tombar e acabar na horizontal. linhas obliquas traduzem de imediato uma dinâmica, instabilidade e movimento aparente. A linha utilizada numa composição ou num objeto, permite definir uma espécie de esqueleto que pode ser visível ou invisível, ao qual se chama de linha vertical atrai o olhar para o alto Linha horizontal provoca a impressão de repouso vivacidade linha comprida linha curta firmeza grossa fina impressão de delicadeza impressão de energia obliquas perpendiculares paralelas estrutura Soma das partes Em algumas formas é evidente uma soma de partes claramente definidas por linhas estruturantes. Linhas modeladoras A simples aproximação das linhas entre si permite modelar superficies, traduzindo a ideia de linha de força linha e estrutura Raffaello Sanzio (Rafael)
(1510-11) A escola de Atenas volume
e
tridimensionalidade eixos nas formas alongadas, é possível considerar imediatamente um eixo longitudinal, definido por linhas implícitas (que realmente não estão lá) Variações de expressão Luta de Jacob com o Anjo (pormenor) (1855)
Gustave Doré Usando apenas a linha, com variações na sua aparência gráfica, é possivel a representação de múltiplos elementos.
Gideon Cohn David Oliveira David Oliveira Fim Escola Secundária Campos Melo Covilhã
Ano Lectivo 2012/2013 Curso Humanistico de
Artes Visuais
-
Oficina de Artes Prof. Beatriz Lopes Joan Miró Vieira da Silva Wassily Kandinsky
Full transcript