Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Dietas Hospitalares

No description
by

Daniela Stocher

on 29 October 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Dietas Hospitalares

Hipossódica e Hipocalêmica Dietas Hospitalares Hipossódica Dieta com restrição de sódio.

Restrição leve de sódio (2.400 a 4.500 mg de sódio diário);

Restrição moderada de sódio (até 1.000 mg de sódio diário);

Restrição severa de sódio (500 mg de sódio diário). Hipossódica Indicada para pacientes que apresentam complicações renais (prevenir e controlar o edema generalizado), hipertensão arterial, doenças cardiovasculares, cirrose hepática, em tratamento com cortisona. Hipossódica Alimentos permitidos:

Abacaxi;
Alface;
Banana*;
Ervilha;
Feijão*;
Óleos;
Pimentão. É um mineral importante para o bom funcionamento das células do corpo;

Auxilia no funcionamento adequado dos MÚSCULOS e do CORAÇÃO;

Equilíbrio hídrico;

Estabilização da estrutura do DNA;

Geração de impulsos nervosos;

Processo de crescimento celular, entre outras funções. Hipocalêmica Caracterizada pela baixa quantidade de potássio;

Recomendada para pacientes com um nível elevado de potássio sanguíneo;


Maior indicação: pacientes com insuficiência renal. Potássio Hipocalêmica Alimentos permitidos:
Maçã, caqui, morango, jabuticaba;
Melancia, pêra, pêssego;
Agrião, alface, repolho, rabanete, pimentão. Desjejum 253,1 kcal
Iogurte natural desnatado - 1 Copo Pequeno - 160 ml
Pão de forma (com glúten) - 2 Fatias - 50 g
Pêra, Park, crua - 1 Unidade - 100 g



Almoço 456,82 kcal
Arroz tipo 1 - 1 Escumadeira Média Cheia - 85 g
Lentilha1 - 1 Colher Média Rasa - 100 g
Peito de frango, sem pele, cozido - Porção Média - 85 g
Pimentão vermelho - 1 Unidade Pequena - 40 g
Alface americana crua - 3 Folhas Pequenas - 15 g
Óleo de canola - 1 Colher de Sopa - 8 g
Suco de limão galego - 1 Copo Pequeno - 160 ml Exemplo de Cardápio Alimentos que devem ser evitados:

queijos (muçarela, parmesão, prato, cottage);
mortadela;
salame;
bacon;
maionese, mostarda, ketchup;
margarina c/ e s/ sal;
salsicha;
linguiça suína, linguiça calabresa. Hipossódica Ingestão adequada (AI) = 1,5 g

Ingestão máxima (UL) = 2,3g Sódio * Ricos em potássio! Devem ser evitados nas dietas hipocalêmica e hipossódica quando juntas. Ingestão adequada (AI) = 4,7 g Potássio
Alimentos que devem ser
evitados:
Melão, abacate, kiwi;
Acelga, couve, beterraba;
Feijão, extrato de tomate;
Chocolate;
Caldas de compotas de
frutas; Sucos de frutas concentrados. O tamanho da porção é muito importante. Uma grande quantidade de um alimento pobre em potássio pode se transformar em um alimento rico em potássio. Hipocalêmica No caso da ingestão de um alimento que possua ‘alto’ teor de potássio...






Lixiviação: processo pelo qual um pouco de potássio pode ser puxado para fora do vegetal. Hipocalêmica Dar preferência para frutas e vegetais

COZIDOS! Exemplo de Cardápio Lanche da Tarde 297,13 kcal
Cereal flocos de milho sem sal - 1 Copo Duplo Cheio - 50 g
Leite fermentado - 1 Copo Pequeno - 160 ml

Jantar 272,9 kcal
Nhoc de batata - 1 Escumadeira Média Cheia - 100 g
Queijo minas ralado - Punhado - 25 g
Salsinha - Pitada - 10 g
Chuchu cozido picado - 2 Colheres de Sopa Cheias - 40 g
Cenoura cozida picada - 2 Colheres de Sopa Cheias - 50 g

Ceia 184 kcal
Morango - 5 Unidades Grandes - 100 g Chaiane Quevedo
Daniela Stocher
Lidiane Fagundes
Marina Lompa
Nicolli Cariello Obrigada! PINHEIRO, A. B. V.; LACERDA, E. M. A.; BENZECRY, E. H.; GOMES, M. C. S.; COSTA, V. M. Tabela para avaliação de consumo alimentar em medidas caseiras. 5ª edição. São Paulo: Atheneu, 2008. 131p.

CARUSO, L.; SIMONY, R.; SILVA, A. L. N. D. Dietas Hospitalares: uma abordagem na prática clínica. São Paulo: Atheneu, 2004.

LONGO, E. N.; NAVARO, E. T. Manual Dietoterápico. Artmed, 2002. 342p.

Potassium and your ckd diet. Disponível em: <http://www.kidney.org/atoz/content/potassium.cfm>

DRIs – Dietary Reference Intakes

Slides de Dietas Hospitalares – Nutricionista Daieni Fernandes
Referências
Full transcript