Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

SOX- o UNIX-compatível da Cobra

SOX a serviço do discurso de autonomia tecnológica
by

Marcia Cardoso

on 25 October 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of SOX- o UNIX-compatível da Cobra

a serviço do discurso de autonomia tecnológica
SOX - um UNIX-compatível
Concluindo
Encontrar transversalidade e similaridade
- confirmar a existência de fragmentos em discursos mais atuais - como o de inovação tecnológica.
Discurso de autonomia tecnológica e discurso de inovação tecnológica
- a força dos discursos -fragmentos
Desvelando o crime de Prometeu
Os interesses do
desenvolvimento
(Dados e Idéias. Outubro. 1983. Ano 8. no. 65. pág. 65.)
Variedades de
nacionalismo:
a política da indústria brasileira de computadores. (Peter Evans in Dados e Idéias. Janeiro 1986. Ano 10. no. 92 pág. 64)
O Sox atenderá melhor à busca de
autonomia
e
capacitação
nacional no setor. (Entrevista com Ivan da Costa Marques in. Magalhães, Heloísa; Souza, Rozane. Novembro de 1986. Ano 11. No. 102. pág. 30)
Estabelecendo um lugar de fala
Fragmentos de discursos - nacionalismo, desenvolvimento
Fragmentos de discursos - nacionalismo, desenvolvimento
Gestão de Getúlio Vargas de 1951-1954
Cepal - Comissão Econômica Para a América Latina
ISEB - Instituto Superior de Estudos Brasileiros
Fragmentos de discursos - nacionalismo e desenvolvimento
- heterogeneidade;

- capacitação e projeto de desenvolvimento; repensar o Brasil em termos brasileiros;

- criação de empresas estatais - controle estatal; ex: Petrobrás

- limitação de atividades de capital estrangeiro;

- aparelhamento do Estado com a criação de órgãos setoriais - ex: Comissão de Desenvolvimento Industrial (CDI), da Comissão Nacional de Política Agrária (CNPA), ISEB.
Estes fragmentos podem ser percebidos no discurso de autonomia tecnológica
- heterogeneidade;

- preocupação com capacitação;

- criação de órgão do Estado (Capre);

- projeto para desenvolvimento (foco = informática);

- uso do tripé ;

- nacionalização da indústria - empresa nacional e reserva de mercado como suporte (repensar o Brasil em termos brasileiros);
Edwards (1996, p. 15) - para o discurso virar fato necessita: experiências anteriores, linguagem , metáforas, pessoal capacitado ....
Cobra - como suporte, tem o papel de defender a indústria nacional e a tecnologia nacional.
COBRA
SOX
Alguns vestígios: preocupação com o desenvolvimento tecnológico; relação entre universidades e indústria; incentivos do Estado - Tripé; capacitação (conhecimento local) - configuradas para sustentar o discurso
Transversalidade e similaridade
Discurso de autonomia tecnológica e discurso de inovação tecnológica
Importante: busca-se encontrar transversalidade e similaridade
Transversalidade e similaridade
Discursos de autonomia tecnológica e de inovação tecnológica

- Nestes estudos, a SOFTEX identifica suportes de discursos anteriores: tem a reserva de mercado como facilitadora para o aparecimento da indústria de software. - principalmente por conta da customização para o setor financeiro
Transversalidade e similaridade
O discurso de inovação tecnológica
deve investir na produção local. (com desenvolvimento local)
Fragmentos do discurso de autonomia tecnológica - e o SOX
Transversalidade e Similaridade
- Pode ser considerado uma inovação tecnológica nos termos da Lei de Inovação 10.973 de 2004.

- Poderia estar na lista de S.O. de código aberto, em uso.

- Programação colaborativa

- Certificação e Padronização - preocupação também vista no Portal de Software Público.
Estudo de caso - SOX
Entender a construção do SOX - Alinhamento com o discurso - linguagem, suporte
o caminho de desenvolvimento de um novo computador na Cobra passaria obrigatoriamente pelo desenvolvimento de um sistema operacional, que permitisse capacitar, qualificar e dar autonomia [...] aos profissionais brasileiros.
dar historicidade ao artefato
Estudar o SOX permite mostrar que soluções locais podem ser possíveis - fortalecer o discurso de inovação tecnológica
A construção do SOX no discurso de autonomia tecnológica
Alinhando a linguagem e fazendo relação com o discurso de inovação tecnológica
Início do seu desenvolvimento: 1983
Término: 1992 (?)
Papel da imprensa: Alguns textos mostravam que o discurso não era tão robusto para o SOX.
- Divulgam informações sobre possível privatização da Cobra;
- O sistema operacional só é referenciado em 1985;
- Debates sobre a adoção do UNIX que durou toda a década de 1980.
SOX - discurso de autonomia tecnológica suportado por linguagens
- a entrada de Ivan Marques na Cobra - entrevistas;
A inovação tecnológica SOX no discurso de autonomia tecnológica
Como projeto da empresa, as 49 mil linhas de código do SOX haviam envolvido cerca de 80 pessoas e consumido algo em torno de US$20 milhões (DANTAS, 1989).
Na corda bamba
-
E quando os discursos enfraquecem – o caso SOX
Dicotomias - A defesa da PNI contra as acusações de irracionalidade
Similaridades – discursos independentes, linguagens similares
Encontrando novos fragmentos – um novo olhar sobre o SOX
E quando os discursos enfraquecem – o caso SOX

- Dantas (1995), “talvez um dos maiores equívocos cometidos pelos formuladores da PNI tenha sido sempre visualizá-la de
dentro para dentro
do círculo técnico-profissional que a implementou, raramente situando-a em seu contexto social e histórico mais amplo"

- sugere falta de circulação (fluxo) - a escassez de leituras sobre o sistema em 1992 estaria de acordo com a perda dos suportes da própria PNI no discurso de autonomia tecnológica.
- os discursos procuram alistar o maior número de atores relevantes, de forma a se fortalecer e tornar-se a única opção.
Dicotomias - A defesa da PNI contra as acusações de irracionalidade
Análise das reportagens dos jornais e revistas especializados - são ferramentas utilizadas pelos discursos em um duelo de acusações e defesas - discursos valiam-se de relatórios, tabelas e índices, instituições, metáforas, linguagens...
Similaridades – discursos independentes, linguagens similares
- Encontrou-se uma linguagem dedicada (autonomia, capacitação, dependência)(pág. 154) - a linguagem também foi um fragmento, tanto quanto Instituições, metáforas, etc.
A utilização de uma linguagem como ferramenta do discurso serve como balizadora de uma cultura, criando a "camada de fora" que realimenta o discurso, mantendo atores interessados, ajudando no trabalho de convencimento.

Se há uma desqualificação da linguagem, pode enfraquecer os demais suportes - cessa a circulação.
Encontrando novos fragmentos – um novo olhar sobre o SOX
- o SOX ressoou como a capacidade de fazer um S.O. independente, confirmando os objetivos da PNI de capacitação. (pág. 160)

- Eco intenso - a equipe foi contratada por multinacionais.
Encontrando novos fragmentos – um novo olhar sobre o SOX
“os povos que se privarem de toda margem de ação para construir o próprio destino –para romper a cadeia de forças que moldaram o seu passado - não tem propriamente história”. (FURTADO 1991).
Sugestões de continuidade
1) Investigar participação das Instituições de Ensino como suportes do discurso de autonomia tecnológica - historicidade de objetos ( ex: PLURIX).
2) investigar envolvimento da classe trabalhadora no contexto da PNI no Brasil; as oportunidades de emprego na área no período pós-1990 - abrir uma controvérsia em relação ao discurso atualmente hegemônico (liberal e globalizado).
Buscava-se estabelecer um enquadramento - sempre ciente de que os atores do processo não agem isoladamente, mas dentro de grupos - interesses em comum. (pág 4) .
Para colaborar neste estabelecimento de um lugar de fala de um artefato de informática, veio a ideia de utilizar a noção de discurso de Edwards
Campanha O petróleo é nosso - nacionalização
Estudos para um desenvolvimento na Am. Lat.
Estudos por um projeto nacional.
Indentificou-se, em um um mais discursos as mesmas características - fragmentos para outros discursos
Um suporte para um discurso de autonomia tecnológica em software.
- foi no cenário de um discurso de autonomia tecnológica, também para o software, que se permitiu a construção deste sistema operacional, que se supôs poder dar suporte ao enquadramento de desenvolvimento nacional que se almejava.
Discurso de autonomia tecnológica
Chama a época da PNI de herança cultural. (pág 56)
Neste sentido, o software livre pode ser um suporte do discurso, principalmente pela possibilidade de trabalho colaborativo e tempo de resposta à mudanças menor (necessários para manter aliados interessados).
Alguns pontos interessantes:
Estabelecendo um lugar de fala
Convoca o
trabalho
de engenheiros e técnicos ... (Dantas, Marcos. Desenvolver, desenvolvemos. mas, o futuro... Mundo Unix. junho/89. Ano 1. número 3. p 4.
Desvelando o crime de Prometeu
... menos remessa de dólares para o exterior e mais
empregos
qualificados (Faller, Newton. O equívoco da liberação do Unix em 1989. Mundo Unix. abril/89. Ano 1. número 1. p 27).
Cultura
Unix já ganha espaço (Dados e Idéias no. 133, julho 1989. p. 15)
Discurso
is a self-elaborating "heterogeneous ensemble" that combines techniques and technologies, metaphors, language, practives, and
fragments
of other discourses around a support or supports. It produces both power and knowledge: individual and institucional behavior, facts, logic, and the authority that reinforce it. (EDWARDS, 1996, p. 40).

- ele utiliza esta definição para descrever uma história da informática dos EUA (discurso de mundo fechado, na Guerra Fria)
Certeau (1982, p. 56) - combinar lugar social e uma escrita capaz de delinear um enquadramento
Estabelecendo um lugar de fala
Estabelecendo um lugar de fala
E reforçando a ideia de heterogeneidade, também utilizou-se a ideia de que se deve tratar as relações como efeito de redes (LAW, 1992).
A ideia é mostrar que, como um objeto determinante e determinado em uma rede constituída no discurso de autonomia tecnológica, dar historicidade ao SOX pode elucidar algumas tramas do movimento por uma informática brasileira. (pág 8)
- o Brasil já utilizou discursos com ações que levavam a um projeto de desenvolvimento próprio.
- Para trabalhar com a noção de fragmentos de discursos anteriores (Edwards) - foi detectado no discurso de autonomia tecnológica uma linguagem que lembrava outros discursos
Poderia ter utilizado obém: ex: outros momentos também - ex: EMBRAER, Siderurgia, ...
- linguagem própria (desenvolvimento e nacionalismo);

- utilização tripé (Estado, empresa, Instituições de ensino e pesquisa) como suporte;

- preocupação com a industrialização brasileira;

- funcionamento simultâneo com discursos contrários - tiveram problemas com o discurso liberal + ditaduras - GOLPE de 64.
Fragmentos de discursos - nacionalismo e desenvolvimento
COBRA
Como identificar este papel?

- na materialidade - Propagandas divulgadas pela empresa
(exalta o uso da língua materna, respondendo à acusação de reinvenção da roda; apresenta fatos de sucesso- capacitação e autonomia; se compara à Petrobras - nacionalismo.)

- Propagandas são divulgadas nos livros sobre a Cobra (ex: Rodrigues (1984).)
Um possível enquadramento -PNI
Um possível enquadramento
um possível enquadramento
Olhando para a história do SOX, pode-se dizer:
SOX
O SOX pode ser um instrumento para identificar as relações entre instituições, política, economia, cultura e aliados da época ( já que é um suporte do discurso)
Ao mesmo tempo, o SOX pode ser um instrumento para identificar fragmentos que persistem em novos discursos, como o de inovação tecnológica. (já que pode ser um fragmento). (pág 40)
Discurso de autonomia tecnológica e discurso de inovação tecnológica
Encontrar transversalidade e similaridade - confirmar a existência de fragmentos em discursos mais atuais.
- pode-se perceber que se mantiveram alguns fragmentos
Houve mudanças:

- Foco saiu do hardware e foi para o software e serviços;

- Conceito de empresa nacional;
- Estabelecimento do Tripé
- Criação de Associações - Softex
Encontrar transversalidade e similaridade - confirmar a existência de fragmentos em discursos mais atuais.
Discurso de autonomia tecnológica e discurso de inovação tecnológica
- Softex - realiza estudos sobre o mercado de software e faz análises sobre a atuação do tripé;
- O discurso de inovação tecnológica também possui :
- Linguagem : economia para o país, sustentabilidade, inovação, capacitação
- aliados: software livre e Linux
- materialidade : exemplificação pelo Portal de Software Público
http://www.softwarepublico.gov.br/
Até aqui: enquadramento - redução até o SOX



O próximo passo seria obter indicadores da utilização de fragmentos dos discursos que se relacionam com o SOX.

E estes passam pelo Software.
Porta-Vozes do SOX
Entrevistas com os atores do processo - valorizando memória e experiência individual.

Documentos fornecidos pelos atores - muito material foi jogado fora

Livros e artigos sobre a PNI
Revistas e Jornais especializados na época. http://sox-4s.pbworks.com
Ao mesmo tempo, faz-se um resgate do objeto - a memória não precisa desaparecer.
UNIX
- Os suportes se unem e vão em busca do UNIX - Abicomp, SEI, Cobra ....

- Evidencia uma divisão no interior da Cobra (ida à AT&T).
alguns grupos são acusados de xiitismo - contra a trazer de fora; outros desejavam colocar o produto no mercado, não importava como.

- Observa-se uma proliferação deste sistema em setores não atingidos pela reserva (ou não contemplados).
- o SOX se fortalece como um suporte do discurso de autonomia tecnológica:
- preocupação em ser um diferencial no mercado
- placa-SOX para introduzir o sistema no mercado;

- ferramentas antes de comercializar - aliança com a Assespro;
Em 1986, o SOX ainda não estava pronto.
Examinando as reportagens da época: (1986 - ...)
- Verifica-se que o discurso contrário torna-se cada vez mais robusto - havia aliados em instituições, no governo para os dois discursos;

- Nota-se que o governo cede às pressões e libera a criação de joint ventures para a produção de software.
- o cenário que se apresentava fortalecia as pressões para que a SEI liberasse o licenciamento do UNIX.
A Cobra procura na certificação do SOX uma forma de legitimá-lo enquanto um UNIX-compatível; - No total, foram aplicados cerca de 4000 testes de verificação sem nenhuma falha ( FALLER, 1989a).
Ex de linguagem: - Manifesto dos cinco - “alternativa tupiniquim” e o desenvolvimento é “conquista acadêmica” (pág 129) - o desenvolvimento acadêmico é desprezado como uma produção para o mercado.
Enfraquecimento do discurso
- fortalecimento de uma nova linguagem - embasam mudanças na PNI;
- Suportes do discurso também mudam - defendem entrada de empresas estrangeiras
EX:
Defensores eram Comunistas
Defensores se associaram aos militares
O trabalho produziu efeitos:
- aparecimento de documentos - relatório de viagem, manual para portar o SOX, etc
- um novo coletivo em torno do SOX, ocasionando, também, a criação de um sítio “dedicado a todos desenvolvedores de software que seguiram seus sonhos" - http://soxanatomy.blogspot.com
- transversalidade - indica a existência de grupos preocupados com o desenvolvimento autônomo.
Full transcript