Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Machado de Assis

No description
by

Andresa Notari

on 1 August 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Machado de Assis

Machado de Assis
Machado de Assis no Realismo
- Personagens Metafísicos: que estão além do plano físico;
- Capítulos curtos;
- Tempo psicológico: quebra da linearidade do enredo - a história é narrada de acordo com a memória da personagem;
- Referência ao Romantismo;
- Forte tom irônico;
- Visão pessimista acerca do homem;
- Narradores em 1ª pessoa: parcial;
- Linguagem ambigua: permite mais de uma intrpretação (não é objetiva);
- Digressão: a) falar com leitor (interlocução)
b) referenciar a própria narrativa (o narrador divide com o leitor a técnica da criação da história)

Conclusion
A Carolina
Querida, ao pé do leito derradeiro
Em que descansas dessa longa vida,
Aqui venho e virei, pobre querida,
Trazer-te o coração do companheiro.

Pulsa-lhe aquele afeto verdadeiro
Que, a despeito de toda humana lida,
Fez a nossa existência apetecida
E num recanto pôs um mundo inteiro.

Trago-te flores, - restos arrancados
Da terra que nos viu passar unidos
E ora mortos nos deixa separados.

Que eu, se tenho nos olhos malferidos
Pensamentos de vida formulados,
São pensamentos idos e vividos.
O autor na periferia do Realismo
Machado de Assis vê o Realismo de uma maneira muito particular, bem diferente das demais obras que se fixam ao cenário:

DOM CASMURRO: Realismo psicológico - digressão (comentário paralelo à obra) - adultério (dúvida)
MEMÓRIAS PÓSTUMAS DE BRÁS CUBAS: Narrativa inversa - começa ao contrário - escreve sem ter vínculo com a vida
O ALIENISTA: questiona o cientificismo - personifica a ciência
Full transcript