Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Brigada de Incêndio

No description
by

Giovana Mayra

on 11 April 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Brigada de Incêndio

Brigada de Incêndio
Técnico em Segurança do Trabalho
Plano de abandono
Exercícios simulados

Deve ser realizado, semestralmente, no mínimo um exercício simulado no estabelecimento ou local de trabalho, com participação de toda a população. Imediatamente após o simulado, deve ser realizada uma reunião extraordinária para avaliação e correção das falhas ocorridas. Deve ser elaborada ata na qual conste:
Giovana Mayra P. Santos


Hakari Ferreira Costa

Rafael do Nascimento F.

GENIUS
Educação Profissional

FIM.
Razão Social: Osmar Augusto da Silva - ME

Endereço: Carlos Hermes de OliveiraNº: 3-63 Centro

CNPJ: 17.951.084/0001-58

CNAE: 85.41-4


Ramo da Atividade: Educação Educacional de Nível Técnico

Grau de Risco: 2

Número de Funcionários: 120
Atuar em situações de emergenciais, operando
equipamento de combate a incêndios, auxiliar no plano de abandono, identificar produtos perigosos e reconhecendo
seus riscos ou prestando os primeiros socorros, visando
preservar a vida e o patrimônio.

Objetivos e atuação da Brigada de Incêndio


Exigida por lei, a brigada de incêndio é uma condição geralmente necessária para a obtenção do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB). Este documento certifica que a edificação possui as condições de segurança contra incêndio, contemplando medidas estruturais, técnicas e organizacionais integradas, que possam garantir à edificação proteção no segmento de segurança contra incêndio.
Sua atuação visa:
Prevenir incêndios, inspecionar os equipamentos e as rotas de fuga e mantendo a população fixa e flutuante a cerca dos procedimentos em caso de um sinistro;

Avaliar corretamente a situação de emergência

Orientar o abandono da área quando necessário, direcionando as pessoas para rotas de fuga seguras;

Combater o incêndio com os equipamentos adequados a fim de evitar sua propagação;

Acionar os serviços e emergência;

Prestar os primeiros socorros as vitimas do sinistro;
PROCEDIMENTOS BÁSICOS
1º: Alerta
Identificada uma situação de emergência, qualquer pessoa pode alertar a Brigada de Incêndio, através alarme de incêndios devidamente distribuídos por toda a localidade

Os componentes das brigadas de incêndio deverão atuar no combate ao sinistro. Não conhecendo o local deverão se dirigir até o ponto de encontro ou reunião para receberem orientações, enquanto os brigadistas de abandono farão à retirada organizada das pessoas.


2º: Análise da situação
Após o alerta, a brigada deverá analisar a situação, desde o início até o final do sinistro. Havendo necessidade, acionar o Corpo de Bombeiros e apoio externo, e desencadear os procedimentos necessários, que podem ser priorizados ou realizados simultaneamente, de acordo com o número de brigadistas e os recursos disponíveis no local.


3º: Primeiros socorros
Prestar os primeiros atendimentos necessários às possíveis vítimas, até a chegada do socorro especializado.


4º: Corte de energia
Desligar os disjuntores do quadro de distribuição elétrica do setor em que estiver ocorrendo o sinistro. Acionar a equipe de manutenção elétrica.
5º: Abandono de área
Proceder ao abandono da área parcial ou total, quando necessário, conforme comunicação preestabelecida, transferindo para local seguro, a uma distância mínima de 100 m do local do sinistro, permanecendo até a definição final. O responsável pela ordem de abandono é o coordenador geral da Brigada de Incêndio e Abandono.


INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº 17/2011
Organograma:


Fluxograma:
Layout da Instituição


Estrutura: A edificação é constituída por alvenaria, O principal risco na instituição é de incêndio, tem 1.951 metros quadrados de área construída contêm um único pavimento, é localizada na área urbana. Com saída de emergência, 11 salas de aula uma diretoria e um laboratório, instituição conta com 500 alunos e 150 funcionários. O funcionamento é de três turnos – manhã e tarde e noite, de segunda-feira a sexta-feira.

A instituição é dotada de extintores - carga d’água, carga de espuma CO2 carga de dióxido-, iluminação de emergência, sistemas de hidrantes, bomba de incêndio e saída de emergência.
Sinalização
A sinalização foi conforme prevista pela Instrução Técnica nº 04 e nº 20 contendo de forma continuada a sinalização da rota de fuga e dos equipamentos de combate a incêndio.



Composição da brigada de incêndio
A Instrução Técnica nº 17/2011 (IT), estabelece as condições mínimas para a composição, formação, implantação, treinamento e reciclagem da brigada de incêndio para atuação em edificações e áreas de risco no Estado de São Paulo, na prevenção e no combate ao princípio de incêndio, abandono de área e primeiros socorros, visando, em caso de sinistro, proteger a vida e o patrimônio, reduzirem os danos ao meio ambiente, até a chegada do socorro especializado, momento em que poderá atuar no apoio.

A brigada de incêndio da instituição de ensino Genius é composta por um coordenador, um chefe,


Legenda:
Horário do evento;

Tempo gasto no abandono;

Tempo gasto no retorno;

Tempo gasto no atendimento de primeiros socorros;

Atuação da brigada;

Comportamento da população;

Participação do Corpo de Bombeiros e tempo gasto para sua chegada;

Falhas de equipamentos;

Falhas operacionais;

Demais problemas levantados na reunião.
Instituição: GENIUS

Data:

Término:

Local: Carlos Hermes de Oliveira Nº: 3-63 Centro

Objetivo: Executar o exercício do simulado para realização do treinamento

Coordenação: Brigada de incêndio

Participantes: Brigadistas da unidade

Publico alvo: Diretoria e funcionários da unidade

Descrição da ocorrência: Simulado


Procedimentos Gerais em caso de Abandono:
Orientações básicas a serem adotadas durante a execução do plano de abandono:
Ao toque do alarme de abandono ou comunicado, deverão ser tomadas as seguintes providências:

1.
Desligue os equipamentos elétricos;
2.
Pegue somente seus pertences pessoais (de mão);
3.
Dirija-se ao local pré determinado pelo plano de Abandono (sem correr, sem empurrar);
4.
Mantenha a calma (evite acidentes, tumulto e pânico);
5.
Quando não for funcionário, explique o que está ocorrendo, leve-o para a fila e coloque-o à sua frente;
6.
Mantenha-se em silêncio;
7.
Sabendo que algum funcionário tenha faltado ao trabalho, avise o coordenador da brigada;
8.
Ande em fila indiana, mantendo-se em ordem;
9.
Caso você esteja em um setor que não seja o seu, junte-se ao grupo desse setor;
10.
Caso você esteja em um pavimento que não seja o seu, mas faz parte da brigada de abandono, procure chegar ao seu setor o mais rápido possível, levando em conta o tempo;
11.
Mantenha distância de 01 braço da pessoa que estiver à sua frente;
12.
Seriedade é fundamental, evite barulho desnecessário;
13.
Nunca se tranque em salas ou sanitários, não tire as roupas, pois as mesmas estarão protegendo seu corpo;
14.
Durante a execução do abandono não Fume!
15.
Não interrompa por nenhum motivo o processo de saída;
16.

NÃO RETORNE
às dependências do local da ocorrência;
17.
Ao chegar no local do ponto de concentração pré-determinado, mantenha-se em ordem e devidamente disciplinado;
18.
Somente retorne ao seu trabalho após a liberação do coordenador geral;
19.
Obedecendo as orientações da Brigada de Abandono você estará seguro e salvo, siga-as e respeite-as.
Recomendações Gerais
Em caso de simulação ou fato real, adotar os seguintes procedimentos:

Manter a calma;
Caminhar em ordem e sem atropelos;
Não correr e não empurrar;
Não gritar e não fazer algazarras;
Não ficar na frente de pessoa em pânico, se não puder acalmá-la, evite-a, se possível avisar um brigadista;
Se houver necessidade de atravessar uma barreira de fogo, molhar todo o corpo (roupas, sapatos e cabelo). Proteger a respiração com um lenço molhado junto à boca e o nariz; manter-se sempre o mais próximo do chão; por ser o local com menor concentração de fumaça;
Sempre que precisar abrir uma porta, certifique-se se a mesma não está quente e, mesmo assim, abrir vagarosamente;
Se ficar preso em algum ambiente, procurar inundar o local com água, mantendo-se sempre molhado;
Todos os colaboradores, independente dos cargos que ocupem na empresa, devem seguir rigorosamente as instruções dos brigadistas;
Nunca voltar para apanhar objetos; fechar as portas e janelas ao sair;
Não se afastar do grupo e não parar no caminho;
Levar consigo os visitantes que estiverem em seu local de trabalho
Sapatos de salto alto, devem ser evitados;
Não acender ou apagar luzes, principalmente se sentir cheiro de gás;
Deixar a rua e as entradas livres para a ação dos bombeiros e do pessoal de socorro médico;
Não subir a escadas, procurar sempre descer.
Identificação e certificação da Brigada
Todos os brigadistas receberão:

“Boton” de identificação;

Certificação de participação do curso;

Aula prática em pista especializada;
Controle do Programa de Brigada de Incêndio
Reuniões Ordinárias
Devem ser realizadas reuniões mensais com os membros da brigada, com registro em ata, onde serão discutidos os seguintes assuntos:

Funções de cada membro da brigada dentro do plano;
Condições de uso dos equipamentos de combate a incêndio;

Apresentação de problemas relacionados à prevenção de incêndios encontrados nas inspeções para que sejam feitas propostas corretivas;

Atualização das técnicas e táticas de combate a incêndio;

Alterações ou mudanças do efetivo da brigada;

Outros assuntos de interesse.
Reuniões Extraordinárias
Após a ocorrência de um sinistro ou quando identificada uma situação de risco iminente, convocar uma reunião extraordinária para discussão e providências a serem tomadas. As decisões tomadas serão registradas em ata e enviadas às áreas competentes para as providências pertinentes.


Chequelist


Os sistemas de alarme de incêndio apresentaram plenas condições de operação?


A comunicação com os brigadistas foi bem sucedida?


Houve necessidade de chamar socorro externo?


Foi verificada a falta ou instalação de algum extintor em local inadequado?


Todos os acessos aos extintores estavam desobstruídos?


Todos conseguiram sair no tempo estimado?


Houve vitimas?

O sinistro pode ser controlado? O combate a o incêndio foi eficaz?

Os níveis de água do reservatório estavam acima/abaixo do
nível mínimo necessário à operação dos sistemas de combate a incêndio?


Sim Não
Administração
Sanitário Feminino
Sanitário Masculino
Diretoria
Sala
E
N
T
R
A
D
A
Considerações Finais
Agradecemos ao Professor Ivan pela pela paciência e dedicação ao ensino que nos forneceu, e também a todos os nossos colegas pelo apoio durante todo este tempo.
Vídeo
É o primeiro componente da brigada de Abandono de cada pavimento;
Puxa-Fila
Cerra-Fila:
É o último componente da Brigada, responsável por ajudar na conferência do pessoal da fila, auxilia o coordenador do setor
Auxiliar:
Líder da Brigada de Incêndio:
Brigadista
Coordenador Geral da Brigada
É o componente da Brigada sem função específica
Atuar em sinistro, coordenando e comandando todos os brigadistas do setor, no combate ao fogo
Será o responsável por iniciar o combate ao principio de incêndio, utilizando os extintores
Responsabilizar-se por todo o abandono
Full transcript