Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Atração, agressão e intimidade

No description
by

Fabiana Oliveira

on 9 March 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Atração, agressão e intimidade

Masoquismo
Sadismo
Sadomasoquismo
Atração, agressão
e intimidade

masoquismo é o comportamento a nivel mental e agido que se caracteriza pela obtenção de prazer com o sofrimento
Sigmond Freud
06/05/1856 em Freiberg 23/09/1939 em Londres
Psiquiatra e neurologista austríaco
Criador da Psicanálise

Estes impulsos eróticos devem ser respeitados, porque dependem exclusivamente do desejo de cada indivíduo.
Um estudo revela que aqueles que gostam de incluir chicotes, correntes e algum grau de dor nas suas brincadeiras sexuais são mais saudáveis psicologicamente do que aqueles que têm uma vida sexual mais convencional.
Escola Secundária João da Silva Correia
Fabiana Oliveira 12*C º9
Psicologia 2013/2014
sadomasoquismo é uma prática sexual que envolve agressões físicas e psíquicas, com o intuito de encontrar de qualquer forma prazer através da dor e do sofrimento.
Sadomasoquismo
é a relação entre duas tendências sexuais opostas que se complementam, o sadismo e o masoquismo, entre pessoas buscando prazer sexual.
O masoquismo está associado a condutas sádicas da parte dos outros. Em parte, o sádico é construído pelo masoquista, na medida em que os comportamentos masoquistas reactivam no outro os aspectos sádicos da sua personalidade.
O facto de ele obter prazer de uma forma diferente da maioria das pessoas, não significa que goste de sofrer, simplesmente gosta de obter prazer de uma maneira peculiar.
atos masoquistas:
(com parceiro) simulação de estupro; sujeição sensorial, palmadas, espancamento, açoitamento, choques elétricos, ser cortado, infibulação; humilhado; transvestismo; infantilismo.
(sozinhos) picam-se com alfinetes ou agulhas, auto-administram-se choques elétricos ou auto-mutilando-se.
S
A
D
I
S
M
O
O sádico sente prazer em infligir sofrimento e humilhação através do desejo - que pode ou não ser concretizado - de ferir, torturar ou asfixiar o seu objeto sexual.
os laços de domínio e de poder fazem parte de todas as relações humanas
Na realidade tanto o sadismo como o masoquismo são patologias, porque ambas são transtornos psicológicos emocionais de pessoas que utilizam a dominação, a flagelação da dor para ter prazer na relação sexual.
O masoquista é, em geral, um indivíduo cuja personalidade se caracteriza pela ansiedade compulsiva e pela autoflagelação.
verifica-se que em muitos casos, o prazer não advém exatamente da sensação corpórea de dor, mas sim de uma situação de inferioridade perante o parceiro sexual.
Freud esclarece que a estruturação psíquica dá-se nos primeiros anos de vida através das relações objetais, são estas que afetam a maneira que posteriormente, na idade adulta, resolvemos as questões que nos rodeiam.
O desenvolvimento da criança foi essencialmente uma experiência dolorosa e não prazerosa.
O sádico glorifica a sua estereotipada vida sexual e a transgressão confere-lhe um sentimento de superioridade.
Sigmund Freud define o sadismo como um anseio amoroso aliado a um impulso destrutivo dirigido ao mundo exterior; uma agressão erótica que encontra, através do sexo, uma maneira de se manifestar.
Sadomasoquismo
as características sádicas e masoquistas da sexualidade humana enriquecem a vida emocional, cultural e social do casal.
A sexualidade não serve só para obter prazer ou descarregar a tensão, mas também pode ser usada para se auto reparar.
parafilia
O ritual sadomasoquista ilustra a íntima relação entre perseguidor e presa.
Full transcript