Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Introdução a Química Orgânica

No description
by

Armando Rodrigues

on 16 January 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Introdução a Química Orgânica

Exercícios
Química Orgânica
Classificação dos átomos de Carbono
Tipos de ligações
Classificação das cadeias carbônicas
Introdução
História
Teoria da força vital (Berzelius)
Em 1828, Friedrich Wöhler produz uréia a partir de cianato de amônio
16.000.000 compostos orgânicos (<200.000 inorgânicos)
O que é?
Segundo Kekulé, é o Ramo da química que estuda quase todos os compostos do
carbono
.
Nem todo composto de
carbono é orgânico!
Postulados do Carbono
O carbono é tetravalente em todos os compostos orgânicos.

As quatro ligações do carbono são equivalentes.

Os átomos de carbono podem ligar-se entre si, formando cadeias.


Carbono Primário
É o carbono que está ligado a somente um átomo de carbono e outros 3 elementos quaisquer.
Carbono Secundário
É o carbono que está ligado a 2 átomos de carbonos e outros 2 elementos quaisquer.
Carbono Terciário
É o carbono que está ligado a 3 carbonos e um outro elemento qualquer.
Carbono Quaternário
É o carbono que está ligado a 4 átomos de carbonos.
Ligação Tripla
Há o compartilhamento de 3 elétrons com um carbono ou elemento qualquer.
Ligação simples
Há o compartilhamento de apenas um elétron com outro carbono ou elemento qualquer.
Ligação Dupla
Há o compartilhamento de dois elétrons com um carbono ou elemento qualquer.
Hibridização do carbono
Hibridização sp3
Na hibridização sp3 um elétron “s” é promovido para o orbital “p” vazio, originando
o carbono no estado ativado (intermediário).

Hibridização sp2
Na hibridização sp2 um elétron “s” é também promovido para o orbital “p” vazio, originando o carbono no estado ativado (intermediário).
Entretanto, a “fusão” de orbitais ocorre entre o orbital “s” e dois “p”.
Daí, hibridização sp2.

Hibridização sp
De forma semelhante, na hibridização sp um elétron “s” é também promovido para o orbital “p” vazio, originando o carbono no estado ativado (intermediário).
Agora, a “fusão” de orbitais ocorre entre o orbital “s” e um “p”, permanecendo dois orbitais “p” puros.
Daí, hibridização sp.

A hibridização de orbitais é uma forma de rearranjo de orbitais de um mesmo átomo produzindo novos orbitais equivalentes, com maior estabilidade que os originais.

Na hibridização sp3, o carbono forma 4 ligações sigmas com outros átomos.

Nas ligações com outros átomos, forma três ligações “sigma” e uma “pi”.

Nas ligações com outros átomos, forma duas ligações “sigma” e duas “pi”.

Cadeia aberta, acíclica ou alifática
Uma cadeia aberta é aquela que possui pelo menos duas extremidades ou pontas, não há nenhum encadeamento, fechamento, ciclo ou anel nela.

Cadeia fechada, cíclica ou alicíclica
Não possui nenhuma extremidade ou ponta, seus átomos são unidos, fechando a cadeia e formando um encadeamento, ciclo, núcleo ou anel não aromático.
Cadeia Mista
Apresenta tanto uma parte da cadeia fechada quanto uma parte da aberta
Cadeia normal, reta ou linear
Ocorre quando só existem carbonos primários e secundários na cadeia. Estando em uma única sequência, geram apenas duas extremidades ou pontas.

Cadeia ramificada
São aquelas que possuem três ou mais extremidades, com carbonos terciários ou quaternários.

Cadeia saturada
Classificação dada para aquelas cadeias que possuem somente ligações simples entre os carbonos.

Cadeia insaturada
Cadeias que possuem pelo menos uma ligação dupla ou tripla entre os carbonos.

Cadia Homogênea
São aquelas que não possuem nenhum heteroátomo entre os carbonos, ou seja, essas cadeias são constituídas somente por carbonos.

Cadeia Heterogênea
Nesse caso há algum heteroátomo entre os carbonos, que normalmente são o oxigênio (O), o nitrogênio (N), o fósforo (P) e o enxofre (S).

Cadeia Aromática
São as que apresentam em sua estrutura pelo menos um anel benzênico, também denominado anel aromático (C6H6).

Mononucleares
Possuem apenas um núcleo aromático
Polinuclares
Possuem mais de um núcleo aromático
Isolados
Seus anéis aromáticos estão separados.
Condensados
Seus anéis aromáticos estão juntos.
Condições para aromaticidade
Ser uma molécula plana
Ter duplas ligações conjugadas
Respeitar a regra de Hückel que diz que o número de elétrons π deve ser igual a expressão 4n + 2, onde n deve ser inteiro.

Exemplo
Full transcript