Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Adam Smith

No description
by

Priscila Amorim

on 29 October 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Adam Smith

Adam Smith
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAS APLICADAS
DEPARTAMENTO DE DIREITO
CURSO: Direito TURMA: 2013.1
DISCIPLINA: Economia Política
DOCENTE: Antônio Alberto Cortez
COMPONENTES:

Larissa Nascimento
Priscila Amorim
Rafael Gomes Sara Oliveira
Thaylson Rodrigues
Valéria Romão
ROTEIRO DE APRESENTAÇÃO
1. Breve histórico
a. A vida de Adam Smith e sua produção intelectual
2. Principais obras
a. Teoria dos sentimentos morais (1759)
b. A Riqueza das Nações (1776)
3. Enfoque econômico: “A Riqueza das Nações”
a. O contexto histórico da Europa
b. Circunstâncias da divisão do trabalho
c. As leis do mercado
d. O “laissez-faire"
e. O Monopólio e a Concorrência
f. A relação preço-lucro-produção
g. A questão do Custo
h. A questão do Valor
i. As empresas anônimas
j. O homem econômico
4. Adam Smith e o mundo moderno
1723-1790
PRINCIPAIS OBRAS
“A Riqueza das Nações”
O CONTEXTO HISTÓRICO DA EUROPA
Enfoque econômico
A RELAÇÃO LUCRO-PREÇO-PRODUÇÃO
AS LEIS DO MERCADO
CIRCUNSTÂNCIAS DA DIVISÃO DO TRABALHO
A QUESTÃO DO VALOR
O HOMEM ECONÔMICO
AS EMPRESAS ANÔNIMAS
A QUESTÃO DO CUSTO
O MONOPÓLIO E A CONCORRÊNCIA
ADAM SMITH E O MUNDO MODERNO
REFERÊNCIAS CONSULTADAS
Mercantilismo



Iluminismo


O LAISSEX-FAIRE
"deixa fazer, deixa passar”

Intervenção nos mecanismos do mercado
Menor intervenção estatal;
Defesa social
Manutenção da lei e da ordem
Bens públicos
“O verdadeiro valor das coisas é o esforço e o problema de as adquirir.” (Adam Smith)

$
Refletido
no preço
Valor de troca
Valor de uso
Paradoxo econômico
A Riqueza das Nações (1776)
Teoria dos sentimentos morais (1759)
Publicado em 1759, o conteúdo e sua problemática despertaram amplo interesse. O livro consiste em um estudo relacionado à origem da aprovação e da desaprovação moral, pautando-se no fato de que o homem, apesar de ser egoísta, ao colocar-se como um “observador imparcial”, pode fazer julgamentos morais e deste modo conceber uma noção complacente das relações sociais.
Foi publicado em 1776, e mesmo não sendo estritamente original, por trabalhar ideias já discutidas por outros observadores, é uma obra-prima. É um tratado que explica como funcionava o sistema das sociedades comerciais de “perfeita liberdade”. Tem como proposição fundamental o fato do homem ser conduzido por uma mão invisível a atingir um fim que inicialmente não era a sua intenção, fazendo com que os seus interesses particulares se orientassem a favor de toda a sociedade.
O aumento da destreza dos trabalhadores na realização da tarefa;

A economia do tempo despendido na produção;

A invenção de máquinas que facilitam e abreviam o trabalho.

Contato com o pensamento econômico de François Quesnay: FISIOCRACIA: A riqueza se origina da produção espalha-se através da transferência mão à mão (circulação)

O trabalho e não a natureza era a fonte de “valia”;

Objetivo: Promoção da riqueza pela nação inteira – Riqueza = mercadoria que todas as pessoas da sociedade consomem (democracia);

Aumento do preço acima do custo de produção – LUCRO EXTRA;

Exclusão do mercado pelos concorrentes que vendem mais barato;

Atenção dos produtores as exigências da sociedade – QUANTIDADE DE MERCADORIAS PRODUZIDAS;

INTERESSE PRÓPRIO X COMPETIÇÃO;

Mercado regula os PREÇOS, a QUANTIDADE DE MERCADORIAS e os RENDIMENTOS de cada um envolvidos na produção.

PROCESSO REGIDO PELA DEMANDA. ENVOLVE SALÁRIOS E TRABALHADORES, OS QUAIS NÃO ESTÃO SENDO ALVO NESSE PONTO

PREÇO

PREÇO

LUCRO (a curto prazo)

PRODUÇÃO

LUCRO (a curto prazo)

Sistema auto-regulador do mecanismo de mercado – A produção os preços e a remuneração devem manter níveis socialmente organizados.

O MUNDO DE ADAM SMITH x MUNDO ATUAL

Produção oriunda da divisão e da especialização do trabalho

PRODUÇÃO

O que é?

“Administradores do dinheiro alheio, e não de seu próprio dinheiro”

“Negligência e prodigalidade sempre haverão”

Propriedade ≠ Controle



Dispersão de conhecimentos entre as pessoas na organização gera custos para operar uma hierarquia.
• Alterações na paisagem e emprego de mão de obra infantil;
• Divisão e especialização do trabalho; 
• Aumento da produtividade;
• Ascenção industrial e formação de fortuna.

Uma imagem clássica para o fundador da Escola Clássica.

• Máxima satisfação com mínimo sacrifício
• A obtenção de bens como meta maior;
• Pressuposto do processo mercantil.

SMITH, A. A. Riqueza das nações - investigação sobre sua natureza e suas causas. São Paulo: Abril Cultural, 1983.

HEILBRONER, Robert. A História do Pensamento Econômico. São Paulo, SP: Nova Cultural, 1996.

HEIMANN, Eduardo. História das doutrinas econômicas. Zahar Editores: Rio de Janeiro,. Waltensir Dutra (trad.) 1976.
BREVE HISTÓRICO

Vida e obra de Adam Smith

Nasceu em 1723, na cidade de Kirkcaldy, Condado de Fife, na Escócia;

Aos 17 anos ganhou uma bolsa de estudos em Oxford;

Em 1751 a Universidade de Glasgow lhe ofereceu a Cátedra de Lógica e posteriormente a de Filosofia Moral;

Teve seu livro Teoria dos Sentimentos Morais publicado em 1759;

No ano de 1764 tornou-se tutor do filho da condessa de Dalkeith e deu início a elaboração de um tratado de economia política, A Riqueza das Nações;

A Riqueza das Nações foi lançado no ano de 1776;
BREVE HISTÓRICO


Em 1778, Adam foi designado ao cargo de Comissário dos Costumes de Edimburgo;

Morreu em 17 de julho de 1790.
Leis basicamente simples, são essenciais para que se entenda o mundo de Adam Smith.

São apenas a descrição do comportamento que dá à sociedade a sua natureza coesiva.

Duas são as leis que influenciam o mercado:

- Lei da Acumulação

- Lei da População
O inimigo do sistema é o monopólio sob qualquer forma;

A “febre de lucros”, como cita, contraria o interesse público pelo fato de visar sempre o monopólio, uma “cobiça infame”;

A concorrência como reguladora;

A oncorrência como instituição providencial ou em certo sentido “natural”.
Adam Smith e a paternidade;

A influência no capitalismo e nos métodos de produção;

A competitividade e a riqueza;

O dinâmico "ciclo comercial";

Os economistas de hoje ainda são seus alunos?
CUSTO
PREÇO
O Custo e a posição natural do preço;

Influência de Cantilllon;
CUSTO
LUCRO
PREJUÍZO
O monópolio e o custo;

O quanto realmente custa?
A riqueza de uma nação se mede pela riqueza do povo e não pela riqueza dos príncipes.
Full transcript