Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

O meu pé de Laranja Lima. TRABALHO PORTUGUES

No description
by

Horácio Gasai

on 2 December 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of O meu pé de Laranja Lima. TRABALHO PORTUGUES

Neste capitulo Zezé diz que esta tudo a voltar ao normal. Seu pai foi nomeado gerente da Fabrica de Santo Aleixo. O que poderia melhorar as suas vidas. Mas Zezé continuava a dizer que o seu verdadeiro pai era o Portuga. Zezé descreve o seu pai como uma velha arvore de raízes escuras, um pai-arvore, mas que Zezé diz quase não conhecer. O pai de Zezé disse que tao cedo não irião cortar o seu pé de Laranja Lima mas Zezé agarrando-se a ele disse que não adiantava porque já tinha sido cortado.

Opinião do grupo
Nós gostamos deste livro pois achamos que é um ‘’ retrato ‘’ da nossa infância. Todos nós já tivemos o nosso pé de laranja lima, aquele amigo imaginário em quem confiávamos e contávamos todos os nossos segredos.
Este livro inicialmente parece ser um pouco confuso, mas no meio apercebemo-nos que tem muita simplicidade pois nós percebemos que com uma simples conversa com o nosso pé de laranja lima ou com um simples gesto vemos que isso é o mais importante.

Capitulo XII : O Mangaritiba.
Image by Tom Mooring
O meu pé de
laranja Lima . . .

Capitulo IX :
A Confissão Final.

Este capitulo mostra-nos uma carta que Zezé escreve para Manuel Valadares ( Portuga ), quando já tinha 48 anos. Diz-lhe que ás vezes ainda se imagina criança e ainda imagina que um dia portuga ia aparecer para lhe dar figurinhas e bolas de gude. Relembra que havia sido ele quem lhe tinha ensinado a ternura da vida e que agora era ele quem distribuía as figurinhas e as bolas de gude pois a vida sem ternura não era nada. Refere também o facto de as pessoas lhe terem dito as coisas cedo de mais em criança. No fim da carta despede-se com um simples ´´ Adeus ``

Personagens :
- Zezé
- Glória
- Totóca
- D. Cecília Paim
- Portuga
Capitulo VIII: Tantas são as velhas árvores.

Neste trabalho para a disciplina de língua portuguesa, Vamos resumir os
capítulos
7º, 8º e 9º da segunda
parte do livro
´´ O meu pé de laranja lima ``
de José Mauro de Vasconcelos.

Este capitulo começa com Zezé na escola com D. Cecília Paim (sua professora) pediu para alguém ir ao quadro e escrever uma frase. Zezé ofereceu-se. E ficou com muito orgulho no que escreveu.
Depois disso chegou o seu colega Jerónimo que se sentou atras de Zezé. Jerónimo estava a comentar com o colega ao lado dele que chegou tarde porque houve um acidente na passagem da Rua da Chita entre Mangaratiba e Manuel Valadares. Zezé foi ao local muito preocupado. Ladislau disse-lhe que apenas o carro é que ficara estragado e prometeu a Zezé que quando se pudesse visita-lo Irião.
Durante três dias e três noites Zezé ficou sem querer comer. Toda a gente estava preocupada com ele. Chamaram o medico e Gloria disse ao doutor que ele estava assim desde que soube que o seu pé de laranja lima ia ser cortado. Passado um tempo Zezé melhorou.
- Nega Eugénia
- Jandira
- Minguinho
- Mamãe
- Papai .
Bibliografia do autor

José Mauro de Vasconcelos nasceu em 26 de fevereiro de 1920, no Rio de Janeiro.

Passou a infância em Natal, RN. Sua família era muito pobre e José Mauro passou por muitas dificuldades. Seu grande sonho de infância era ser nadador profissional e chegou a ganhar alguns prêmios em campeonatos que participava. 

Tinha uma personalidade muito inconstante. Aos quinze anos mudou-se sozinho para o Rio de Janeiro, teve diversos empregos para se conseguir sustentar. Percorreu o Brasil de norte a sul; foi treinador de boxe, agricultor, operário, garimpeiro, carregador de bananas, ator de cinema, jornalista, locutor de rádio e escritor. 

Iniciou diversos cursos superiores, mas nunca concluiu nenhum deles. 

Meu pé de laranja lima Seu primeiro romance. Banana Brava fixa a aventura vivida por ele em terras do Rio Araguaia. Em 1968 escreveu sua obra mais conhecida O meu pé de laranja lima, baseada em sua infância; nos primeiros meses de lançamento vendeu mais de 217 mil exemplares. 

FIM !
José Mauro de Vasconcelos é figura controvertida da literatura brasileira, marginalizado pela crítica e aclamado pelo público, é autor de largas tiragens com sucessivas reedições. 

Faleceu em julho de 1984 em São Paulo. 

Algumas Obras: Banana brava, Barro blanco, Coração de vidro, Rosinha - minha canoa, Rua descalça, Palácio japonês, Vamos aquecer o sol, O meu pé de laranja lima.

Faleceu em oito de Agosto de 1984. Meu Pé de Laranja Lima foi o livro que transformou José Mauro num escritor eminentemente popular, graças a este imenso sucesso, a obra de José Mauro ganhou adaptações para o cinema, teatro e TV e no dia 7 de dezembro de 1998 a TV Bandeirantes voltou a exibir outra adaptação da obra.

Trabalho elaborado por : Ricardo Santos Nº 19
Horácio Martins Nº 9
Mariana Barreira Nº 14
Sílvio Magalhães Nº 22


9ºD Grupo 3 Lingua Portuguesa
Emídio Garcia 2013/2014

Introdução :
º
Ficha técnica do livro :
Titulo da obra : O meu pé de laranja lima ;
Autor : José Mauro De vasconselos ;
Editora : ;
numero de ediçao : 2ª edição
Ano de edição : 1975
Full transcript