Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Introdução ao IPv6

Apresentação básica sobre IPv6
by

Edwin Cordeiro

on 11 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Introdução ao IPv6

Edwin Cordeiro
ecordeiro@nic.br

Entendendo o IPv6
História da Internet
Dúvidas?
Com os endereços IPv4 acabando, o que fazer?
Endereçamento IPv6
Implantação do IPv6
Durante a Guerra Fria os EUA temiam que um ataque a um único ponto da rede de comunicação paralizasse suas ações militares.
Por isto eles financiaram o desenvolvimento de uma rede que fosse capaz de continuar funcionando, mesmo que um nó importante fosse destruído. Desta pesquisa financiada pelo DOD sugiu a ...
Em 1981 foi criado o IPv4
Cada dispositivo passa a ter um endereço único de 32 bits
Protocolo permite a identificação dos dispositivos na rede e o encaminhamento dos pacotes
Protocolo desenvolvido para a ARPANET, permitiu que esta primeira rede virasse a Internet
Com 32 bit de endereços é possível criar 2³² endereços
Isto é aproximadamente 4,3 bilhões de endereços
O planeta tem 7 bilhões de habitantes. Não existe endereços para todos!!!
Se considerarmos novas tecnologias que fazem acesso a Internet, como telefones conectados a redes sociais, Internet das coisas (geladeiras, televisões, sensores, alarmes), cada pessoa passa a necessitar de bem mais que um endereço
Como fazer para entregar endereços IPv4 para todos?
Foram criadas soluções paliativas:

CIDR
Fim do uso de classes = blocos de tamanho apropriado
Endereço de rede = prefixo/comprimento
Agregação das rotas = reduz o tamanho da tabela de rotas

DHCP
Alocações dinâmicas de endereços

NAT
Permite conectar toda uma rede de computadores usando apenas um endereço válido na Internet, porém com várias restrições
Vint Cerf:
"I wish I had realized we'd need more than 32 bits of address space! At the time, I thought this was still an experiment and that, if successful, we would develop a production version. I guess IPv6 is the production version!"
http://ipv6.br/
ipv6@nic.br

Criar um novo protocolo: o IPv6
Maior capacidade para endereçamento: 128 bits
Simplificação do formato do cabeçalho
Suporte a cabeçalhos de extensão
Capacidade de identificar fluxo de dados
Suporte a autentificação e privacidade




Cada habitante do planeta pode ter mais endereços que a Internet atual usando endereços IPv4
32
128
28
28
Um endereço IPv4 possui 32 bits
2 = 4.294.967.296 (4 bilhões e 300 milhões)
Um endereço IPv6 possui 128 bits
2 = 340.282.366.920.938.463.463.374.607 .431.768.211.456 (340 undecilhões)
~ 56 octilhões (5,6x10 ) de endereços IP por ser humano
~ 79 octilhões (7,9x10 ) de vezes a quantidade de endereços IPv4
2001:0DB8:AD1F:25E2:CADE:CAFE:F0CA:84C1
2001:0DB8:0000:0000:130F:0000:0000:140B
2001:db8:0:0:130f::140b
Os endereços IPv6 são escritos em oito grupos de 16 bits
Utiliza caracteres hexadecimais (maiúsculos ou minúsculos)
São separados por “:”
Pode-se omitir os zeros à esquerda
Pode-se, uma única vez, omitir os zeros contínuos por “::”
Uma interface pode ter mais de um endereço IPv6

Sempre possuirá o endereço de link local:
FE80::/64
Pode ter um ou mais endereços globais:
2000::/3
de 2000::/64 até 3FFF:FFFF:FFFF:FFFF::/64
Pode ter um endereço unique local:
FC00::/7
Cabeçalho IPv4
Cabeçalho IPv6
ICMPv6 assume funções de outros protocolos, não presentes no IPv4:
Gerenciamento de grupos multicast
Descoberta de Vizinhança (Neighbor Discovery)
Mobilidade IPv6
Descoberta do Path MTU
Mecanismos de detecção de endereços duplicados
Autoconfiguração de rede etc
O IPv6 não é compatível com o IPv4 diretamente. Para a sua implantação na Internet escolheu-se proceder da seguinte forma:
O IPv4 continua operando inalterado, num primeiro momento
Adiciona-se o IPv6 aos mesmos equipamentos (servidores, roteadores, computadores pessoais, etc) já em uso. Ambos os protocolos funcionam em paralelo, simultaneamente, por algum tempo
Quando toda a Internet funcionar com IPv6, o IPv4 pode ser desativado paulatinamente, completando o processo de migração
Para aprender mais...
E-learning


Site
http://ipv6.br
http://validador.ipv6.br

Fórum de Implementadores 4/12/2012
http://ipv6.br/forum
Riscos da não Implantação
Número de sites “.br” com IPv6 listados pelo Alexa (na lista dos 1.000.000 de sites mais acessados):
Eventos de incentivo à migração
Dificultar o surgimento de novas redes
Diminuir o processo de inclusão digital, reduzindo o número de novos usuários
Dificultar o surgimento de novas aplicações
Aumentar a utilização de técnicas como o NAT que quebra o modelo fim-a-fim da internet
Usuários distintos terão o mesmo IPv4 em residências ou empresas diferentes, como identificar o dispositivo que iniciou um ataque?
IPv6 está habilitado por padrão nos Sistemas Operacionais atuais
Ignorar o IPv6 significa deixar uma porta destrancada que pode ser aproveitada por atacantes
Se você não puder usar IPv6, verifique se sua rede está protegida. Ative seu firewall em IPv6 também!
Segurança IPv6
Full transcript