Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Jarlee Salviano - Kant

No description
by

Jarlee Salviano

on 7 January 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Jarlee Salviano - Kant

Immanuel Kant (1724-1804)
Crítica da Razão Pura - 1781
Crítica da Razão Prática - 1788
Crítica da Faculdade do Juízo - 1790
"Revolução Copernicana"
SUJEITO → objeto (
fenômeno
) / coisa-em-si (
noumeno
)

Sensibilidade -
Formas a priori: Espaço e Tempo
Entendimento -
Categorias
Razão -
Ideias
Categorias do Entendimento:
1.
Quantidade
universal
– Unidade > “Todo homem é mortal”
particular
– Pluralidade > “Alguns homens são brasileiros”
singular
– Totalidade > “Sócrates é mortal”

2.
Qualidade
afirmativo
– Realidade > “Todo homem é mortal”
negativo
– Negação > “Nenhum homem é invertebrado”
limitativo
– Limitação > “Todo homem é não-invertebrado”

3.
Relação

CATEGÓRICO

– Substância\Acidente > “Sócrates é mortal” (p e q: “Este ser é Sócrates, e é mortal”) - conjunção
hipotético
– Causalidade > “Se... então” (condicional)
disjuntivo
– Comunidade > “ou … ou” (bicondicional)

4.
Modalidade
problemático
– Possibilidade > “É possível que...”
assertórico
– Existência\Inexistência > “Sócrates é mortal ou imortal”
APODÍTICO
– Necessidade\Contingência > “É necessário que...”


Ética do dever
: "Os princípios éticos são derivados da racionalidade humana".

AUTONOMIA x HETERONOMIA
- Contra o eudaimonismo (ética da felicidade)
- Contra a teologia moral
- Contra o utilitarismo (o bem da maioria)
IMPERATIVO CATEGÓRICO
1. "Age apenas segundo uma máxima tal que possas ao mesmo tempo querer que ela se torne lei universal"
2. "Age de tal maneira que uses a humanidade, tanto na tua pessoa como na pessoa de qualquer outro, sempre e simultaneamente como fim e nunca simplesmete como meio"
3. "Age de tal modo que a vontade pela sua máxima se possa considerar a si mesma ao mesmo tempo como legisladora universal"


Juízo estético: "a ausência de interesse garante a objetividade e a universalidade"

- Teleologia na arte e na natureza (finalismo)
- Belo e Sublime (dinâmico e matemático)
Deus - Liberdade - Alma imortal: "princípios regulativos"
Full transcript