Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Avaliação Neurológica no Paciente Crítico

Aula destinada à Residência Integrada em Saúde, Ênfase Atenção ao Paciente Crítico HCR/GHC - POA
by

Tobias Ludwig do Nascimento

on 8 October 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Avaliação Neurológica no Paciente Crítico

Dr Tobias Ludwig do Nascimento
R2 Neurocirurgia HCR/POA Avaliação Neurológica no Paciente Crítico Traumatismo Crânio Encefálico - TCE


Acidente Vascular Encefálico - AVE


Traumatismo Raquimedular - TRM


Neoplasias A SALA DE EMERGÊNCIA Os 4 Momentos Emergência
UTI
Enfermaria
Reabilitação Condições Físicas Gerais
Inspeção Exame neurológico Lateralidade Crânio
Evidências de Fratura na base do crânio
Fraturas Faciais
Edema periorbital
Ausculta crânio-cervical
Sinais físicos de TRM
Evidência de convulsões Rinorréia
Otorréia LeFort e do bordo orbital Nível de consciência
Estado mental Escala de Coma de Glasgow Aparência, comportamento, humor, afetividade, produção verbal, pensamento, percepção
MEEM Anisocoria
Hemiparesia
Posturas patológicas
Desvio do olhar Exame no paciente em coma e alerta Coma:
- testar força e sensibilidade com estímulo doloroso
- testar tônus e contração do esfíncter anal Alerta:
- testar miótomos solicitando ao paciente
- testar sensibilidade solicitando ao paciente
- testar contração do esfíncter anal
tônus e contração Condições Físicas Gerais
Inspeção Tratamento - cirúrgico x conservador GCS / nível de consciência
Exame neurológico
NIHSS - National Institutes of Health Stroke Scale
Sinais vitais - PRESSÃO ARTERIAL Nível de consciência
Déficit neurológico progressivo
Exames de imagem Condições Físicas Gerais
Inspeção Tratamento - manejo clínico e cirúrgico TCE associado
Outras lesões torácicas e/ou abdominais associadas UTI x enfermaria Condições Físicas Gerais
Inspeção Condições clínicas gerais
Nível de consciência
Exame neurológico
Topografia
Primário x Secundário Traumatismo Crânio Encefálico - TCE


Acidente Vascular Encefálico - AVE


Traumatismo Raquimedular - TRM


Neoplasias Traumatismo Crânio Encefálico - TCE


Acidente Vascular Encefálico - AVE


Traumatismo Raquimedular - TRM


Neoplasias Traumatismo Crânio Encefálico - TCE


Acidente Vascular Encefálico - AVE


Traumatismo Raquimedular - TRM


Neoplasias UTI Enfermaria Prognóstico e Reabilitação AVEi x AVEh? AVEi AVEh NIHSS - máx 42
até 4
5-20
>20 Alvo de PA:
AVEi - mais permissivos nas primeiras 48 horas - até 200-220/120mmHg ou até 180/110mmHg nos candidatos à trombólise
AVEh - pressão normal - até 160/100mmHg Trombólise - TEMPO É CEREBRO
ECASS III - até 4,5h Queda do nível de consciência
atribuível à lesão cerebral Piora no déficit motor desvio da linha média
> 3mm ou 5mm Início abrupto de novo déficit neurológico focal 5 % ocorrem por crises, tumores ou por fatores psicogênicos
95% ocorrem por problemas vasculares 85% são isquêmicos 15% são hemorrágicos fatores de risco modificáveis:
HAS
Tabagismo
Dislipidemias
Álcool UTI x Enfermaria C5 C6 C7 C8 T1
L3 L4 L5 S1 S2 Tátil superficial
Tátil profunda
Proprioceptiva
Termoalgésica abdução ombro flexão braço extensão braço punho prensa Flexão coxa extensão perna dorsiflexão pé flexão dorsiflexão hálux plantar pé Nível de lesão Choque medular
priapismo
reflexo bulbocavernoso
contração esfíncter anal Lesão medular completa x incompleta ASIA Frankel PAM> 90 7 dias
mobilização passiva
mobilização em bloco
tração cervical
fisioterapia precoce Fatores prognósticos
Karnofsky - escala de performance > 70%
Idade < 65 anos
Sítio primário se conhecido Avaliação Neurológica do Paciente Crítico Controle pressórico e de suas complicações Pressão arterial - controle com drogas tituláveis é desejado
Controle de glicemia
Mobilização precoce no leito e do leito
Ventilação mecânica - TQT x extubação
Complicações - IRpA, IRA, TVP/TEP, íleo adinâmico, Intoxicação, Condições Físicas Gerais
Inspeção - TRM cervical alto com IRpA - VM
- TQT precoce
- Disautonomias
- Momento para cirurgia - quanto mais precoce, melhor, tendo o paciente condições clínicas para cirurgia
- Déficit neurológico Condições Físicas Gerais
Inspeção Avaliar recuperação neurológica
Reabilitação precoce Recuperação neurológica - Frankel A e B - difícil a recuperação funcional
Déficit neurológico parcial com ALTERAÇÃO DO EXAME NEUROLÓGICO - emergência
O déficit neurológico é estabelecido na sua maioria no momento do trauma Manejo GCS - menos útil

Glasgow Outcome Scale 1 - morte
2 - estado vegetativo persistente
3 - desabilitado severo
4 - desabilitado moderado
5 - boa recuperação Multidisciplinariedade Sinais vitais
PIC
GCS
Ramsay e RASS Obrigado
Full transcript