Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

A história das Relações Públicas.

No description
by

Janayde Fernandes

on 3 October 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A história das Relações Públicas.

A História das Relações Públicas
Parece consensual que as RP surgiram nos EUA, através do contributo de Ivy Lee.
Contudo, existem alguns autores discordantes em relação a esta teoria.
As Relações Públicas na Europa
Na europa as RP acentavam essencialmente em três pilares base:
Alguns defendem que a Europa também pode reclamar um papel importante na emergência destas práticas.
a ideia humanista do diálogo social como fundamento sociológico das RP
a conceptualização das RP como uma prática de direcção/função directiva
o pressuposto de que as RP são a estratégia de confiança que atribuiu credibilidade à comunicação
Van Ruler e Vercic organizaram um estudo sobre a possibilidade de defender uma concepção autentica das RP na Europa.
Analisados os resultados, comprova-se que não existe consenso quanto à denominação das RP.
era notória a divisão entre os conceitos de "relação" e "comunicação"
Código de Atenas
É considerado primeiro código deontológico para a profissão de Relações Públicas.
As RP nos EUA
Nos EUA reconfiguraram-se as Relações Públicas em termos de prática moderna como atividade de consultoria.

As relações públicas têm origem nos Estados Unidos com Ivy Lee e Edward Bernays. Tendo sido Ivy Lee que escrever os primeiros princípios de relações públicas em 1906.


Com a depressão económica de 1929 e o plano “New Deal” exigiram a presença inevitável de técnicas de Relações Públicas.



1933 a 1945 assinalou o início da época de ouro das Relações Públicas nos EUA.
A sua autoria deve-se a Lucien Matrat, e baseia-se nos princípios morais que se referem à dignidade e direitos do Homem enquadrados na “Declaração dos Direitos Humanos”.
As RP em Portugal
Surgiram, num primeiro momento, no século XVI, com a recomendação do Rei D.Manuel I para que os estrangeiros fossem bem tratados.
As RP surgiram num contexto empresarial, ao nível das multinacionais.

Mais tarde estenderam-se a administrações estatais, militares e civis
O INP (Instituto Novas Profissões), criado em 1964, foi a primeira escola portuguesa de Relações Públicas cujo estatuto de ensino superior só viria a ser reconhecido em 1971, pelo Ministério da Educação.
Passados 9 anos, esta área começou a ser lecionada no ensino secundário, na vertente humanística. Tinha como objetivo despertar o interesse pelas RP nos mais jovens.

Em Portugal, as multinacionais Mobil e Shell são as que recrutam os primeiros profissionais ao instalarem-se em Lisboa e ao criarem nos seus escritórios os serviços de Relações Públicas.
No que concerne às empresas nacionais, a TAP, os CTT, o Montepio, as Forças Armadas, a EDP, e a Central de Cervejas, foram as primeiras a procurar e a desenvolver a área das RP nas respetivas organizações.
Os pioneiros das Relações Públicas em Portugal
Avellar Soeiro
É apresentado como o responsável pelo Laboratório Nacional de Engenharia Civil durante 26 anos, paralelamente a outros cargos pioneiros nas Relações Públicas, na esfera empresarial e associativa.

Avellar Soeiro esteve cerca de três décadas no LNEC e foi, nos anos 90, director do gabinete de PR do Centro Cultural de Belém.
Após 10 anos de presença na Europa, e cinco da fundação do IPRA (Associação Internacional de Relações Públicas), as Relações Públicas modernas aparecem em Portugal. Estamos, portanto, em 1960, cerca de meio século depois do seu nascimento nos Estados Unidos.
No Brasil a criação do Departamento de
Relações Públicas da São Paulo Light and Power em 1914, é
considerado o grande marco das Relações Públicas

mas é em somente em julho de 1954 que a Associação Brasileira de Relações Públicas é criada

Em 1955, a disciplina de Relações Públicas é ofertada na Escola de Admnistração da Fundação de Ciências Aplicadas
Ivy Lee
Bernays
Bernay’s na sua primeira obra dentro da área, "Crystallizing Public Opinion" (1923), define a figura de “consultor de relações públicas”.
1960
Congresso Mundial de RP no Rio de Janeiro;

Regulamentação da Profissão;

Curso Superior de RP na ECA USP;

Propagandas ideologicas governamentais
Atuação de assessorias de RP na SECOM;

Proliferação de escolas de RP
1970
Campanhas de valorização profissional;

Plano de Comunicação da Rodhia
1990
1980
Internacionalização das empresas

Terceirização dos serviços
Full transcript