The Internet belongs to everyone. Let’s keep it that way.

Protect Net Neutrality
Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Sistemas Comparados de Saúde

1º Seminário - Teia do Conhecimento
by

Mariana Mendes

on 4 May 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Sistemas Comparados de Saúde

Comparações iniciais Os sistemas de saúde do mundo possuem suas semelhanças e diferenças.


Não existem sistemas puros. Há quatro componentes fundamentais:
Recursos
Organização
Financiamento
Gestão Quanto mais centralizado:
Menor o número de fontes de financiamento
Maior o rendimento
Maior a capacidade de controle
Quanto maior a presença no setor privado:
Menor controle e rendimento Quanto maior é a oferta de serviços de atenção primária:
Menor é o custo com sistema. Diferem basicamente:
Grau de cobertura;
Equilíbrio entre as fontes de financiamento ;
Grau de interação entre os fiananceiros e prestadores;
Propriedade dos serviços . Gastos em saúde 15% do PNB.
Principais causas de mortalidade:
Doenças do aparelho circulatório;
Câncer
Doenças respiratórias
Causas externas
Sistema plural com múltiplos subsistemas
para clientelas distintas. 1960 – surgimento do “Medicare” e “Medicaid”.

Reforma de sáude 1970/1980 teve dois tipos de organização
As Health Maintenance Organzations – HMO’S
As Preferred Provider Organizations – PPO’S ESTADOS UNIDOS FRANÇA Gasto com saúde 10% do PNB
Três princípios do sistema de saúde:
Soliedariedade
Pluralismo
Medicina liberal
Lei de cobertura universal
Seguro complementar voluntário OS SISTEMAS COMPARADOS DE SAÚDE CANADÁ As particularidades de Québec:
10% PIB gasto com saúde -70% deste público-
Epidemiologia
Expectativa de vida: 80 anos
Mortalidade infantil: 5,4:1000 O modelo de seguro e serviços nacionais de saúde: Fortemente descentralizado
Baseado em orçamento fiscal compartilhado
“Autonomia” das províncias
Financiamento público
Prestação de serviços privados
95% dos hospitais: sem fins lucrativos “Home Care”*, estética,
serviços odontológicos: seguro privado
Québec como referência em
inovação
Universalização + democratização
A nova dinâmica de poderes
Decisões, serviços e R.H. MSSS Assembée Nationale,
1990 Orientations” 1989
Somar anos à vida: DCV,
Câncer de mama, acidentes
Somar saúde à vida:
Dor lombar, DST, fumo
Somar bem-estar à vida:
autonomia, saúde mental Pós 1995:
Controle de custos à integração de serviços
“Virada Ambulatorial” e a nova reforma
Até onde a população de dispõe a funanciar? Estabelece-se corredores de serviços integrados caracterizados por guichet único, sist. de infomação compartilhado e oferta tecnológica ampliada
Acesso, uso racional e continuidade Hôtel - Dieu Hospital INGLATERRA Reforma no NHS
NHS como referência em socialização de saúde
Acesso universal
Financiamento fiscal
Assistencialismo regional
Ênfase na atenção primária Lógica de mercado e estímulo à competição entre prestadores sob financiamento estatal Epidemiologia
Expectativa de vida: 79 anos
Mortalidade infantil: 5,3:1000 83-93: Ênfase gerencial, mercado interno e competência pública, concepção empresarial e a era Thatcher. Campanha contra NHS
97-06: Investimentos, descentralização e integração, monitoramento e autoritarismo
Manutenção dos direitos com tendência atual de ampliação do acesso e busca de integração como no Canadá AMÉRICA LATINA EXPECTATIVA DE VIDA 2010 Brasil América Latina 73.75 76.2 2005 71.3 72.6 Dados Comparativos Principais causas de morte:
Doenças no Sistema Circulatório
Neoplasias
Doenças transmissíveis
AIDS
Causas externas
Homicídios
Acidentes
É maior em:
Argentina
Brasil
Cuba
Uruguai
Venezuela Oferta de médicos
É menor em:
Bolívia
Haiti
Paraguai Apesar da alta oferta médica, ainda há uma carência em profissionais da área de enfermagem CUBA COSTA RICA Público unificado Acesso universal
Financiamento e prestação de serviços feitos pelo Estado
Administração vertical Modelos de sistemas de saúde Público Unificado
Contrato Público
Privado Atomizado
Segmentado Contrato público Alocação de recursos
Universalização do acesso por financiamento público
Federativo e descentralizado
Atenção integral BRASIL Privado Atomizado Maior financiamento por seguradoras ou usuários
Pouca ou nenhuma integração funcional ARGENTINA PARAGUAI Sistema de desembolso direto É um sistema misto
Regime contributivo e subsidiado
Passa por processos de privatizações CHILE COLÔMBIA
Full transcript