Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Oficina de Produção Áudio-Visual

No description
by

Ângelo Luiz Brüggemann

on 10 December 2010

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Oficina de Produção Áudio-Visual

Mídia-Educação Física e Produção Audiovisual
OBJETIVOS DO LABORATÓRIO
Estudar a realidade acerca da mídia e o que ela representa na construção de contextos sociais, especialmente nos campos das Ciências Sociais, Educação e Educação Física.

Desenvolver estratégias para o trato pedagógico da mídia esportiva na formação e na atuação em Educação Física.
Oferecer infraestrutura, recursos e serviços em mídia para a comunidade do CDS

Proporcionar oficinas de produção de videos

Integrar-se e apoiar projetos de ensino, extensão e pesquisa

Servir de base para o Observatório da Mídia Esportiva
OBJETIVOS DO GRUPO DE ESTUDOS
MÍDIA-EDUCAÇÃO (FÍSICA)
(...) a mídia-educação é entendida no sentido de fazer educação através dos meios ou dentro das mídias, envolvendo também a área de formação profissional. Fazer mídia-educação nesta perspectiva significa utilizar as mídias como linguagem, como forma de expressão e produção, pois assim como não se aprende a ler sem aprender a escrever, não se faz mídia educação só com leitura crítica e uso instrumental das mídias, sendo necessário aprender a “escrever” com as linguagens das mídias (FANTIN, 2006, p. 86).
LINGUAGEM AUDIOVISUAL
Ciência e Linguagem audiovisual

Filme etnográfico

Documentário

Jornalismo
LINGUAGEM AUDIOVISUAL
“O audiovisual constitui um novo campo de exploração, mais que um instrumento sofisticado intervindo no simples domínio da comunicação, por mais amplo que seja; ele define um sistema diferente de apreensão, de elaboração e de comunicação; abre ângulos inéditos de observação de uma realidade múltipla (Marc-Henri Piault, p. 62, 2000)”.
RELATO DE EXPERIÊNCIA: PORQUEQUECHAVERAMAELALÍ?
Mídia Educação (Física) 3D

“Esse estudo é um relato de experiência e uma reflexão sobre o processo de produção e veiculação de um vídeo cujo tema é a utilização da bicicleta como meio de transporte (Ferrari, 2009)“
PLANEJAMENTO: ESTRATÉGIAS DE ABORDAGEM
Escolher um padrão (documentário, etnográfico, jornalístico, etc.)e seguí-lo
Tipos de eventos que devem ser filmados
Locais para as tomadas
O que você precisa como fundo (background) para as tomadas
Pessoas que devem ser filmadas
Comportamentos característicos
Tipos de depoimento, (arquivos, entrevistas)
p.s.: é importante, no caso de entrevistas, que se dê um retorno ao intrevistado.
PLANEJAMENTO: ROTEIRO ou PRÉ-ROTEIRO
Riscos: ir a campo se um roteiro pré-definido ou, ao contrário, ir a campo com um roteiro fechado
É importante, no primeiro momento, estabelecer limites sobre os recursos e situações (Plano A, B, C…)
Listar as (possíveis) tomadas levando-o a imaginar os tipos de imagens necessárias para representar o que você deseja mostrar no vídeo. É um instrumento de apoio para a observação e para a tomada de decisão na hora da filmagem
Fio narrativo: ponto de vista pelo qual serão relatados os fatos
PLANEJAMENTO: CONSTITUIÇÃO DA EQUIPE
Equipe básica: diretor de cena, diretor de fotografia (câmera), técnico de som (ou todos em um)
Importante que cada integrante da equipe tenha uma função bem demarcada
Diretor (intuição): responsável por todas as decisões em um set de filmagem (conteúdo, gravação, equipe) e pelo processo de criação e seleção artística.
Produtor (razão): responsável por delimitar o sonho do diretor
EXECUÇÃO: ENQUADRAMENTOS E PLANOS
O enquadramento é o campo visual (pessoal) capturado pela objetiva da câmera. A esse elemento capturado chamamos plano, o qual mediante a disposição dos elementos ganha diferentes valores e diferentes tempos de leitura.

Em geral, os planos se dividem em planos de ambiente, ação e expressão
Ação:
Plano Médio
Plano Americano
Ambiente:
Plano Geral
Plano de Conjunto
Expressão:
Close Up
Big Close Up
Título: Un chien andalou (1929) Diretor: Luis Buñuel Edição: (?) País: França Duração: 16’ Gênero: Surreal
EXECUÇÃO: ALTERNATIVAS - ENTREVISTAS
CONTRA-PLANO: dois planos fechados usados alternadamente. O contra-plano do entrevistado é uma imagem dele calado, ouvindo a pergunta do repórter, enquanto o contra-plano do repórter é uma imagem dele calado, ouvindo a resposta.

FOCA-DESFOCA: plano em que ao focar-se o elemento mais próximo desfoca-se o segundo elemento.

INSERT: um objeto (ex.: um livro) é filmado em detalhe antes da gravação e inserido depois, na edição.

PANORÂMICAS/ TILTS: a câmera se move em torno do seu eixo, fazendo um movimento giratório, sem sair do lugar. Exige segurança (tripé)
TRAVELLING: passeio da câmera. Pode ser realizado tanto na horizontal quanto na vertical

TRACKING: Movimento que segue um personagem ou um objeto que se movimenta, como se fosse uma perseguição.

ZOOM: aproximação (zoom in), ou afastamento (zoom out), a determinado objeto. Deve ser equilibrado, nem muito rápido nem exageradamente lento.

Use com parcimônia!
Contém, essencialmente, o ambiente. O elemento humano, além de quase não ser visível na imagem, não é o principal. Tempo breve.
O ambiente, ou o cenário, prevalecem, porém há um elemento, o personagem, que representa o centro da imagem. A duração deve ser suficientemente para que seja feita a leitura visual dos objetos em cena.
Este plano caracteriza-se fundamentalmente pela ação da parte superior do personagem, cortado pela cintura, onde o ambiente não é importante. É considerado um plano intermédio entre a ação e a expressão. Duração média.
plano médio
plano americano
Apesar do ambiente estar presente, o conteúdo principal é a ação do personagem. O limite inferior da imagem corta o personagem acima do joelho. A perspectiva pode variar de cima para baixo ou de baixo para cima.
CLOSE UP
Mostra um objeto ou o rosto do personagem em destaque, permitindo maior carga emotiva da imagem para o espectador. O tempo de projeção deve permitir que se capte toda a expressividade.
BIG CLOSE -UP
O corpo ou objeto é desmontado, sendo focalizada apenas uma parte de um todo. Este plano permite também que seja aumentada a carga emotiva da imagem. O tempo de leitura é bem rápido.
PLANO DE CONJUNTO
PLANO gERAL
Full transcript