Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Reino de Marrocos

No description
by

camila faccio

on 17 April 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Reino de Marrocos

REINO DE MARROCOS Alice Alves, Aline Pfeiffer, Bárbara Tirloni, Bruna E. da Silva, Camila Faccio, Gabriela Tykalowitz, Jorge Reibnitz, Laura Silva, Pedro da Cunha, Rodrigo Saboya, Thaís Paz. SIEM 2013 Escola Autonomia Oceano Atlântico Argélia Mauritânia Saara Ocidental Mar Mediterrâneo Informações Sociais IDH (2012): 0,591
Mortalidade: 6 por mil
Natalidade: 20 por mil
Expectativa de vida: 72 anos
Alfabetizados: 58%
Fertilidade: 2,1 filhos por mulher
Mortalidade: 4,76 por mil
Crescimento populacional: 1,1% ano
Homicídios: 1,4 por mil Localização: Noroeste da África
Capital: Rabat
Língua Oficial: Árabe
32 milhões de habitantes
446 mil Km² de território
É dividido em 16 estados
Principais cidades: Marrakesh, Casablanca, Rabat, Fez e Salé Índice Gini: 0,409

A pobreza no campo é 3 vezes maior que nas cidades

25% da população corre risco de pobreza extrema
e 15% está abaixo da linha da pobreza MELHOROU NOS ÚLTIMOS 10 ANOS! 9% A condição dos mais pobres Economia Moeda: Dirham marroquino
PIB: 100,2 bilhões de dólares
Renda per Capita: 3.107 dólares
Câmbio (Dh / US$): 8,07
A balança comercial está deficitária
PEA: 51,34% mulheres: 24,64% 1º setor 2º setor 3º setor 17% 32% 51% Nível de urbanização 49% Crescimento de 2,1% ao ano Política Rei Mohammed VI Poder executivo e
forças armadas Nomeia o chefe de governo 1º ministro Abdelilah Benkirane Legislativo Assembléia dos Representantes
Assembléia dos Conselheiros 325 eleitos por votos diretos 210 indicados pelo Rei Mohammed VI Cultura Modernidade & Tradições milenares Música Música Religião Bandeira Pentagrama (selo de salomão) significa saúde, sabedoria e paz O verde significa o islamismo Religião 99,8% de islamicos sunitas que são proibidos de mudar de religião, mas estrangeiros tem liberdade de culto Alá (Deus em árabe) Alcorão é o livro sagrado O Profeta Mohammed
(Maomé no ocidente) Meca é a cidade sagrada Costumes Costumes Divisão da casa entre homens e mulheres na hora do jantar

O homem pode ter 4 esposas

As roupas devem cobrir o corpo, os braços e o rosto (burca)

A carne de carneiro é a mais consumida, junto com o kibe e os pães. Não são utilizados talheres 5 rezas por dia Arte Arquitetura Artesanato Pintura Língua Língua Árabe العربي Francês Espanhol (Saara Ocidental) Berbere 1º Setor: Cultura de trigo, milho, cevada, arroz, cana-de-açúcar e algodão. Exploração mineral de fosfato no Saara Ocidental. 2º Setor: Industria alimentícia, têxtil, de artigos de couro e de adubos. 3º Setor: Turismo Principais parceiros comercias: Portugal, França, Espanha, Estados Unidos e Alemanha. Posição Oficial Reconhecimento de Taiwan na ONU: Marrocos apoia a reinvidicação chinesa sobre Taiwan, pois divide opiniões similares no âmbito internacional e mantêm boas relações diplomaticas com a China. Situação na Síria: O caso de Shakineh Ashtian: Marrocos defende a intervenção na Síria para que ocorra uma transição democrática no país, o quanto antes, evitando uma dizimação de crianças e mulheres O Marrocos não mantêm relações com o Irã devido as divergencias entre os grupos xiitas e sunitas, segundo eles, os xiitas "tentam alterar fundamentos religiosos". No que diz respeito aos direitos humanos, o Marrocos sofre uma série de críticas pela maneira como lida com a situação REFERÊNCIAS: http://goo.gl/inVO6
www.ibge.gov.br
http://goo.gl/HC3xu
http://goo.gl/cHIar
http://www.indexmundi.com/pt/marrocos/
http://www.infoescola.com/musica/musica-arabe/
http://pt.wikipedia.org/wiki/Bandeira_de_Marrocos
http://maroc.costasur.com/pt/arte-cultura.htmlhttp://pt.wikipedia.org/wiki/Marrocos http://www.brasilescola.com/religiao/islamismo.htm
http://www.portalbrasil.net/africa_marrocos.htm Monarquia Parlamentarista Reforma constitucional em 2011
Full transcript