Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

A dopagem e os riscos de vida e de saúde

No description
by

Rita Bento

on 9 October 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A dopagem e os riscos de vida e de saúde

Introdução
Definir e explicar em que consiste a prática do doping;
Doping, o que é?
É o uso de drogas ou de outras substâncias que aumentam as capacidades físicas dos atletas desportivos.
Doping: drogas e métodos
Existem inúmeras maneiras de aumentar as várias capacidades físicas humanas, dependendo do desporto em causa.
A dopagem e os riscos de vida e de saúde.
Os vários métodos, técnicas e drogas usadas, explicando o que fazem;
Que capacidades físicas é que melhoram;
Quais os problemas que podem provocar na saúde dos desportistas.
Pode ser também o uso de certas técnicas ou métodos que alteram o estado físico do desportista para aumentar o seu rendimento desportivo.
A prática deste tipo de atividade já é bastante antiga.
1960- Iniciou a era moderna do doping, quando o ciclista dinamarquês Knut Jensen morreu durante uma das mais importantes provas de ciclismo do mundo em Itália.
Desde aí o comité olímpico internacional decidiu adotar medidas antidoping em todas as provas oficiais e principalmente nos Jogos Olímpicos
- Esteróides anabolizantes
- Estimulantes
- Analgésicos
- Beta-bloqueantes
- Hormonas peptídicas
- Diuréticos
- Beta-agonistas
Esteróides anabolizantes
Os esteróides anabolizantes são as drogas mais utilizadas no desporto de alta competição, especialmente nos desportos que necessitam grande força física e consequentemente, grande força muscular.
Os esteróides existem naturalmente no nosso organismo, principalmente nos homens. Um dos exemplos mais comuns é a testosterona, a principal hormona esteróide masculina e que existe em ambos os sexos mas que apresenta concentrações 20 vezes mais elevadas nos homens do que nas mulheres.
Estas hormonas possuem basicamente 2 funções no organismo: a função androgénica e a função anabolizante.
Estimulantes
Estimulantes são substâncias que estimulam e aceleram a actividade cerebral, o que faz com que a resposta nervosa seja mais rápida, aumento a actividade dos atletas e diminuindo o seu cansaço.
Analgésicos
São drogas calmantes muito frequentemente usadas em quase todos os desportos fisicamente exigentes e que visam diminuir a dor.
Podem ter como efeito, por exemplo, reduzir a dor de certas lesões, fazendo assim com que o atleta aguente mais tempo e que aguente mais dor, aumentando a sua resistência.
Exemplos:
Doping: correto ou incorreto?
O doping visa apenas o resultado, ignorando completamente a ética do desporto.
O doping vai contra a máxima do desporto que é ''o mais importante é participar, não é ganhar''.
E quase todas as técnicas dopantes apresentam perigos para saúde humana.
O doping é uma prática altamente perigosa.
Casos práticos:
Por volta do século VIII a.C. os atletas olímpicos da Grécia comiam testículos de carneiro, fontes de testosterona. Por volta de III a.C. sabe-se que também já tomavam cogumelos alucinógenos, que possuem propriedades estimulantes.
Em 1904 Thomas Hicks ganhou a maratona de St. Louis depois de tomar conhaque e estricnina.
Em 1967 Tom Simpson desmaiou durante a volta França, morrendo antes de chegar ao hospital de helicóptero. Foram encontrados 2 tubos de anfetaminas cheios mais um vazio no seu fato de treino
Roberto Heras, vencedor da Volta a Espanha em 2005, perdeu o seu título e foi suspenso por 2 anos depois de acusar EPO.
Em 2006 alguns companheiros de Lance Armstrong, vencedor 7 vezes consecutivo da Volta à França, admitiram tomar EPO. Depois disso houve várias acusações a Armstrong, nomeadamente pelo facto de ele ter usado o pretexto do cancro nos testículos para tomar ou encobrir drogas ilegais.
Bibliografia
Textos:
http://www.notapositiva.com/trab_estudantes/trab_estudantes/educfisica/educfisica_trabalhos/doping.htm
http://www.saudenarede.com.br/?p=av&id=Doping
http://www.omundodacorrida.com/epo.htm
Rita Bento
BETA-BLOQUEANTES
- Os beta-bloqueantes são utilizados no desporto de uma forma semelhante aos analgésicos pois também eles ajudam a combater o nervosismo, o stress e a ansiedade.
- Estas drogas actuam nomeadamente no coração, diminuindo o ritmo cardíaco.
- Pode também provocar asma, hipoglicémia (falta de glicose no sangue), insónias e impotência sexual.
Hormonas Peptídicas
- Uma delas é a fixação peptídica, isto é, estas hormonas ajudam os músculos nas suas reacções anabólicas, ajudando a fixar os aminoácidos necessários para a construção destes.
- As hormonas peptídicas possuem diversas funções.
Existem vários tipos de hormonas peptídicas, e com diversas funções:
- A eritropoietina, também denominada de EPO. Esta hormona, que existe no nosso organismo, estimula a produção de glóbulos vermelhos, aumentando assim a resistência do atleta.
- A HCG, uma hormona produzida pelo feto durante a gravidez, é também usada pelos homens para aumentar a produção de esteróides no organismo.
- HC, hormona do crescimento, hormona essa que tal como o nome indica é produzida em grande quantidade durante a puberdade e permite o crescimento dos indivíduos, é também usada na construção e recuperação de tecidos musculares.
- LH, hormona que existe naturalmente no nosso organismo, é usada para estimular a produção de testosterona nos testículos.
Diuréticos
- Este tipo de substâncias tem como função aumentar a quantidade de urina produzida, o que leva a alterações no controlo desta.
- Ao aumentar a quantidade de urina, as concentrações de substâncias dopantes vão diminuir, não podendo por isso serem consideradas dopantes abaixo de certos níveis.
- Além desta função, os diuréticos são também usados para perda de peso, nomeadamente em desportos divididos por categorias de peso.
Beta-agonistas
- Os beta-agonistas são drogas que se destinam a aumentar a massa muscular e diminuir a massa gorda. Uma droga muito conhecida é a adrenalina, que existe naturalmente no nosso organismo e que é libertada quando estamos sujeitos a situações de grande tensão
- Esta droga é conhecido pela sua capacidade de controlar a distribuição de fibras musculares e de aumentar o ritmo cardíaco, aumentando o fluxo de sangue para músculos e cérebro.
-Como efeitos secundários prejudiciais temos o aparecimento de insónias, agressividade, tremores e náuseas, falta de concentração, distúrbios psíquicos, aumento da pressão arterial, problemas cardiovasculares
Full transcript