Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Operacionalização da Formação: do Plano à Ação

No description
by

Alexandra Loureiro

on 23 October 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Operacionalização da Formação: do Plano à Ação

Muito Obrigada!
Objetivos Pedagógicos
Planificação da Formação
Operacionalização da Formação:
do Plano à Ação
Formação Pedagógica Inicial de Formadores
Módulo 5
30 de outibro de 2014
Alexandra Loureiro (loureiro.alexandra@gmail.com)
Objetivos da Sessão
Redigir Objetivos Operacionais;
Compreender a importância dos Objetivos Pedagógicos no Processo de Formação;
Saber definir Objetivos Pedagógicos Operacionais;
Conhecer as diferentes Etapas de Planificação de uma Sessão de Formação.

"Uma outra forma de aprender é confessar as minhas próprias dúvidas, procurar esclarecer os meus enigmas, a fim de compreender o significado da minha experiência."

Carl Rogers
Operacionalização da Formação
Objetivos Pedagógicos
Planificação da Ação
Conteúdos
Gestão
Tempo
Espaço
Métodos
Técnicas
Recursos
Avaliação
Domínios
Níveis
Características...
Redação de Objetivos Operacionais
Referências Bibliográficas
American Psychology Association (2010). Publication Manual for the American Psychological Association (6th ed.). Washington, DC: American Psychology Association.
Associação Nacional de Formadores e Técnicos de Formação (2002). Os Objetivos Pedagógicos. Porto: Talentus.
Dias, J. M. (2004). Formadores: Que desempenho? Loures: Lusociência.
Faustino, F., Rocha, L., & Santos, M. (2008). Pedagogia das competências de mudança de paradigma da educação-formação. Revista Formar, (65), 33-36.
Instituto de Estudos Sociais e Económicos - IESE (2006). Referêncial de Formação Pedagógica Inicial de Formadores. Lisboa: Instituto do Emprego e Formação Profissional, I. P..
Rodrigues, M. C., & Ferrão, L. B. (2006). Formação Pedagógica de Formadores (7ª ed.). Lisboa: Lidel.
Vieira, M. L. (2005). Definição de Objetivos de Formação. Disponível em: http://opac.iefp.pt:8080/images/winlibimg.exe?key=9502&img=880.
Um objetivo é a descrição de um conjunto de comportamentos de que o Formando deve ser capaz de realizar, a fim de se poder concluir se a aprendizagem foi eficaz ou não.
Quais são as vantagens de os definir
O que são Objetivos Pedagógicos
1. Clarificam toda a Formação;

2. Constituem um meio de comunicação;

3. Orientam a ação do Formador;

4. Guiam o Formando;

5. Permitem avaliações mais objetivas;

6. Garantem a rentabilização da Formação.
1. Clarificação de toda a Formação
"Só sabendo para onde se vai, se poderá encontrar o caminho para lá chegar."
Ideia Precisa;
2. Constituem um meio de Comunicação
Evitam mal-entendidos;
3. Orientam a ação do Formador
Diretrizes
4. Guiam o Formando
... em relação ao fim a atingir;
5. Permitem avaliações mais objetivas
Controlo da aprendizagem
6. Garantem a rentabilização da Formação
Formação Produção;
Finalidades
1. À expressão das intenções mais gerais da Formação chamamos...
Comportamento Esperado
Condições de Realização
Colocar aqui a informação
colocar aqui a informação
colocar aqui a informação
colocar aqui a informação
colocar aqui a informação
Período de preparação da Ação
Onde
Claros
Explícitos
Intenção
Orientação
Avaliação
Controlo
(ANFTF, 2002)
Elimina a Ambiguidade;

Clarifica os Processos Formativos;
Eficácia entre os Resultados desejados e os alcançados.
Investimentos de Comunicação
Fácil entendimento
Formandos
Formadores
Futuros Empregadores
...
Plano
Condução
Avaliação
Sabendo-se quais os objetivos a atingir, sabemos como os alcançar.
Aprendizagem
... na consciencialização das exigências;
... na avaliação e controlo dos progressos;
... a distinguir o essencial do acessório.
Direcionar a Atividade
Organizar
os Esforços
Objetivos Operacionais
O Formando demonstra apenas os saberes que lhe foram ensinados
E não o que se supõe que e deveria ou poderia ter aprendido
Objetivos
Asseguram uma maior adequação da Formação

Garantem uma elevada rentabilidade do sistema

(Ficha de trabalho 1)
Metas (fins)
Objetivos Gerais
Objetivos Específicos
Grande propósito da Formação;
Fornecem uma diretriz para a globalidade da Formação;
Tomadas de decisão ao mais alto nível;
Dão unidade ao conjunto de ações da Formação.
Finalidades
Metas (Fins)
Forma muito precisa de enunciar os resultados desejados;
São formulados em termos das capacidades a adquirir;
Em regra, são formulados ao nível da organização da Formação.
Objetivos Gerais
São os resultados esperados da Formação;
Correspondem às competências amplas, globais e complexas;
São formulados ao nível da realização das ações - FORMADORES;
Formulados de forma operacional.
Objetivos Específicos
Expressam os comportamentos;
Resultam dos Objetivos Gerais;
São formulados pelo Formador;
Devem ser operacionais.
Exemplo
"Os profissionais a formar devem assumir total responsabilidade pelas suas tarefas"
Exemplo
"Os futuros Formadores deverão ser capazes de organizar e avaliar o seu próprio trabalho"
Exemplo
"No final da Formação o Formando deverá ser capaz de identificar o material necessário para a sua realização"
Exemplo
"Dada uma lista de comportamentos, o futuro Formador deverá indicar os que correspondem aos comportamentos característicos dos jovens, sem consulta e sem erros"
Finalidades
Metas
Objetivos Gerais
Objetivos Específicos
2. Aos Formadores compete formular...
Finalidades
Metas
Objetivos Gerais
Objetivos Específicos
1. À expressão das intenções mais gerais da Formação chamamos...
Finalidades
2. Aos Formadores compete formularem...
Objetivos Gerais
Objetivos Específicos
Domínio do Conhecimento e do Pensamento
Atividade Mental
Conhecimentos
Aptidões Intelectuais
Exemplo...
Conhecer os sinais de trânsito
(e numa Formação?)
Domínio dos Sentimentos e das Emoções
Interesses, Atitudes e Valores
Atividades ou Comportamentos
Agrado vs. Desagrado
Adesão vs. Rejeição
Exemplo...
Irritar-se com quem não cumpre as regras de trânsito
(e numa Formação?)
Domínio da Ação
Atividades Motoras
Aptidões ao nível da motricidade
Exemplo...
Andar de bicicleta no parque
(e numa Formação?)
bjetivos
Operacionais
Alexandra Loureiro
(loureiro.alexandra@gmail.com)


http://prezi.com/n2rvt9ls2lrh/operacionalizacao-da-formacao-do-plano-a-acao/

Johann Goethe

Como é que formulo
Componentes
Condições de Realização
Comportamento Esperado
Critérios de Êxito
Ação
Amplitude
Critérios de Êxito
Exigência
saber-saber
saber-ser
saber-fazer
Atividade que dever ser realizada para demonstrar que foi adquirida a competência desejada
Sujeito
Verbo Operatório
Produto
Equipamento
Locais
Meios
Exigências
.... definir e estruturar Objetivos de uma Formação;
... selecionar e/ou construir Instrumentos de Avaliação;
... adequar os Recursos Didáticos em função da Estratégia Pedagógica adotada.
O Formador deverá ser capaz de...
Qualidade de Realização
Competência Adequada
Objetivo Alcançado
Qualidade
Quantidade
Gestão de Tempo e de Espaço;
Programa;
Apresentação e Acolhimento;
Conteúdos;
Métodos;
Técnicas;
Meios;
Avaliação.
Fases de Planificação
Condicionantes
Limitação da duração da Ação
Física
Psicológica
Social
Dimensões:
Apresentação
Acolhimento
Formador
Formandos
Identificação dos Objetivos
Programa
Informação Genérica
&
Apresentação da Sessão de Formação
1º. Recolher e Analisar o Perfil dos Formandos
2º. Elaborar o Cronograma e o Plano da Sessão
4º. Preparar os Trabalhos individuais ou de grupo
3º. Preparar os Documentos a distribuir
Programa
5º. Preparar e Treinar a utilização dos Meios Auxiliares
6º. Tomar contacto com o Espaço onde decorrerá a Ação de Formação
7º. Fazer os Ajustamentos Finais
Que Preocupações
1º. Definir níveis de importância da matéria e as suas interligações;
Métodos Pedagógicos
Expositivo;
Demonstrativo;
Interrogativo;
Ativo.
Técnicas Pedagógicas
Trabalhos Individuais;
Trabalhos de Grupo;
Jogos Pedagógicos.
Meios Auxiliares Pedagógicos
Quadro Magnético;
Quadro de Folhas;
Ecrã;
Projetor e Computador;
Documentos;
Vídeo;
...
Avaliação
O quê?
Para quem?
Como?
Onde?
Quando?
"Não basta dar os passos que nos devem levar um dia ao objetivo, cada passo deve ser ele próprio um objetivo em si mesmo, ao mesmo tempo que nos leva para diante."
Níveis
Domínios
Redação de Objetivos Operacionais
Finalidade
Metas
Objetivos Gerais
Objetivos Específicos

Cognitivo
Afetivo
Psicomotor

Conteúdos
2º. Articular a distribuição dos conteúdos e a atuação Pedagógica;
3º. Intercalar os conteúdos com Metodologias Ativas;
4º. Como transmitir os conteúdos?
Informação atual e factual;
O quê?
Ação de Formação
Formandos
Para quem?
Formadores;
Formandos;
Organização Fornecedora;
Organização Solicitadora;
Envolvente Social.
Vocabulário acessível e com suporte;
Atenção aos Formandos;
Promover a participação;
Compreensão-Integração-Retenção;
Reações dos Formandos;
Pensamento Pedagógico;
Objetivos e Resultados;
Comunicação.
Objetivos da Sessão
Compreender a importância dos Objetivos Pedagógicos no Processo de Formação;
Saber definir Objetivos Pedagógicos Operacionais;
Redigir Objetivos Operacionais;
Conhecer as diferentes Etapas de Planificação de uma Sessão de Formação.
Apresentação
Plano da Sessão
Metodologia
PIP - Proposta de Intervenção Pedagógica





MOMENTOS


1º Breve reflexão sobre a formação profissional, sua importância e relevância no setor de atividade da empresa cliente.

2º Breve reflexão sobre a importância da(s) área(s) de intervenção formativa e/ou do(s) curso(s) proposto(s), e de como estas/estes vão beneficiar a empresa cliente, bem como os colaboradores. Deverá também ser proposta uma metodologia de avaliação de forma a que seja possível aferir resultados concretos face à escolha formativa apresentada.
Full transcript