Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Seminário, Senso Comum

Seminário da disciplina de Organização do Trabalho Científico
by

Heider Menezes

on 23 April 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Seminário, Senso Comum

Conhecimento Empírico
Conhecimento empírico é uma expressão cujo significado reporta ao conhecimento adquirido através da observação. É uma forma de conhecimento resultante do senso comum, por vezes baseado na experiência, sem necessidade de comprovação científica.
Caráter Imediato
O senso comum se caracteriza muitas vezes por ser extremamente simplista, ou seja, muitas vezes não é fruto de uma reflexão mais cuidadosa. Não se preocupa em definir nada muito bem, não tem, portanto preocupação com a terminologia que emprega.
Gato preto da azar mesmo?
Xiii, vai passar debaixo da escada?
Manga com leite faz mal?
- Considerações Finais -
Perspectiva de Gramsci sobre o Senso Comum
Segundo a o italiano Antonio Gramsci o senso comum é depositário de tesouros de sabedoria. Ele admitia que o senso comum possuía um caroço de "bom senso", a partir do qual poderia desenvolver o espírito crítico. Advertia, contudo, para o risco de uma superestimação do senso comum, cujos horizontes, afinal, são inevitavelmente muito limitados. O senso comum é, em si mesmo, difuso e incoerente. A percepção da realidade, no âmbito desse campo visual estreito, não poderia deixar de ser - de acordo com o teórico italiano - drasticamente empírica, restrita à compreensão imediata, superficial.
Antonio Gramsci (1891 - 1937 )
Caráter Acrítico
Outra característica é o fato de ele ser, muitas vezes, uma forma de conhecimento acrítico, ou seja, não estabelece uma visão do que vê, não questiona o que é dito.
Caráter Ametódico
O senso comum não tem método, ou seja, é um saber que não segue nenhum conjunto de regras formais. Os indivíduos adquirem-no sem esforço e sem estudo. O senso comum é um saber que nasce da sedimentação casual da experiência captada ao nível da experiência quotidiana (por isso se diz que o senso comum é sincrético).
O que é SUPERSTIÇÃO?
Trata-se de uma espécie de crendice popular que não possui explicação científica. As superstições são criadas pelo povo. Por desconhecer as causas e efeitos de determinados fenômenos científicos, muitas pessoas atribuem explicações sem sentido racional e, portanto, falsos. As supertições podem, muitas vezes, atrapalhar a vida das pessoas. Podemos citar como exemplo o caso de uma pessoa que deixa de fazer determinadas coisas num dia de sexta-feira 13. Não há nenhuma explicação científica que prevê que este dia atrai azar, porém muitos indivíduos acreditam nisso como se fosse uma verdade.
Entendendo o SENSO COMUM
Caráter Subjetivo
O senso comum é subjetivo: cada indivíduo vê o mundo à sua maneira, formando as suas opiniões, sem a preocupação de testá-las ou de fundamentá-las num exame isento e crítico da realidade.
Referências: GRAMSCI, Antonio. Quaderni del Carcere. Edição crítica do Instituto Gramsci, org. Valentino Gerratana. Turim: Einaudi, 1977.
Referências: http://www.significados.com.br/conhecimento-empirico/
Referências: http://ckristinah.blogspot.com.br/2010/01/o-que-e-o-senso-comum.html
Referências: http://supersticoess.blogspot.com.br/2011_05_01_archive.html
Visão de Thomas Reid acerca do Senso Comum
Caráter Utilitário/Prático
Referências: http://ckristinah.blogspot.com.br/2010/01/o-que-e-o-senso-comum.html
O senso comum nasce da prática quotidiana e está totalmente orientado para o desempenho das tarefas da vida quotidiana, por isso as informações que o compõem são o mais simples e diretas possível.
Caráter Assistemático
O senso comum não é estruturado racionalmente, tanto ao nível da sua aquisição, como ao nível da sua construção, não existe um plano ou um projeto racional que lhe dê coerência.
Referências: http://ckristinah.blogspot.com.br/2010/01/o-que-e-o-senso-comum.html
Caráter Aparente ou Ilusório
Como não há a preocupação de procurar erros, o senso comum é um conhecimento que se contenta com as aparências, formando por isso, uma representação ilusória, deturpada e falsa, da realidade.
Referências: http://ckristinah.blogspot.com.br/2010/01/o-que-e-o-senso-comum.html
Thomas Reid (1710 - 1796)
O defensor original do raciocínio de senso comum foi o filósofo escocês Thomas Reid, nascido em Kincardine em 1710. Em Aberdeen, e mais tarde na
Universidade de Glasgow
, o talento nada óbvio de Reid para ensinar deu origem à escola filosófica do
senso comum
. Reid costumava pedir a seus alunos que recorressem aos seus instintos ao discutir a verdade. Sobre as crenças de senso comum, afirmava que, são aquelas de que não podemos abrir mão em virtude de nossa natureza como seres humanos (ou, nos termos de hoje, aquelas que somos neurologicamente constituídos para aceitar). Embora as pessoas possam contradizer suas intuições, ele admitia, não o podem fazer sem sofrer uma perturbação psicológica.
http://josemardiversos.blogspot.com.br/2006/07/o-senso-comum-de-reid-filosofia-do.html
~ Senso Comum ~
Caráter Ignorante e Preconceituoso
Referências: http://ckristinah.blogspot.com.br/2010/01/o-que-e-o-senso-comum.html -
ADAPTADO
O senso comum tende muitas vezes a ser repleto de preconceitos e ignorância. O preconceito é o conceituar antecipadamente, ou seja, é a atitude de achar que já se sabe, sem conhecer algo de verdade, pois usa explicações prontas que estão repletas de juízos de valor quase sempre ignorantes (comentários resultantes da falta de informação). Portanto, a atitude preconceituosa com relação à realidade e a tudo o que a cerca é aquela da pessoa que julga sem conhecer, com base no que acredita que é ou no que deva ser.
E agora ??
Full transcript