Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Hegemonia e declínio da influência europeia

No description
by

Teresa Maia

on 16 September 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Hegemonia e declínio da influência europeia

Apogeu da industrialização e do
capitalismo industrial e financeiro
Finais do século XIX
Estas potências possuíam vastas áreas coloniais, eram densamente povoadas, tinham desenvolvido muito a sua indústria, possuiam capitais para reinvestir e dominavam o mundo em termos científicos, técnicos e culturais.
A Europa, sobretudo as maiores potências
(Inglaterra, França, Alemanha e Bélgica)
dominavam o mundo
Os EUA detentores de muitas matérias-primas e ricos em mão-de-obra fruto da emigração europeia, depressa concorrem com Europa em termos industriais e metalúrgicos
EUA e Japão desenvolvem a sua economia
e competem com a Europa
O Japão tornou-se a grande potência industrial
da Ásia, graças à ação modernizadora do
imperador Mutsu Hito
Imperador Mutsu Hito (1852-1912) responsável
pela reforma Meiji no Japão
Emigração para os EUA
Palácio de Cristal, em Londres
Construção da Torre Eiffel, em Paris
As exigências do crescimento industrial e a corrida às áreas de influência
Política expansionista
busca de matérias primas
alargamento de mercados
exploração de novos produtos
investimento de capitais
colocação de excedentes populacionais
Causas
Colonialismo
Através da exploração de novos territórios e do reforço do poderio e força militar.
Imperialismo
Influência económica, política e cultural sobre nações mais fracas ou menos desenvolvidas.
Racismo
Nacionalismos
Viagens de exploração
David Livingstone (1852-1873)
Henri Morton Stanley
(1874-1877)
Encontro entre Stanley e Livingstone
Viagem de Livingstone em África
Pierre Savorgnan
Brazza (1852-1905)
Alexandre de Serpa Pinto
(1846-1900)
Hermenegildo Carlos
de Brito Capelo (1841-1917) e
Roberto Ivens (1850-1898)
Conferência de Berlim (1884-1885)
Teve como principal objetivo estabelecer as condições de posse e ocupação dos territórios africanos. O acordo alcançado privilegiou a ocupação efetiva, em detrimento do direito histórico, prejudicando na disputa países como Portugal.
Mapa Cor de Rosa
Projeto português, datado de 1886, que pretendia criar um domínio entre Angola e Moçambique. Esta pretensão colidia com os interesses ingleses na área, que pretendia unir os territórios entre o Cabo e o Cairo. Esta disputa daria origem ao Ultimato Inglês em 1890.
Full transcript