Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

HIPNOSE NO TRATAMENTO AO ALCOOLISMO

Hipnoterapia para permanecer afastado das bebidas alcoólicas
by

Laryssa Mariano

on 14 December 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of HIPNOSE NO TRATAMENTO AO ALCOOLISMO

Por Geraldo Magela de Almeida HIPNOTERAPIA PARA PERMANECER AFASTADO DE BEBIDAS ALCOÓLICAS HISTÓRIA CLÍNICA-RAPPORT PREPARAÇÃO DO PACIENTE Conclusões SINTONIA, TREINAMENTO E APROVEITAMENTO TRATAMENTO O objetivo do tratamento é permitir ao paciente abandonar o álcool, ensinando-o a enfrentar a vida e seus problemas com maturidade.

Definição de metas e reprogramação mental para serem alcançadas.

Quando o paciente deseja, a hipnose pode ajudá-lo a encontrar novos amigos, novas alternativas de diversão e propicia um progressivo aumento na autoestima. SINTOMAS CLÍNICOS Bebida em excesso por longos períodos
Prejuízos nas relações:
Conjugal
Profissional
Social
Prejuízos físicos
Negação do consumo excessivo da bebida (origem psicológica) Todos os contatos com o paciente devem ser com discernimento, respeito, deferência e polidez
O terapeuta deve conquistar a confiança do paciente; deve inspirar confiança em todos os contatos e situações
Empatia na relação especialista-paciente
Informar-se se o paciente buscou espontaneamente o tratamento ou se por insistência de familiares, amigos ou pessoas com ascendência sobre ele REPROGRAMAÇÃO MENTAL Transmissão de sugestões terapêuticas específicas ao paciente. ESCLARECIMENTOS AO PACIENTE ANTES DA INDUÇÃO FORMAL CONDIÇÕES BÁSICAS PARA O TRATAMENTO
Interromper imediatamente o consumo CONSIDERAÇÕES INICIAIS - A OMS define a saúde como um estado completo de bem estar físico, mental e social.

- O alcoolismo é a manifestação ou resultante de um distúrbio crônico, consciente ou não, associado a fatores de ordem metabólica ou ambiental.

- Pode também, em determinados casos, apresentar um potencial genético.
Filhos ou netos de um alcoólatra têm quatro vezes mais chance de se tornarem dependentes.

- É uma doença progressiva mas que pode ser interrompida se adequadamente tratada.

- Atinge em maior proporção os homens do que as mulheres, mas estas apresentam uma maior fragilidade aos efeitos embriagadores do álcool.

- Busca de válvulas de escape como compensação de eventuais frustrações Fatores sociais inerentes à sociedade contemporânea podem levar o indivíduo a desenvolver a doença:

- Necessidade crescente de readaptação por questões de ordem econômica, cultural ou religiosa.
- Mudança rápida no padrão de valores antes aceitos como corretos.
- Desagregamento familiar: separações, adultério, infidelidade.
- Dificuldades momentâneas reativando antigos conflitos familiares.
- Distanciamento dos pais e do convívio familiar, motivado pelo fato de todos trabalharem em busca de melhor poder aquisitivo. Modificar todos os hábitos inerentes ao consumo da bebida Não há como tratar pacientes que não reconhecem a doença A hipnose não faz uma pessoa querer fazer alguma coisa, não faz uma pessoa fazer o que realmente não quer fazer. O sucesso do tratamento requer que o paciente aceite modificações psicológicas e do estilo de vida, que são imprescindíveis.
Pacientes crônicos podem necessitar, em sua maioria, de um tratamento adicional de desintoxicação alcoólica.
Muitos pacientes podem desenvolver um quadro de depressão. Nestes casos deve-se considerar o tratamento preliminar da depressão e somente a seguir iniciar com a hipnose
O subconsciente pode ser entendido como o modo automático de comportamento. A hipnose propicia um maior controle do paciente sobre os seus processos mentais, suas emoções e suas atitudes. Isto porque tanto a hipnose como a auto hipnose é um meio para alcançar o subconsciente e poder reprograma-lo construtivamente.
Atividades que fazemos automaticamente: dançar, dirigir automóvel, andar de bicicleta estão armazenadas no subconsciente. No subconsciente estão disponíveis as memórias de longo prazo e as emoções de experiências passadas que, num determinado momento, não estão conscientes, mas que podem, à semelhança da gravação em um computador, ser trazidas à mente consciente.
Durante a hipnose a programação mental positiva e correta alcança diretamente o “EU” automático, facilitando extremamente a anulação e eliminação das programações negativas resultantes de experiências, relacionamentos, vícios ou condicionamentos do passado.
A mente pode ser reprogramada positiva e adequadamente com experiências e visualizações de amor, felicidade, sucesso, êxito, tranquilidade, vida saudável e progressivo aperfeiçoamento emocional e físico. O sucesso do tratamento por meio da hipnose requer que o paciente busque ajuda e esteja comprometido consigo mesmo em eliminar as bebidas alcoólicas da sua vida. A resposta do paciente ao tratamento é muito maior quando possui uma motivação sincera para deixar de ingerir bebidas alcoólicas
A motivação deve ser constantemente trabalhada como um fator primordial para a mudança; como requisito para se alcançar um objetivo
Muller e Rollnick propuseram a entrevista motivacional para buscar razões para mudança próprias do paciente, para criar as expectativas de mudança. Pode ser utilizada durante a anamnese
Segundo estes autores, a entrevista motivacional se baseia no conceito de prontidão para a modificação e no de ambivalência entre dois caminhos: beber e arruinar a saúde ou parar de beber e recuperar a saúde, os amigos, a convivência famíliar... É importante no fortalecimento da relação com o paciente:

Expressar empatia.
Aceitar sem críticas a escala de valores do paciente.
Sintonizar-se com o mesmo quanto a linguagem verbal, não-verbal, expressão corporal, respiração.
Entender a ambivalência como parte do processo de modificação.
Entender a discrepância entre o comportamento presente (ingestão de bebidas) e os objetivos próximos e futuros ardentemente desejados pelo paciente. Considerações:

Fazer o paciente notar que as recaídas (presentes na maioria dos pacientes) encontradas no comportamento atual são incompatíveis com suas futuras aspirações, criando circunstâncias motivacionais.
O hipnoterapeuta deve promover a crença do paciente nas suas habilidades para atingir os objetivos propostos, considerado por muitos autores como ponto chave da motivação.
A motivação deve ser estimulada por meio de perguntas que evitem respostas monossilábicas e pela facilitação de afirmações de automotivação, reconhecimento do problema, pela intenção de mudar e pelo otimismo. O Tratamento é a hipnoterapia e não apenas terapia sugestiva pela hipnose. Então é importante durante a anamnese levantar:

Se realmente deseja parar de beber
Descobrir a principal motivação para a bebida a fim de eliminá-la
As condições que o levaram a procurar tratamento
Se acredita que pode ficar completamente afastado das bebidas alcoólicas, sem nunca mais coloca-las na boca
Descobrir a melhor via de comunicação para o paciente entrar em hipnose: oral, visual, cinestésica ou mista Levantar junto ao mesmo o maior número de informações sobre o vício: quando, por que, quanto bebia no início, quanto bebe diariamente (nas últimas semanas e meses), local, hora, tipos, companhias preferidas e consequências inerentes à condição atual. Buscar fatores motivacionais oriundos da abstinência, melhorando a condição emocional, questionando:
Se as pessoas que ama ficarão mais contentes
Se o dinheiro economizado poderá ser melhor empregado
Se facilitará a obtenção de algo que muito deseja
Se tem algum motivo especial pelo qual vale a pena parar de beber
Se existe alguma condição física/clínica de suma importância (diabetes, impotência, doença hepática)
Se necessita alguma medicação que é incompatível com o álcool Buscar as causas básicas iniciais do desenvolvimento da doença:
curiosidade
aceitação social
dificuldade de enfrentamento de determinado problema (afetivo, relacionamento, sexual, econômico),
histórico familiar
necessidade de superar algum aspecto físico que lhe seja particularmente desagradável (prótese, aparelho dental ou auditivo)
personalidade pré-mórbida definida como doença mental associada a compulsão para beber
Existência de alcoolismo na família. Investigar o motivo real para o abandono do álcool
Neste momento deve-se fazer perguntas para descobrir gostos, desejos, hobbies, hábitos positivos e salutares do paciente. Durante o tratamento será importante facilitar e reforçar a continuidade dos hábitos salutares.
Outras vezes procura-se criar novos hábitos, sempre de acordo com os gostos e desejos do paciente. Reforçar com o paciente a ação fácil, poderosa e eficiente da hipnoterapia na reprogramação mental das pessoas, especialmente na reprogramação neste caso.
Ressaltar que pela hipnoterapia o paciente tem o controle sobre os seus processos mentais, sobre suas emoções e atitudes.
É recomendável iniciar a parte técnica somente a partir da segunda consulta
O ideal é que o paciente ao comparecer no consultório, venha com uma abstinência alcoólica de pelo menos 3 dias. O melhor é uma semana, pelo menos.
Muitas vezes deve-se, inicialmente, desintoxicar o paciente e compensar a alimentação deficitária em vitaminas e nutrientes, normalmente encontrada nestes casos. O que gosta de fazer?
Diversões preferidas?
Hobbies?
O que planeja ou gostaria de fazer no futuro?
Hábitos alimentares e alimentos preferidos?
Alimentos que detesta?
Sabores e odores preferidos e detestados?
Aprecia viajar, fazer turismo, ler (livros, revistas, jornais)?
Internet?
Apreciaria frequentar academia de ginástica?
Apreciaria aprender uma nova língua, um novo esporte, uma nova atividade (dança, por exemplo)? Durante a primeira consulta avaliam-se os conhecimentos do paciente sobre hipnose e orienta-se sobre os conceitos corretos. O tratamento pela hipnose pode ser considerado como:

Um estado de consciência no qual a sua mente subconsciente e sua mente consciente funcionam harmoniosamente
Um estado de relaxamento físico e emocional extremamente acessível a reprogramação mental
Um sistema de comunicação influenciada
Um modo de processamento das informações no qual a suspensão da atenção periférica e da
cognição analítica e crítica que pode levar às maiores modificações na percepção, na memória
e no humor das pessoas com alta habilidade hipnótica, as quais podem ter consequências
comportamentais e biológicas. A hipnose pode ser considerada pelas características subjetivas, sendo importante o aguçamento da sensibilidade.
Pode-se ainda conceituar a hipnose como uma situação ou conjunto de procedimentos nos quais uma pessoa (hipnólogo) sugere que outra pessoa (paciente) experiencie várias modificações nas sensações, percepções, cognição e comportamento. Deixa-lo confortável. Pode ser sentado ou deitado, conforme preferir
Olhos fechados

Atenção na respiração

Atenção à sua voz. “Eu vou falando e você observando que a medida que falo uma série de fenômenos agradáveis vai sucedendo... Você poderá observá-los e tudo ficará muito agradável e interessante”. Fenômenos que podem ocorrer durante a indução:

Relaxamento ou relaxamento profundo
Formigamento dos pés ou das mãos
Peso palpebral
Peso corporal
Rigidez de membros É prático evocar esta ou aquela resposta durante a hipnose, dependendo do que se quer desprogramar ou reprogramar. Assim, utilizam-se manifestações motoras como rigidez nos dedos das mãos do paciente quando a tendência é posteriormente fazer a reprogramação para a impossibilidade de tocar o copo. Técnicas para facilitação da resposta: - Sugestões apropriadas na presente consulta.
Na próxima vez você entrará mais fácil e rapidamente em seu estado especial de consciência
De hoje em diante você se sente cada vez mais calmo, tranquilo, com sensação progressiva de bem estar
A cada consulta as ideias e sugestões transmitidas impregnam as suas células cerebrais, a sua mente consciente e subconsciente para o seu proveito, saúde e felicidade
A ideias comunicadas começam a funcionar imediatamente e funcionam automaticamente durante as suas atividades diárias - Contagem regressiva
- Contagem associada a visualização (escada)
Importante pesquisar se o paciente não apresenta nenhuma aversão a analogia utilizada.
- Visualização de cenários
- Sugestões pós hipnóticas para persistir o efeito após o término da consulta.
Exemplo: de hoje em diante, pode passar minutos, horas, dias, semanas, meses e anos, cada vez que um copo com qualquer bebida alcoólica se aproximar de uma de suas mãos, seus dedos de estendem, se abrem e ficam rígidos com a mão aberta.
O copo de bebida cairá da sua mão e você sentirá uma sensação de tranquilidade, calma e bem estar e seus dedos voltarão ao tônus normal e flexível nas articulações - Repetição (como um mantra): “Permanecer sóbrio faz parte da minha realidade”

- Utilizar imagens sugestivas para reforçar a sintonia com os objetivos. “ a medida que vai relaxando e se aprofunda o seu envolvimento no objetivo de permanecer abstêmio”

- Utilizar afirmações positivas e reafirmadoras da capacidade do paciente de alcançar os objetivos traçados, facilitando a comunicação e o sucesso do tratamento Sugestões de relaxamento, calma e tranquilidade

Despertar a atenção do paciente para os prejuízos pessoais, orgânicos, psíquicos, profissionais, conjugais e econômicos

Trabalhar a causa básica particular a cada paciente

Criar motivações intensas e persistentes a partir das informações colhidas no rapport, reforçando que ele quer, pode e é capaz de permanecer abstêmio, feliz e vitorioso na vida

Mostrar afirmativa e positivamente as vantagens de permanecer curado Sugestões encadeadas com o fim definido de permanecer afastado das bebidas alcoólicas, empregando:

Reprogramação comportamental
Palavras e frases escolhidas segundo a neurolinguística
Técnicas subliminais
Repetição para saturação do subconsciente
Técnicas de aversão às bebidas alcoólicas e ao hábito de beber bebidas alcoólicas Estas técnicas devem ser conjugadas com sugestões para ser bem-sucedido, com capacidade para amar e ser amado. Estas podem incluir:

Sugestões de relaxamento, calma, tranquilidade, melhor sono, melhor relacionamento, desempenho sexual, bem estar, sucesso na vida e no amor
Anulação do reflexo condicionado de colocar na boca um recipiente contendo bebida alcoólica
Aversão ao hábito de beber, aos amigos frequentadores dos bares e às circunstâncias relacionadas
Canalização das energias para a realização ou criação de hábitos novos, construtivos e vantajosos ao paciente (particularizar)
Sugestões específicas de autoestima, autoconfiança, ânimo, bem-estar físico, mental, social e profissional em virtude do novo comportamento
Técnicas subliminares para se manter afastado das bebidas alcoólicas, feliz, vitorioso e com sucesso na vida Reforçar os prejuízos decorrentes do excesso alcoólico habitual (exemplos)

Tomar aperitivos todos os dias faz que se negligencie a alimentação
A bebida alcoólica é absorvida diretamente do estômago para a corrente sanguínea indo diretamente ao cérebro
Apesar da perda da inibição ao falar, produz também a progressiva do julgamento e da capacidade de argumentação
Produz tristeza, depressão ou euforia, agitação e ideias de grandeza
Perda de memória, esquecimento, dificuldade de falar, perda do equilíbrio... Portanto, a ingestão continuada de bebidas alcoólicas causa muitos males físicos no seu corpo, muitos males mentais no seu cérebro, muitas alterações em seu comportamento, muitas dificuldades sociais, muitas dificuldades profissionais Reforçar as vantagens de permanecer curado

Quando você parar de beber bebidas alcoólicas (citar as preferidas do paciente) sentir-se-á uma pessoa calma, tranquila, alegre e bem disposta
Ao parar o seu sistema nervoso funcionará adequadamente
Seu coração, seu fígado, seu estômago e todo o seu organismo funcionará melhor
Você escolhe eliminar a vontade de ingerir bebidas alcoólicas, você elimina o desejo pelas bebidas alcoólicas
Você opta por eliminar do seu sobconsciente a necessidade de ingerir qualquer tipo de bebida alcoólica
Remove da sua mente a ideia de que beber bebidas alcoolicas é uma forma de autopunição, de culpa. Vamos limpar da sua mente qualquer tipo de ressentimento, qualquer sensação de fracasso, quaisquer e todas as conexões com bebidas alcoólicas É uma técnica utilizada na condução do tratamento de pacientes com SDA. Tomar cuidado ao escolher a indução a ser gravada de acordo com a indicação específica para o paciente. GRAVAÇÃO DE UMA INDUÇÃO “Tu crias teu próprio universo durante a caminhada”
Churchill “Tudo o que somos é resultado de nossos pensamentos”
Buda “Dá teu primeiro passo com Fé, não é preciso que vejas a escada inteira, dá somente o primeiro passo com Fé”

Martin Luther King “Se tu estás VERDADEIRAMENTE comprometido com a tua meta, o universo inteiro conspira a teu favor para que apareçam os instrumentos e pessoas que te permitirão logra-lo”

Goethe A hipnoterapia pode ser utilizada com grande sucesso no tratamento do alcoolismo ou SDA-Síndrome da Dependência Alcoólica O sucesso do tratamento dependerá majoritariamente da vontade e empenho do paciente na busca da cura Alguns casos podem requerer a interação medicamentosa concomitantemente a hipnoterapia Manter-se atento a manifestações clínicas da abstinência no tratamento de pacientes crônicos
O profissional deve ser consciente que as recaídas, se ocorrerem, são inerentes ao processo e deve trabalhar a autoconfiança do paciente na retomada do tratamento e recrudescimento dos esforços dispendidos, garantindo-se a possibilidade de cura.
Full transcript