Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Abordagem a Veículos

Trabalho de Técnica Policial CEFS 2013
by

BRUNO DE MELO SOUZA

on 28 August 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Abordagem a Veículos

Sumário:

Introdução
Níveis de Abordagem
Funções
Procedimentos para Abordagem
Tática de Abordagem
Considerações Finais
A abordagem a veículos é um tipo de intervenção policial, cujos procedimentos preveem a aproximação dos meios de transporte de passageiros ou de carga, em via pública, com objetivo de orientar e prestar assistência, distribuir “folders” “Dicas PM” ou peças gráficas relacionadas à segurança pública, • fiscalizar documentos de porte obrigatório do condutor e do veículo, averiguar os equipamentos obrigatórios, notificar o condutor em casos de infração de trânsito, adotar providências quanto ao estado de embriaguez do condutor, vistoriar veículo na tentativa de localizar produtos ilícitos, efetuar a prisão de condutor e passageiros que possuam mandado de prisão em aberto, que estejam em fuga ou em estado de flagrância e realizar busca pessoal nos ocupantes do veículos.
NÍVEL 1: Será empregada nas ações e operações policiais de caráter educativo e assistencial (risco nível I). Nesse caso, o estado de prontidão coerente é o atenção (amarelo). Exemplos: distribuição de “folders” “Dicas PM”, no feriado de Carnaval; distribuição de “folders” “Viagem Segura”, em Blitz policial; policiais que
prestam assistência a veículo na via.

Para melhor compreensão dos procedimentos relativos à abordagem a veículos, aplicam-se as seguintes funções:
a) PM Comandante: é o militar de maior posto ou graduação, e dentre eles, o mais antigo; responsável pela coordenação e pelo controle da
operação;
b) PM Verbalizador: é o policial responsável pela comunicação com os ocupantes do veículo abordado;
c) PM Vistoriador: é o policial responsável pela verificação de documentos e vistoria do veículo;
d) PM Revistador: é o responsável pela realização da busca pessoal nos ocupantes do veículo abordado, durante a intervenção;
e) PM Segurança: é o policial responsável pela integridade e segurança dos componentes da equipe durante toda a intervenção.

Toda e qualquer intervenção policial, seja simples ou complexa, deve ser precedida de análise criteriosa das informações, de forma que sejam organizadas, trabalhadas e transformadas em dados, aplicando-se a metodologia de avaliação de risco.
A primeira análise que o policial deve fazer é a identificação de direitos e garantias sob ameaça. Para tanto, numa abordagem a veículo, deve observar, dentre outros aspectos: presença de crianças, gestantes e idosos no veículo ou nas proximidades; se o local e as condições da via oferecem segurança; o comportamento do condutor (cooperativo ou resistente, a direção ofensiva; possíveis alterações provocadas por ingestão de substâncias como álcool, drogas, medicações); se há presença de reféns.
+ Introdução
+ Níveis de Abordagem
+ Funções
+ Procedimentos
para Abordagem
+ Tática de Abordagem
+ Considerações Finais
ABORDAGEM A VEÍCULOS
Técnica Policial
NÍVEL 2: Será empregada nas ações e operações de caráter preventivo (risco nível II), em fatos que indiquem ameaça à segurança pública. É o caso das abordagens baseadas em histórico de infrações (dados georeferenciados) ou situações em que a infração não foi consumada, mas há indício de preparação para o seu cometimento. O estado de prontidão coerente é o alerta (laranja). Exemplos: ações e operações de fiscalização de documentos e equipamentos obrigatórios; abordagens de iniciativa decidida com base na avaliação de riscos; denúncia de veículos em locais ermos ou parados em frente a estabelecimentos comerciais, causando suspeição de comerciantes; operações com parada de veículos para fiscalização de porte de armas, busca e apreensão de drogas,
dentre outros.
NÍVEL 2: Será empregada nas ações e operações de caráter preventivo (risco nível II), em fatos que indiquem ameaça à segurança pública. É o caso das abordagens baseadas em histórico de infrações (dados georeferenciados) ou situações em que a infração não foi consumada, mas há indício de preparação para o seu cometimento. O estado de prontidão coerente é o alerta (laranja). Exemplos: ações e operações de fiscalização de documentos e equipamentos obrigatórios; abordagens de iniciativa decidida com base na avaliação de riscos; denúncia de veículos em locais ermos ou parados em frente a estabelecimentos comerciais, causando suspeição de comerciantes; operações com parada de veículos para fiscalização de porte de armas, busca e apreensão de drogas,
dentre outros.
NÍVEL 3: Será empregada nas ações e operações de caráter repressivo, caracterizado por situações de fundada suspeita ou certeza do cometimento de delito (risco nível III). O estado de prontidão coerente é o alerta (vermelho). Exemplos: veículo produto de furto ou roubo; veículo utilizado em sequestro; veículo utilizado ou tomado de assalto; denúncia de ocupantes armados no interior do veículo; veículo utilizado para fuga; veículo utilizado para transporte de drogas e outros produtos ilícitos, dentre outros.
Conceitos aplicáveis à área de abordagem a veículos

Para proceder à abordagem a veículos, o policial deve observar os princípios do pensamento tático, mapeando o local da intervenção em função da avaliação de riscos. Devendo sempre considerar:
**********Área de Conteção, Área de Risco, Área de Aproximação, Área de Alcance, Setor de Busca e Setor de Custódia.************
Área de
Contenção
Setor de Busca e
Custódia
Aproximação
Alcance

Ao iniciar uma abordagem veicular, o policial deve:
• repassar à central de operações a localização exata da guarnição;
• procurar fazer com que o veículo abordado pare em um local fora da pista de rolamento (ou onde haja menos tráfego);
• estar atento quanto às possíveis rotas de fuga;
• evitar abordar próximo a locais onde pessoas hostis possam interferir na abordagem;
• à noite, quando possível, escolher locais já conhecidos e com luminosidade favorável;
• evitar áreas com prédios que possuam vidraças refletivas, pois poderão anular a vantagem tática;
• se possível e necessário, pedir auxílio à central de comunicações para direcionar o veículo para local mais apropriado, por meio dos recursos informatizados de geografia urbana;
• verificar a existência de outros veículos, que poderão dar cobertura ao veículo abordado.

Na abordagem a veículos, serão empregadas três táticas principais:
• tática de aproximação;
• tática com posicionamento de viatura a 45º;
• tática de cerco e bloqueio.
Aproximação
Posicionamento de VP
45º graus
Cerco e Bloqueio

Alguns cuidados e procedimentos devem ser adotados pela guarnição quando doacompanhamento a veículos suspeitos. Nunca se deve:
a) Emparelhar a viatura com o veículo suspeito;
b) Ultrapassar o veículo suspeito;
c) "Fechar" ou efetuar qualquer manobra perigosa, que force a parada abrupta do veículoque se acompanha;
e d) Dar marcha-a-ré ao detectar a suspeição em veículo parado.

Tais procedimentos quase sempre resultam na exposição da guarnição PM a disparos de arma por parte de meliantes ou podem provocar acidentes de veículos de proporções desastrosas. Lembre-se que nem sempre veículo em fuga significa que seus ocupantes são meliantes e que nas perseguições policiais dos filmes, sempre acontecem acidentes e que aquilo não passa de uma encenação.

A hora de Ter segurança é agora.

A minha segurança e a sua depende de nós, seja consciente.

A pressa não encurta o tempo, encurta a vida.

A segurança consiste na responsabilidade de saber e agir da maneira correta.
Muito Obrigado
Full transcript