Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Into the Wild

No description
by

chiara vedova

on 27 November 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Into the Wild

A.S Percurso do Pesonagem Into the wild Diferente do resto das pessoas, não entendia a sociedade e abominava a hipocrisia das pessoas
"Coisas, coisas, coisas"
"Sem continuar a ser envenenado pela civilização, ele foge"
inevitavelmente cria laços com algumas pessoas que encontra pelo caminho Aprendizagem do personagem O contato com pessoas diferentes Criação da sua própria identidade;
Necessidade de respeito;
Abrir a mão da sua realidade;
Compreensão de outras culturas;
"Se colocar no lugar do outro" Seminário sobre o filme: Ideais mudam, mas sempre o mesmo objetivo;
Queima (dinheiro), rasga (cartão de crédito), ignora (família) e muda (seu nome) o "seu padrão de sociedade";
Abandona o "American Way of Life";
Experiência com grupos de contracultura;
Novo cotidiano, modo de pensar, agir, refletir; Expectativa sobre a sociedade
Exigências de "participar do mundo afora; D.S Sociedade sem salvação;
"Própria cultura";
Questiona as ações sem motivo: - Desigualdade Social, violência...
Mudança de ideal: ser selvagem; Ingressa na natureza selvagem, sem conversação;
Dificuldade na "passagem para outra realidade";
O ser racional sempre fará parte de nós;
Segue o "trajeto da natureza", evitando ao máximo as criações e invenções do ser humano;
“Felicidade só é verdadeira quando compartilhada”. - humanidade ainda presente no personagem; Ex: Pais do Chris
x
Casal Canyon Guarda do trem; Obstáculos em torno do personagem;
Sedução da garota (Tracy); Preservar sua moralidade, evitar cair em outra entidade;
Conceito de "viver na vida selvagem" x sedução da garota;
Se fosse partir, a garota o prenderia;
"Lealdade" ao seu objetivo; Personagens Contribuem para a criação da identidade cultural do Chris; Desde sua infância presenciou um ambiente familiar conturbado, aonde seus pais viviam brigando e a única pessoa em que realmente confiava era sua irmã. Ele presenciava muitas dessas brigas e percebia cada vez mais os quão banais e falsos eram os motivos, seja discussões por coisas matérias como dinheiro ou por status.
Também teve grande influencia na escola e livros que lia, se baseando em autores como Jack London, Henry David Thoreau e Léon Tostoy, que escreviam sobre a hipocrisia, superficialidades e mentiras das relações da sociedade em que viviam, também falavam do consumo e como alguns meios matérias são totalmente desnecessário e dispensáveis no cotidiano, o que levaria o personagem a se desapegar do dinheiro, carro e documentos durante o filme. {Tracy Trato,garota que se apaixona por Chris} {Um casal hippie, Rainey e Jan} {Ron, um velhinho sozinho no mundo} Continuação... Sua grande meta: era ir para o Alasca
Come uma planta venenosa, que o mata lentamente.
Solidão se vira contra ele "A felicidade só existe quando compartilhada".
A natureza humana é buscar outras pessoas; Alex Chris fugitivo do mundo, perdido na natureza, optava pela solidão; sentimento de solidão se vira contra ele, quer companhia 5. Chris x Holden;
Questionam a sociedade em que vivem;
Hipocrisia;
Chris leva isso para um lado mais radical já Holden faz isso de uma forma mais passiva;
Holden quase toma uma atitude muito parecida a de Chris; 7. Liberdade e autonomia: duas coisas diretamente relacionadas, mas diferentes entre si.
Autonomia: ter a capacidade de agir e decidir de acordo com a sua determinação, mas tendo a capacidade de arcar com as consequências dos seus atos
Liberdade: em seu mais puro sentido, significa a espontaneidade de um sujeito racional, ou seja, ter o direito de agir de acordo com suas ideias.
Nos seus sentidos mais comuns autonomia serve como sinônimo para liberdade
Toda liberdade está diretamente relacionada a responsabilidade
Sociedade controladora
"Somos livres"
Nosso pensamento é construído Society- Eddie Vedder
Full transcript