Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

13 - Etnocentrismo e Relativismo Cultural

No description
by

Rafael Cavalcante

on 8 May 2017

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of 13 - Etnocentrismo e Relativismo Cultural

Problemas do Relativismo Cultural
A primeira consequência prática do relativismo cultural é que não poderíamos mais criticar as ações e práticas de outras sociedades. Ainda que pareça uma consequência óbvia do relativismo cultural, isso toca em um ponto complicado.
Etnocentrismo
- O fato do ser humano ver exclusivamente através de sua cultura;
- Os hábitos ou comportamentos próprios são acriticamente encarados como sendo indiscutivelmente superiores aos hábitos ou comportamentos dos demais;
- A tendência humana de repudiar ou negar tudo o que é diferente ou não está de acordo com as suas tendências, costumes e hábitos
Relativismo Cultural
- O relativismo cultural é um grupo de ideias que defende a validade e a riqueza de se observar sistemas culturais, não partindo dos conceitos ocidentais-modernos.
- O relativismo cultural defende que o bem e o mal, o certo e o errado, o belo e o feito, entre outras categorias de valores, são relativos a cada cultura.

Relativismo Cultural
- A compreensão de que não existem normas e valores absolutos;
- Não há cultura inferior, feia, atrasada ou algo nessa direção. O relativismo cultural é importante para que as culturas não sejam estratificadas em camadas hierárquicas.
- Os usos e costumes de cada povo só tem sentido a partir do próprio povo e não é possível compreende-los a partir de nosso lugar. Para compreendê-los, ainda que em parte, devemos nos colocar no lugar do outro.

Teses do Relativismo Cultural
1. Sociedades diferentes têm códigos morais diferentes.
2. O código moral de uma sociedade determina o que é correto no seio dessa sociedade. Se o código moral de uma sociedade afirma que certa ação é correta, então essa ação é correta, pelo menos nessa sociedade;
3. Não há qualquer padrão objetivo que se possa usar para ajuizar um código social como melhor do que outro;

Etnocentrismo e Relativismo Cultural
Exemplos
Embates entre a religião cristã e muçulmana;
Crimes de ódio, como a homofobia;
Nazismo;
Confrontos políticos.

Exemplo
A comunidade Hippie é um exemplo de relativismo cultural, são respeitados pela sociedade e respeitam-na, mas não vivem segundo os seus costumes e ideais, e vivem sem seguir as tendências da sociedade.
Exemplos
- Na África a mulher gorda é tida como objeto de desejo;
- Na Tailândia as transexuais são endeusadas;
- No Oriente Médio as mulheres usam burca e os homens podem casar com várias mulheres.

4. O código moral da nossa própria sociedade não tem estatuto especial, é apenas um entre muitos;
5. Não há uma verdade universal em ética. Não há verdades morais aceitas por todos os povos em todos os tempos;
6. É uma mera arrogância nossa tentar julgar a conduta de outros povos. Deveríamos adotar uma atitude de tolerância face às práticas de outras culturas.

Pensemos em uma sociedade que considere moralmente correto a escravidão de todas as pessoas que têm uma cultura diferente da sua. Eles estariam justificados moralmente em sair pelo mundo escravizando pessoas, visto que essa seria uma prática social permissível diante do seu código moral?
Pensemos então em uma sociedade extremamente antissemita, que considere a prisão sumária, a desapropriação de bens e até mesmo a tortura de judeus como algo aceitável diante do seu código moral. Isso é aceitável?
Full transcript