Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Untitled Prezi

No description
by

Rebeca Riba

on 6 December 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Untitled Prezi

Hipérbole É a figura de linguagem que consiste no exagero.


Observe a tirinha abaixo.
Calvin vai tomar uma injeção, e sua reação, comum em sua idade,
é exagerada e dramática. Comparação Essa figura de linguagem é uma comparação feita entre dois termos com o uso de um conectivo (como, que nem, igual, tal qual, etc)

Nessa tirinha, o cartunista Laerte faz uma brincadeira com a expressão "funcionar como um relógio", atribuída ao que funciona regularmente, nesse caso, o intestino do personagem, literalmente! Onomatopeia Todo e qualquer som expresso, ruídos, gritos, canto de animais, sons da natureza, barulho de máquinas, risadas.

Você já viu alguma dessas onomatopeias? Toc Toc!
Au au!
COF COF!
Clap! Clap! Clap!
Bang! Buáaa!
Tchibum
Aaaaaatchim!
Bii Biiiii!
Nhec Zzzzz...
Cocoricó!
Fuuuuu!
Smack!
Splash! Também conhecida como Prosopopeia, essa figura consiste em atribuir a objetos inanimados, ou seres irracionais, sentimentos e/ou ações próprias dos seres humanos.
Nas tirinhas do Bidu há uma pedra falante, outro exemplo é o Snoopy, que tem sentimentos, pensa sobre a vida e até sabe escrever! Todos os animais de histórias em quadrinhos que falam são um exemplo de personificação. Personificação A primeira frase dessa tirinha de Adão, é uma prosopopeia. Por que? Eufemismo Essa figura é exatamente o contrário da Hipérbole. Enquanto uma
exagera os fatos,
a outra ameniza,
fala de outra forma
para suavizar uma
expressão, quando
alguém morre,
dizemos que
"foi dessa pra uma
melhor", quem
mente "falta com a
verdade", etc. PARA ENTENDER MELHOR Nesse quadrinho podemos entender
como Eufemismo e Hipérbole funcionam.
Observe que o personagem do primeiro
quadro está visivelmente mal,
mas continua repetindo que está tudo
bem, o Eufemismo faz isso, tenta
amenizar a gravidade dos fatos. Já no segundo quadro, o personagem está visivelmente bem, mas repete que está morrendo de dor.
A Hipérbole aumenta a gravidade dos fatos de forma descomunal, afinal, ninguém consegue "chorar um rio de lágrimas". Ironia é dizer o contrário daquilo que se pensa. É uma figura de linguagem delicada, e nem sempre conseguimos identificá-la. É como mentir deixando o outro perceber que é uma mentira.
Que tal refletirmos mais depois da leitura dessa tirinha do Mauricio de Sousa? Pleonasmo "Subir pra cima", "entrar pra dentro", são expressões que normalmente ouvimos e que muitas vezes são vistas como um "vício de linguagem".
Mas há também exemplos mais sutis de Pleonasmo que falamos no nosso cotidiano sem perceber, reparem: Será que o Papa-Capim acha mesmo que o desmatamento é um progresso? A Ironia é normalmente utilizada, entre outras formas, com o objetivo de denunciar, criticar ou censurar algo. Para isso, realidade é descrita com termos aparentemente valorizantes, mas com a finalidade de desvalorizar. Acabamento final Certeza absoluta Duas metades iguais Outra alternativa Comparecer pessoalmente Encarar de frente Multidão de pessoas Surpresa inesperada Amanhecer o dia Gritar alto Fatos reais Também conhecido como Tautologia ou Redundância, o Pleonasmo é o uso desnecessário de termos que expressam uma ideia já exposta. Nos quadrinhos, o Pleonasmo é instrumento da comicidade, observe a próxima imagem. Na intenção de dizer que todo político é ladrão, o segundo personagem responde "Pleonasmo?"
para dar comicidade à
charge. Metonímia Essa figura de linguagem consiste no emprego de um termo por outro, dada a relação de semelhança ou uma parte representando um todo.
Por exemplo: Ao falar "Eu leio muito Drummond", na verdade se entende "Eu leio muito os livros do Drummond" (o autor pela obra).
Por falar em Drummond, há um exemplo de Metonímia em seu "Poema de sete faces", observe: "O bonde passa cheio de pernas:
pernas brancas, pretas, amarelas." Nesse caso, as pernas representam as pessoas (uma parte do corpo pelo todo), e seus diversos tons de pele. Na tira abaixo temos outro uso de Metonímia representando o ser humano. Antítese É a exposição de ideias opostas, às vezes até absurdas.
É um recurso muito utilizado pelos poetas, pois em sua estância, exprime a inefabilidade das coisas, não define os sentimentos por completo.
Como no poema de Luís Vaz de Camões, a charge ao lado tem elementos antagônicos. "Amor é fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer;
É um não querer mais que bem querer;
É solitário andar por entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É cuidar que se ganha em se perder;(...)" Metáfora Essa figura se utiliza do sentido figurado dos elementos do texto. Ela compara dois elementos textuais sem explicitar essa comparação e, sendo assim, é uma linguagem mais simbólica, que sugere outros sentidos às coisas.
É fazer uma comparação sem utilizar os elementos conectivos.
Você já deve ter escutado essas expressões: Você é uma flor Ele é um armário Que gata! Minha boca é um túmulo Mas que mão-de-vaca! Nessa tirinha percebemos a presença da Metáfora na fala do Abutre "sua vida é uma pedra", e é possível compreender que ele está comparando a vida do homem com a inércia de uma pedra. EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO A partir do que estudamos, leia as tirinhas a seguir e analise suas figuras de linguagem.
Use a criatividade e crie sua própria tirinha com um dos temas sugeridos ao final do módulo. As FIGURAS DE LINGUAGEM
são estratégias linguísticas usadas para
produzir algum efeito que se quer ter na inter-
pretação de um texto. Elas servem para expressar e-
feitos no sentido, no som, ou nas construções sintáticas
do texto. Estão constantemente em poesias, nos diálogos
do dia-a-dia, mas são indispensáveis nas histórias em qua-
drinhos. As Figuras de Linguagem são utilizadas por nós a
todo momento. Neste módulo, apresentaremos as mais usuais. a) Qual é a figura de linguagem utilizada nestes quadrinhos? Justifique.

b) Que elementos nas imagens nos fazem perceber a passagem de tempo de um quadrinho à outro? Que outro detalhe na imagem você adicionaria ao terceiro quadrinho para ajudar na compreensão da passagem do tempo? a) Por que esse casal teria menos problemas que os outros? b) Qual a figura de linguagem presente no texto? c) O sentido do quadrinho mudaria se ela fosse a surda e ele o cego? Se sim, por que? Utilizando-se dos recursos visuais e textuais, identifique as figuras de linguagem presentes ou implícitas nas tirinhas a seguir. Há pelo menos 2 figuras em cada uma, destaque e justifique-as. Produção Atenção à tirinha. Agora você é um roteirista de HQs! Seu chefe pediu para que você criasse novos personagens para um Jornal da cidade. "Eles devem ter personalidade, e viver situações do cotidiano", disse ele. Após ler essa tirinha do Galvão, você decidiu fazer um casal exatamente como esse: Ele é teimoso e fala pouco, ela, ativa e independente. Eles vivem brigando mas se amam muito e não conseguem ficar separados.
Ela se chama __________, ele se chama ___________.

Ela trabalha com ________ então vive no trabalho e volta tarde pra casa.

Ele está desempregado, e não sabe cuidar direito da casa, ela sempre reclama quando ele __________.

Ele tem o sonho absurdo de virar __________ e eles sempre brigam quando o assunto é esse... Antes de desenhar, você deve inventar uma boa história, assim é mais fácil criar as tirinhas. Então, mãos à obra!
"Use toda a sua criatividade, essa tirinha tem que fazer sucesso!! ><" MENSAGEM DE: Chefe
Recebida às: 0h23 00h47 Agora desenhe a sua tira para o jornal Preencha os balões
Utilize pelo menos uma figura de linguagem
Crie uma situação engraçada



"Recebi uma resposta do Jornal, vão publicar uma das tirinhas e pediram para você mandar mais material assim que puder."

"O pessoal do Jornal gostou das tirinhas, perguntaram se você aceita fazer uma a cada quinzena."

"Parabéns! O pessoal do Jornal adorou as tirinhas, querem uma por semana. Pediram para você entrar em contato o mais rápido possível!" QUATRO HORAS APÓS ENVIAR SUAS TIRINHAS, VOCÊ RECEBE UMA MENSAGEM DO SEU CHEFE : Atenção nas expressões faciais Não se esqueça do humor Consulte a folha da história do casal Escolha um tema cotidiano e uma
figura de linguagem . Graduandas:
Bruna Loria Garcia
Rebeca de Castro - III período Produção de material didático para alunos de 8º ano do Ensino Fundamental com enfoque em leitura e produção textual, para o curso de Planejamento e Orientação de Práticas de Ensino em Língua Portuguesa I, ministrado pela Profª Drª Marinalva Vieira Barbosa no segundo semestre de 2012. Licenciatura/Habilitação: Letras Figuras de Linguagem em histórias em quadrinhos
Full transcript