Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Operação Águas de Março

No description
by

Edemilson Barros

on 21 May 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Operação Águas de Março

OPERAÇÃO ÁGUAS DE MARÇO
DEFESA CIVIL PARANÁ
13h30min - Sobrevoo inicial - Santa Cruz, Morro Inglês
11 março de 2011
15h00min - Início dos Resgates
17h11min - Queda de ponte na BR 277
18h35min - Todos acessos ao litoral interditados
19h40min - Deslizamento de encosta em Antonina
TEN.-CEL. BM EDEMILSON DE BARROS
barros@pm.pr.gov.br
Cenário
O QUE OCORREU?
ÁREAS AFETADAS
Paranaguá: Santa Cruz, Morro Inglês, Floresta, Alexandra, Quintilha.
Morretes: Centro, Mundo Novo, Floresta, Rio Sagrado, Sambaqui, Canhembora, Morro Alto e Pindaúva.
Antonina: Laranjeiras, Graciosa, Maria Furuncho, Portinho e Caixa d'água
Guratuba: Limeira e Cubatão
EFETIVO EMPREGADO
245 militares
secretarias de estado
orgãos federais
voluntários
órgãos municipais
comando integrado
controle geral
fluxo de informações
tomada de decisões
plano de ação
qual a ferramenta de comando?
E O PAPEL DA SÁUDE NESTE CENÁRIO?
triagem de ocorrências
APH nas ocorrências
organização do fluxo hospitalar
campanhas de vacinação
visita às comunidades
ações de vigilância sanitária
apoio médico nos abrigos
LEGADO DE 11 DE MARÇO
INTEGRAÇÃO
SETOR MÉDICO
Mapeamento das áreas de risco
Elaboração de Planos de Contingência
Treinamento dos agentes
Treinamento das Comunidades
Definição das àreas SISMAAR
Fortalecimento da Rede Monitoramento Hidrometeorológica do Litoral
NECESSIDADE:
Definição de sistema de alerta para a população residente nas áreas SISMAAR
A situação no litoral paranaense tem se agravado diante de um dos piores desastres naturais registrados no estado. A chuva que cai na região desde quinta-feira passada provocou enchentes e uma série de deslizamentos que derrubaram casas e interromperam todos os acessos rodoviários aos municípios litorâneos. Diante desse isolamento, começa a faltar água mineral, gasolina e alguns alimentos, como carnes e comidas prontas para o consumo. A insegurança também assola quem está por lá, já que a possibilidade de saques também aumenta. A situação é mais crítica em Antonina, mas Morretes e Paranaguá também tentam se reerguer em meio à tragédia. Ao todo, são dois mortos em Antonina, uma pessoa desaparecida em Morretes e o número de desalojados e desabrigados em todo o litoral chega a 9.420. São pessoas com semblante de espanto e incerteza que tomam conta de todas as regiões afetadas. Antonina declarou estado de emergência na sexta-feira e, ontem, Morretes decretou estado de calamidade pública. Antoninenses são enfáticos: nunca houve uma situação tão crítica quanto essa. (Gazetadopovoonline, 2011)
Full transcript