Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Avaliação de Aprendizagem-Práticas de Mudança:Por uma Práxis

No description
by

José Chiarelle

on 8 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Avaliação de Aprendizagem-Práticas de Mudança:Por uma Práxis

Vasconcellos,celso dos Santos.Avaliação de Aprendizagem-Práticas de Mudança:Por uma Práxis Transformadora
Introdução
Avaliação, para asumir carater transformador e não apenas constatação e classificação, necessita estar comprometido com aprendizagem e com o desenvolvimento da totalidade dos alunos. Uma verdadeira avaliação necessita passar por mudança de paradigma, visão de mundo, valores e não apenas mudanças técnicas .
Cap.1- Avaliação como Compromisso com a Aprendizagem de Todos-Por uma nova Intencionalidade.
Muitas tem sido as tentativas de mudanças de avaliação.No entanto,muda-se,e não se consegue transformá-la a prática. Onde estaria o núcleo do problema da avaliação?
-No seu conteúdo(abrangência?)
-Na sua forma(exigência quantitativa ?)
-Na sua intencionalidade(finalidade,objetivo?)
-Nas suas relações(afetiva com o aluno?)
2-Conteúdo e Forma de Avaliação
É evidente que o aluno deve ser avaliado,mas é fundamental avaliar também a prática do professor,a participação da comunidade,as condições de trabalho,ou seja,tudo aquilo que está envolvido ou que interfere no processo de ensino-aprendizagem.
Qual deve ser o conteúdo na avaliação da aprendizagem?
Podemos subdividir a avaliação do discente em duas grandes dimensões:a cognitiva e a sócio-afetiva (ou atitudinal)

-Cognitiva diz respeito áquilo que é solicitado do aluno em termos de conhecimento.
-Sócio-afetiva podemos atender aquela relativa a aspectos como interesse,responsabilidade,comportamento,disciplina,etc.
Para que todas essas questões possam ser respondidas,é necessário a concretização de uma nova intencionalidade é,a nosso ver,o maior desafio contemporâneo da avaliação da aprendizagem.É preciso ousar,investigar,procurar caminhos para assegurar a aprendizagem.
Capítulo 3-Avaliação e Vinculo Pedagógico
O grande desafio pedagógico em sala de aula é a questão da formação humana através do trabalho com o conhecimento baseado no relacionamento interpessoal e na organização da coletividade.
É necessário reconhecer que,no contexto da escola brasileira contemporânea,está muito difícil ser professor.Pois nesse sentido a avaliação tradicional tende a ser uma forma de alívio.
Relação Avaliação-Vínculo Pedagógico
O que colocar no lugar da pressão da nota? Duas perspectivas são fundamentais:
-O sentido para o estudo,para o trabalho pedagógico.
-A forma adequada para o trabalho em sala de aula( que implica tanto em fatores pedagógicos como conteúdo e metodologia, quanto fatores objetivos como números de alunos em sala e material pedagógico.
A transformação na avaliação não se restringe a um esforço isolado do professor,mas é fruto de um trabalho coletivo.
Mudar a avaliação
Capítulo 4-Avaliação e Mudanças Institucionais e Sociais
Conclusão
O ser humano gosta de desafios (problema,contradição,consciência da incompletude,
busca de ser mais,etc.)
Por tudo que foi analisado,vemos que a avaliação pode ser um poderoso instrumento de mudança,colocando-se a serviço da autentica aprendizagem e do desenvolvimento mais pleno do ser humano,pautado num projeto de libertação radical.
Concluímos, enfatizando a importância absolutamente essencial da participação do professor no processo de mudança na condição de sujeito ( e não de objeto),caminhando de uma prática imitativa (cultura da reprovação)ou reativa ( mera aprovação) à práxis transformadora ( ensino de qualidade democrática para todos).
Full transcript