Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Limnologia

Artigo de Limno
by

Wesley Adonai Mafra

on 31 October 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Limnologia

Estrutura da Comunidade Fitoplanctônica da Lagoa Albuquerque (Pantanal Matogrossense), MS, BR. ESPÍNDOLA, E.G., MATSUMURA-TUNDISI, T. & MORENO, I.D. Universidade Federal do Tocantins - UFT
Campus de Palmas - Engenharia Ambiental
Limnologia 2012/01 Introdução - Heterogeneidade
-Espaço e tempo Constante
Organização Ambientes Naturais Comunidade Fitoplanctônica Ciclos Sazonais
Ciclos Anuais Variáveis Ambientais Modificação:
-Qualitativa
-Quantitativa Ambientes caracterizados por Seca-Cheia
Elemento Regulador da Produtividade Luz
Temperatura

Precipitação
Vento
Flutuação do Nível da Água Pantanal Matogrossense Águas Altas Objetivo: Analisar o padrão de variação na estrutura da comunidade fitoplanctônica em uma lagoa de inundação submetida à influência direta do rio Paraguai Área de Estudo Lagoa Albuquerque (Corumbá, MS)
Área de 15,8% do Pantanal Matogrossense
Amplitude de inundação
1,0 - 1,5m
Frequência:
Alta (6 a 8 meses de inundação) Materiais e Métodos Coletas: 2 Estações (I e II) Meses: Abril, Maio e Agosto (1987)
Nível da Água
Precipitação Dezembro (1987), Janeiro e Fevereiro (1988)
Nível da Água
Precipitação Materiais e Métodos Qualitativamente Garrafa de Von Dorn
3 profundidades
Fixação com Lugol acético
Identificação sob microsópio Quantitativamente Método da sedimentação
Câmara de Neubauer
Microscópio ZEISS Paralelamente Profundidade
Temperatura da água
Transparência (Secchi)
pH
Condutividade elétrica
OD
Nitrato
Amônia
Fosfato inorgânico e total
Silicato Reatiivo
Clorofila a Resultados a) Caracterização Limnológica da Lagoa Albuquerque Temperatura: 24,0ºC(mai/87) e 31,0ºC(dez/87)
Bem oxigenado:
2,69 e 9,83 mg/L (mín Mai e máx Dez)
pH: Ligeiramente ácidas < 7,00
Condutividade:
38 a 75 uS/cm
Transparência:
0,40m (jan/88) a 2,00m (ago/87)
Nutrientes:
Amônia - valores mais elevados 25 e 82 ug/L
Nitrato e Nitrito - maiores valores - águas baixas
Fósforo:
12,68g/L - águas altas | 16,14g/L - águas baixas
Silicato:
2,51 e 7,84 mg/L - altas e baixas respect. Resultados 68 gêneros de Algas
Chlorophyceae Zygophyceae

Bacillariopyceae
Aulacoseira - Variação de 55,6% a 96,7% b) Composição, dominância e densidade do fitoplâncton Resultados Densidade
Máx: Águas baixas
Mín: Águas altas


Clorofila a (mesmo padrão)
3,92 (ago) a 18,02 ug/L(jan) b) Composição, dominância e densidade do fitoplâncton Discussão As diferentes características hidrológicas das Estações I e II refletiram-se na abundância relativa das classes de algas para a comunidade como um todo.

A Estação I influenciada pela turbulência resultante do contato rio-lago gerou constante ressuspensão do material inorgânico e orgânico, diminuindo assim a zona eufótica , refletindo-se na produção primária do ambiente e, consequentemente, diminuindo a biomassa planctônica, assim como selecionando espécies características de ambientes com maior instabilidade. Discussão As flutuações de densidade se relacionaram com o padrão sazonal de flutuação do nível da água. Maiores densidades correspondem a períodos de águas baixas. Influência por fatores como a luz e disponibilidade de nutrientes.

Entre os demais fatores, o efeito de diluição da corrente podem representar as principais funções de força na variação da densidade fitoplanctônica na Lagoa Albuquerque.
Full transcript