Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

A Educação na obra "Os Maias"

No description
by

Carolina Duarte

on 24 May 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A Educação na obra "Os Maias"

A Educação na obra Os Maias
Importância da Educação
O tema da educação é frequentemente tratado por Eça de Queirós, sendo para este fundamental para compreender a formação e carácter das personagens. Surge assim, na obra como um dos principais fatores comportamentais da mentalidade da sociedade Portuguesa romântica por oposição à nova.
Eça apresenta dois sistemas educativos opostos: a educação tradicionalista e conservadora, protagonizada por Pedro da Maia e Eusebiozinho, e a educação inglesa, por Carlos da Maia.
Representantes
Carlos da Maia
Modelos educacionais e o confronto entre os mesmos
A influência da educação no caráter e nas decisões tomadas
Conclusão
O autor ao longo da escrita da obra e de refletir sobre o mesmo assunto chega à conclusão que:
a educação portuguesa é tacanha e medíocre e gera indivíduos fracos a nível moral e físico
e
a educação de Carlos é o modelo a adoptar para efectivamente o país sair da estagnação em que vivia, todavia esta educação falha, porque Carlos teve influência do meio em que vive e do próprio temperamento.

Como conclusão, entendemos que a influência do meio, apesar de educações e caracteres diferentes, é sempre superior e imponente, criando assim, pessoas fracas, sem reacção, boémias e muito luxuosas.



Webgrafia
http://www.notapositiva.com/trab_estudantes/trab_estudantes/portugues/portugues_trabalhos/os_maias.htm;
http://pt.slideshare.net/antonius3/os-maias-a-educao
http://esdjvlinguaportuguesa.blogspot.pt/2011/03/educacao.html;
http://portugues-fcr.blogspot.pt/2012/04/educacao-nos-maias.html;
Eusebiozinho
Pedro da Maia
Valoriza:
Contacto com a Natureza;
Aprendizagem de línguas vivas: Inglês;
Brincadeiras e divertimento(ginástica);
Rigor, método e ordem;
A criatividade e juízo crítico;
Submissão da vontade ao dever.
Valoriza:
Aprendizagem de línguas mortas: Latim;
Contacto com velhos livros;
Super protecção;
A memorização;
Suborno da vontade pela chantagem afectiva;
Estudo da Cartilha.
Preguiça;
A moral do catecismo.
Desvaloriza:
Contacto direto com a Natureza;
A criatividade;
Juízos de valor.


Ex. Pedro da Maia
e
Eusebiozinho
Desvaloriza:
Desprezo da Cartilha e do conhecimento teórico;
Línguas mortas;
A religião.


Ex. Carlos da Maia
Educação Inglesa
Educação Portuguesa
Pedagogo Inglês- Brown
Pedagogo Português – Abade Custódio
Pedro da Maia
Melancólicos;
Sem vontade própria;
Cobarde;
Fraqueza de espírito;
Fraco;
Cobarde;
Materialista;
Narcisista;
Pedante;
Carlos da Maia
“o Homem é o resultado directo da sua
hereditariedade e da sua educação”.
Full transcript