Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

O Mercado de Games no Brasil

No description
by

Maco Souza

on 28 January 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of O Mercado de Games no Brasil

Agências ou escritórios de mídia digital
O MERCADO DE GAMES NO BRASIL
O mercado de games no Brasil vem mostrando que cresce a cada ano e só em 2013 cresceu 25% em relação ao ano de 2012 e em 2012 60% em relação a 2011, colocando o mercado brasileiro de jogos eletrônicos como o de maior crescimento em todo o mundo nesta época.
O mercado de videogames no Brasil já fatura mais do que no Reino Unido, Alemanha e Espanha
O Brasil é o quarto maior mercado do mundo no segmento de jogos digitais, com 35 milhões de usuários e segundo o Sebrae, as perspectivas de crescimento são positivas. Embora seja um setor ainda recente no país e que carece de estrutura e incentivos, esse segmento já está recebendo alguns incentivos, por meio de investimentos e apoios governamentais, como a inclusão da Lei Rouanet de incentivo à cultura.
O Mercado de games cresce
4º Maior Mercado de Games
Não é apenas diversão
Caracterizada como uma área bastante versátil e abrangente que atinge os mais variados públicos, a expansão do mercado de games está além do entretenimento. Jogos publicitários, educativos e empresariais representam importantes oportunidades de negócio para essa indústria. Com a expansão da internet móvel, uma aposta certeira é em jogos para dispositivos móveis, como tablets e celulares. O crescimento dos jogos sociais no Facebook são um bom exemplo dessa tendência.
A procura por profissionais da área de designer e programadores de jogos para redes sociais e plataformas móveis, como celulares e computadores portáteis, deve crescer nos próximos anos.
A mão de obra no mercado de games
A estimativa é que o mercado de trabalho na área de games cresça 13,5% nos próximos cinco anos. Segundo a Abragames (Associação Brasileira de Desenvolvedores de Jogos Digitais), as funções mais procuradas são designers e programadores de jogos para redes sociais e plataformas móveis, como celulares e computadores portáteis.

Nesta área, 80% dos profissionais empregados têm nível superior, mas essa não é a principal exigência. O que o mercado mais precisa é de profissionais com experiência.
Crescimento do Mercado de Trabalho
Hoje, muitas empresas genuinamente brasileiras vêm gerando vagas de emprego, impulsionadas não só por meio dos vídeo games, mas também pelo desenvolvimento de aplicativos mobile, plataformas para educação à distância e treinamento corporativo. Um dos maiores gaps apontados por especialistas da área são profissionais capacitados especificamente para atuar em modelagem, plataformas 3D, criação, roteiro, design e programação.
Onde estão as oportunidades
As produtoras de jogos eletrônicos têm se multiplicado no país. Segundo estudo da Associação Brasileira dos Desenvolvedores de Games (Abragames), mostra a existência de 220 empresas no país. Em 2008, eram apenas 48. Aproximadamente 20 empresas têm faturamento superior a R$ 1 milhão e algumas têm receitas que superam R$ 15 milhões. A maioria são pequenas e médias, 60% delas possuem até nove funcionários. O Brasil já é uma referência mundial em jogos educativos, como os de simulação de treinamento, mas vê um aumento considerável na produção de indie games - jogos independentes voltados para um grupo de jogadores. O futuro do mercado brasileiro está nos indie games
O QUE LHE RESERVA A CARREIRA DE DESIGN DE GAMES
O CURSO PREPARA PROFISSIONAIS PARA CRIAR, PLANEJAR E DESENVOLVER:
Projetos e produtos para o segmento de games;
Jogos para variadas plataformas, incluindo PC e web;
Produção de vinhetas;
Desenvolvimento de maquetes digitais;
Roteiros, personagens e cenários para games;
Projetos relacionados à área de hipermídia e interfaces digitais;
Animação, áudio, programação ou design de interface para o mercado de produção de jogos eletrônicos.
Preparação Profissional
Mercado de Atuação
Indústria de videogames
Empresas de desenvolvimento de jogos
Escritórios de design
Estúdios de animação
Onde Atuar
Nos próximos dois anos, o mercado de games deverá crescer no Brasil o dobro do esperado para a média mundial. Esta foi a conclusão de uma pesquisa da consultoria holandesa Newszoo, que será publicada pela revista Exame PME.

Segundo a consultoria, o Brasil cresce num ritmo mais acelerado que os demais países. Os brasileiros gastaram 1,2 bilhão de dólares com games em todas as plataformas, e até 2016 esta cifra deve aumentar à velocidade de 15% ao ano, duas vezes superior à prevista para o mercado global.

Os games vêm sendo enxergados como estratégicos para a promoção de produtos e serviços das mais diversas categorias. No ano passado, 70 milhões de reais foram investidos em jogos criados para campanhas publicitárias, de acordo com pesquisa inédita da desenvolvedora paulistana Hive
Full transcript