Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Relações Interpessoais

No description
by

Rute Felisberto

on 10 February 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Relações Interpessoais


Relações Interpessoais
Interações Sociais
Instituições Sociais
Desenrolam-se na rede complexa dos padrões culturais
Orienta o nosso comportamento
Cognição Social
É o conjunto de processos que estão subjacentes ao modo como encaramos os outros, a nos proprios e a forma como integrasmos
É uma forma de conhecimento e de relação com o mundo dos outros
Processos
Impressões
Formação de imperções
Processo no qual se organiza a informação a cerca e outra pessoa de modo a integrar-la numa categoria significativa
Indicios
Indicios Fisicos
Indicios Verbais
Indicios não Verbais
Incicios Comportamentais
Impersão Global
Categorização
Permite
caracteristica das primeiras imperções
Componentes
Função
Construção de uma imagem, uma ideia a partir da primeira imperção
Reagrupamento de pessoas, objetos ou situações a partir do que do que seram as suas semelhanças ou diferenças
Classificamos as pessoas em categorias
Afetiva
Moral
Instrumental
Simplificar a complexidade do mundo social
Orienta o nosso comportamento permitindo comportarmo-nos de forma segura nas relações interpessoais
Assim desenvolvemos expectativas sobre o comportamento dos outros
Facilitanos o processo das interações sociais
A primeira informação é a que tem maior influencia
As primeiras característacas ou conhecimentos que aprendemos têm mais influência na categorização que fazemos sobre uma pessoa e na apreciação global que fazemos
Percistência
Espectativas
Modo de categorizar as pessoas através dos indicios e das informações, pervendo o seu comportamento e as suas atitudes
As nossas expectativas afetamos comportamentos dos outros e condiciona o nosso proprio comportamento
O efeito das espectativas sobre o comportamento motivou investigações direcionadas para a aprendisagem
Atitudes
É uma tendencia para responder a um objeto social-situação, pessoa, grupo, acontecimento-de modo favoravel o desfavoravel
Componente Cognitiva
Componente Afetiva
Componente Comportamental
É possivel a partir de um inferir a atitude que esteve na sua base
Comportamento
As atitudes não nascem connosco, formam-se e aprendem-se no processo de socialização
Os principais agentes são a familia, a escola e os meios de comunicação
Exite uma tendência para a estabilidade das atitudes ao longo da vida
Apesar da estabilidade das atitudes estas podem mudar: o processo de modificação das atitudes é semelhante ao da sua formação
Representações Sociais
É um conjunto das explicações, das crenças e das ideias que são partilhadas e aceites coletivamente numa determinada sociedade e que são produto das interações sociais
É através da representação que somos capazes de evocar uma pessoa, uma ideia, um objeto ou uma situação na sua ausência
Objetivação
Ancoragem
É o processo através do qual as representações complexas e abstratas se tornam simples e concretas
Contrução Seletiva
Esquematização Figurativa
Naturalização
Corresponde ao enrazamento, à assimilação das imagens criadas pela objetivação na mentalidade coletiva
Função do Saber
Função de Orientação
Função Identitaria
Função de Justificação
Influência Social
A interação grupal é a influencia mútua que os membros de um grupo exescem entre si.
Processo pelo qual as pessoas modificam, afetam os pensamentos, sentimentos, emoções e comportamentos de outras pessoas
Nomalização
Processo de elaboração de normas por parte dos elementos de um grupo quando elas não existem de forma explicita
Normas
São regras sociais basicas que estabelecem o que as pessoas podem ou não podem fazer em determinadas situações que implicam o seu cumprimento
As normas orientam o comportamento
É graças ao conjunto de normas que os comportamentos dos individuos de um dado grupo social são uniformizadas
As normas premitem precer o comportamento dos outros
Conformismo
É uma forma de influência social que resulta do facto de uma pessoa mudar o seu comprtamento ou as suas atitudes por efeito da perssão do grupo
Fatores de explicção
Ambiguidade da Situação
A Unamidade do Grupo
A Natureza da Resposta
Ambiguidade da Situação
A Autoestima
O conformismo é maior
O comformismo aumenta
A perssão do grupo aumenta quando não estamos certos do que é correto
Quanto mais atrativo for o grupo para a pessoa maior é a probabilidade de ela se conformar
As pessoas com um nivel mais elevado de autoestima são mais indepêndentes do que têm uma autoestima mais baixa
O pensamento grupal é um fenomeno que pode ocorrer quando a motivação de um grupo para chegar ao consenso é tão forte que os elementos que o constituem perdem a capacidade critica
Obediência
Acontece quando as pessoas não se sentm responsáveis pelas ações que levam a cabo, sobe ordens de uma figura de autoridade
Factores que Influênciam
A proxmidade com a figura de autoridade
A legitimidade da figura de autoridade
A proximidade da vitima
A pressão do grupo
Full transcript