Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

O fim da Estética

No description
by

Annie Wallker

on 9 July 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of O fim da Estética

O fim da Estética
O que é estética?
Percepção, sensação, sensibilidade... Ramo da Filosofia que estuda a natureza do belo e fundamentos da arte.
Beleza é fundamental?
O prazer sexual
"O prazer sexual, segundo Platão, é o mais agradável e também o mais feio de se ver." FEITOSA,C.
Para além do belo e do feio
Sempre evitada na arte e na filosofia, atualmente existe uma indeterminação quanto ao conceito de belo e feio.

Charles Feitosa
Pintura Derby em Epson – Theodore X Estudos de Locomoção Animal
A arte do século XX não tem compromisso em imitar a realidade.
Rosa Meditativa
Salvador Dalí
Mulher Chorando - Picasso
Graus de feiúra
FEIO X BELO
IMORAL X MORAL
O feio e o Libido
O que é Beleza?
Origem etimológica
Do Latim
foeditas
Do Francês
laideur - vem do verbo laedere
Em Alemão
Hässlichkeit - derivado de Hass
"Há algo no feio que nos envergonha, nos fere, que desperta nosso ódio." FEITOSA, C.
Feiúra
Sujeira
Vergonha
Os retirantes - Portinari
Ferir
Saturno devorando seu filho - Goya
Ódio
A face da Guerra. Autor: Salvador Dali
Coisa/pessoa - beleza = feio
ESTRANHAMENTO
Damien Hirt
Comédia
Nojo
Medo
Repulsão
O Belo e o Moral
Thersites
"vesgo, manco, corcunda, careca" Ilíada, Apud. Charles Feitosa.
O Belo Grego
Correspondência direta entre beleza e moralidade.
Peter Lorre
Nazismo
Platônico
A feiúra é interpretada por Platão com o sinal de irrupção do irracional, da perda de identidade.
Embriaguez
Pertubação Afetiva
Loucura
“O Bebedor de Absinto”, de Edgar Degas
O Bebedor de absinto, de Picasso
''O Grito'' de Edvard Munch
Sebastian Eriksson
Adam Martinakis
Salvador Dalí
DESEJO PELO O FEIO
O prazer sexual, segundo Platão, é o mais agradável, entretanto é feio, tanto que as pessoas tendem a ocultar-se durante o ato.
A origem do mundo de Gustave Courbet
Winnie Harlow, modelo com vitiligo
autorretrato de Frida Kahlo
Marty Feldman
Gisele Bundchen
O feio artístico
O Feio na Mídia
O urinol - Duchamp
Releitura de O retrato do
Papa Inocêncio X de Velázques
por Francis Bacon
Goya
"Nossa incacidade de lidar com esse outro absoluto que é a morte." C.F.
"O Prazer da Feiúra
Charles Baudelaire

Para certos espíritos mais curiosos e entediados, o gozo da feiura porém de um sentimento ainda mais misterioso, que é a sede do desconhecido e o gosto do horrível.
É esse sentimento, cujo germe todos carregam em si mais ou menos desenvolvido, que leva certos poetas às clínicas e às aulas de anatomia e as mulheres às execuções públicas
Lamentaria vivamente quem não o compreendesse. - uma harpa a qual faltasse uma corda grave! (...)
Há pessoas que se ruborizam por terem amado uma mulher no dia em que percebem que ela é tola.(...)
A tolice é muitas vezes um ornamento da beleza, é ela que dá aos essa limpidez morna das lagoas escuras e essa calma oleosa dos mares tropicais."
Eco, Umberto. A história da Feiura. p. 352
Full transcript