Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

As Proclamações da República

No description
by

Leonardo G. M.

on 8 September 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of As Proclamações da República

As Proclamações da República
As Proclamações da República do Brasil
Guia de estudo - Unidade 2 (Páginas 48 a 72)

Objetivos:
Entender quem era a Oligarquia brasileira;
Compreender quais eram os interesses da Igreja Católica em uma República;
Entender a "questão militar";
Introdução à Primeira República.
CALIXTO, Benedito
. Proclamação da República,
1893. Pinacoteca Municipal de São Paulo.
Oligarquia Cafeeira
Vale do Paraíba fluminense e paulista (os mais antigos);
Cafeeicultores do Oeste Paulista (em desenvolvimento).
A Questão Religiosa
Os Conflitos com a Igreja
PINHEIRO, Bordallo.1875
Bula Syllabus (1864),
condenava
[...]
poder dos Estados sobre os documentos papais;
a subordinação do clero à administração civil;
a separação entre Igreja e Estado;
a participação de membros da Igreja em sociedades secretas.
A Questão Militar
Baixos soldos;
rígida disciplina;
governo brasileiro individado com a Inglaterra (Guerra do Paraguai);
fortalecimento como corporação;
O GOLPE de 15 de Novembro
O Manifesto Repúblicano;
Reuniões entre ideários da República e Militares;
a marcha ao Ministério da Guerra.
"Somos da América e queremos ser americanos. [...]
A permanência dessa forma [monarquia] tem de ser forçosamente, além da origem de opressão no interior, a fonte perpétua da hostilidade e das guerras com os povos que nos rodeiam. [...]
O nosso esforço dirige-se a suprimir este estado de coisas, pondo-nos em contato fraternal com todos os povos, e em solidariedade democrática com o continente de que fazemos parte.

Manifesto Republicano de 1870. In: Stoa-USP.
AGOSTINI, Ângelo. D. Pedro II e a monarquia desequilibrados.
Revista Ilustrada
, 21 de janeiro de 1882.
BERNARDELLI, Henrique. Retrato de Marechal Deodoro da Fonseca. 1892.
A
liberdade
A
revolução
A
república.
Jean Baptiste Debret. 1822.
Raimundo Teixeira Mendes e Miguel Lemos, 1889.
Full transcript