Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Usina hidroeletrica belo monte

No description
by

Marcos Leandro Butigeli

on 18 September 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Usina hidroeletrica belo monte

Usina Hidrelétrica Belo Monte.

A natureza e o homem.
Canteiro de obra
Sítio Belo Monte (Casa de força Principal).
18-Unidades Geradoras de Turbinas (francis)
A previsão do consórcio Norte Energia é que a primeira turbina da UHE entre em operação em 1° de março de 2016.
Permite que a usina opere com o menor nível de reservatório possivel, evitando assim que alague terras índiginas.
Sua funçao é levar a água para a casa de força principal (Belo Monte).
Com 200 mt de largura, 27 mt de profundidade e 20 km de extensão.
Turbina Tipo Francis
São 06 Unidades Geradoras de Turbinas (tipo Bulbu).
Cada Unidades Geradora de Turbina irão gerar 38,8 MW.
No total de 232,8 MW.
Casa de Força Complementar - Pimental.
Unidade Geradora de Turbina, (tipo Bulbu).
Índice
História de Belo Monte
Sítio Pimental-barragem e Casa de força complementar.
Unidade Geradora de Turbina tipo (Bulbu).
Construção de diques.
Canal de derivação.
Canteiro de Obra - Sítio Belo Monte (Casa Principal).
Unidade Geradora de Turbina Tipo (Francis).
Construtoras.
Financiamento da obra.
Linhas de transmissões.
Bibliografia.
Sítio Pimental;
Barragem e Casa de Força Complementar.
Cada Unidade Geradora de Turbina, irão gerar 611 MW.
São no total: 18 Unidades Geradoras de Turbina tipo (Francis).
Um total de 10.998 MW,na casa de força principal (Belo Monte).
Canteiro de obra
Extensão: 2,092 Km (Pará, Tocantins, Goiás, Minas Gerais).
Investimento Previsto: R$ 5,1 Bilhões.
Previsão de conclusão: Janeiro de 2019.
Obras: Instalação de 28 Tranformadores,25 mil quilômetros de fios, 4,5 mil torres que sustentam os cabos.
Obrigado pela sua atenção!

Boa noite!
Integrates
Marcos Leandro Butigeli
Manuela Gomes
Matteus Daniel
Mateus Batista
Bruno Gonçalves
Luiz Henrique
Canteiro de Obras.
Diques: estrutura resistente de concreto e aço, com capacidade estrutural de suportar o volume de agua, desviando ou represazando a agua do Rio Xingu.
Canal de Derivação
Fonte: www.consorciobelomonte.com.br
Vertedouro da UHE Belo Monte-18 vãos,formado por 19 pilares-cada uma com 32 mt de alturas e 4,5 mt de largura-,é um vertedouro com 445,5 mt de comprimento. na concretagem dos pilares foram utilizados 126.483m³ de concreto e 8.008 toneladas de aço.
Bibliografias
Conclusão
Benefícios para as Cidades Urbanas.
Benefício para Cidades Pequeno Porte.
Benefício para Industrias de Base.
Benefícios de Desenvolvimento Urbano
Ambiental.
Social
Conflitos
fonte: www.consorciobelomonte.com.br
Fonte:.www.consorciobelomonte.com.br
Março/2009 – A Eletrobrás solicitou a licença prévia
Abril/2009 – O Ibama realizou uma vistoria técnica na área do projeto
Maio/2009 – O EIA e o Rima foram entregues no Ibama
Agosto/2007 – O Ibama realizou vistoria técnica e reuniões públicas nos municípios de Altamira e Vitória do Xingu para discutir o Termo de Referência para o EIA
Dezembro/2007 – O Ibama emitiu o Termo de Referência para o EIA
Julho/2008 – O Conselho Nacional de Política Energética define que o único potencial hidrelétrico a ser explorado no rio Xingu será o AHE Belo Monte. A ANEEL aprovou a atualização do inventário com apenas o AHE Belo Monte na bacia do rio Xingu
Novembro/2008 – O Ibama realizou nova vistoria na área do projeto
Fevereiro/2009 – A Eletrobrás entregou a versão premilinar do EIA e do Rima
Julho/2005 – O congresso Nacional autoriza a Eletrobrás a completar os estudos
Agosto/2005 – A Eletrobrás e as construtoras Andrade Gutierrez, Camargo Correa e Noberto Odebrecht assinam acordo de cooperação técnica para a conclusão do estudos de viabilidade técnica, econômica e socioambiental do AHE Belo Monte
Janeiro/2006 – A Eletrobrás solicitou ao Ibama a abertura do processo de licenciamento ambiental prévio. Começa a ser feito o EIA
Março/2006 - O Ibama realizou a primeira vistoria técnica na área do projeto
1975 – Início dos estudos para o aproveitamento hidrelétrico da bacia do rio Xingu.
1980 – Conclusão dos e estudos e início dos estudos de viabilidade da UHE Kararaó.
1989 – Conclusão dos primeiros estudos de viabilidade da AHE Belo Monte
1998 – A Eletrobrás solicitou à ANEEL autorização para realizar, em conjunto com a Eletronorte novos estudos de viabilidade do AHE Belo Monte.
2002 – Os estudos são apresentados à ANEEL, mas o Ministério Público consegue, por meio de ação na justiça, paralisar os trabalhos e o EIA não pode ser concluído.
Oportunidade para o desenvolvimento regional


Histórico da UHE Belo Monte
Full transcript