Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

"De tarde" Cesário Verde

No description
by

mexinha 14

on 26 May 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of "De tarde" Cesário Verde

Lisboa, 25 de Fevereiro de 1855
José Anastácio Verde e de Maria da Piedade dos Santos Verde
Curso Superior de Letras em 1873
Lumiar, 19 de Julho de 1886 Análise Naquele pic-nic de burguesas,
Houve uma coisa simplesmente bela,
E que, sem ter história nem grandezas,
Em todo o caso dava uma aguarela. Análise Pouco depois, em cima duns penhascos,
Nós acampámos, inda o Sol se via;
E houve talhadas de melão, damascos,
E pão-de-ló molhado em malvasia. Análise Foi quando tu, descendo do burrico,
Foste colher, sem imposturas tolas,
A um granzoal azul de grão-de-bico
Um ramalhete rubro de papoulas. Análise Mas, todo púrpuro a sair da renda
Dos teus dois seios como duas rolas,
Era o supremo encanto da merenda
O ramalhete rubro das papoulas! Naquele pic-nic de burguesas,
Houve uma coisa simplesmente bela,
E que, sem ter história nem grandezas,
Em todo o caso dava uma aguarela.

Foi quando tu, descendo do burrico,
Foste colher, sem imposturas tolas,
A um granzoal azul de grão-de-bico
Um ramalhete rubro de papoulas.

Pouco depois, em cima duns penhascos,
Nós acampámos, inda o Sol se via;
E houve talhadas de melão, damascos,
E pão-de-ló molhado em malvasia.

Mas, todo púrpuro a sair da renda
Dos teus dois seios como duas rolas,
Era o supremo encanto da merenda
O ramalhete rubro das papoulas! De Tarde Sílabas métricas Versos Decassílabicos Exemplo: Hou/ ve u/ ma/ coi/ sa/ sim/ ples/ men/ te/ be Rima abab Rima cruzada Número de estrofes 4 Quadras Estrutura Externa Estrutura interna Tema: Um pic-nic no campo Divisão: Duas partes:
1ª estrofe
2ª, 3ª e 4ª estrofes Ação: "pic-nic de burguesas"
Figuras: Sujeito poético e uma mulher
Espaço: "penhascos", no campo "Granzoal"
Tempo: Fim de tarde "Inda o sol se via" Passado Caracteristicas Aliteração Anáfora Comparação Aliteração Cesário Verde Sinestesia Cesário Verde Trabalho realizado por:
Cláudia Inácio nº4 Poema:"De Tarde"
Full transcript