Prezi

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in the manual

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

RELAÇÕES INTERPESSOAIS, CONFLITOS E FORMAS DE INTERVENÇÃO

Facilitador: Cap PM Edmilson Silva ed1000sony@gmail.com
by EDMILSON SILVA on 17 October 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of RELAÇÕES INTERPESSOAIS, CONFLITOS E FORMAS DE INTERVENÇÃO

Relações Interpessoais, Conflitos e
Formas de Intervenção

Facilitador: Cap PM Edmilson Silva
ed1000sony@gmail.com Relações Interpessoais, Conflitos e
Formas de Intervenção

Facilitador: Cap PM Edmilson Silva
ed1000sony@gmail.com RELAÇÕES INTERPESSOAIS




“A escola dos relacionamentos é o convite
da vida para a vitória sobre o egoísmo.
Viver é de todos, conviver é de poucos,
e conviver bem é para quantos se
disponham a encetar nova jornada ante
a nossa condição de “cidadãos do Universo".

Ética da Alteridade, Ermance Dufaux, livro «Unidos pelo Amor», Conjunto de elementos agregados
por metas comuns micro
ex: família macro
ex: Nação O homem é um ser social
vive em GRUPO O HOMEM COMO SER SOCIAL Segundo MOSCOVICI (2002, P.35)

“O relacionamento interpessoal pode tornar-se e manter-se harmonioso e prazeroso, permitindo trabalho cooperativo, em equipe, com integração de esforços, conjugando as energias, conhecimentos e experiências para um produto maior que a soma das partes, ou seja, a tão buscada sinergia. Ou então, tornar-se tenso e conflitivo podendo ocorrer a divisão de energias e até a dissolução do grupo.”



O HOMEM COMO SER SOCIAL O homem necessita de interagir com outros para desenvolvimento e realização. Ninguém é auto-suficiente.

O homem é o somatório de todas as experiências de sua vida.

A interação humana é complexa – comportamentos verbais e não-verbais, pensamentos, sentimentos e expressões físico-corporais.

De acordo com Weil e Tompakow (1986), “o corpo fala sem palavras.” A mensagem transmitida pode aproximar ou distanciar, facilitar ou complicar.



O HOMEM COMO SER SOCIAL 2- Só os outros sabem 4- Nem eu nem os outros sabem. 3- Só eu sei 1- Eu sei e os outros também



A JANELA DE JOHARI Play



A JANELA DE JOHARI Flexibilidade Perceptiva e Comportamental – ver vários ângulos ou aspectos da mesma situação. Repertório de condutas que varia de acordo com exigências e necessidades de cada pessoa.

Ações de Polícia Comunitária impõem trabalho em equipe, com líderes, culturas, climas de grupo variados e até com conflitos.

A CULTURA DE UM GRUPO reúne um sistema de crenças e valores compartilhados. normas de comportamento de uma comunidade.



RELAÇÕES INTERPESSOAIS E AS AÇÕES DE POLÍCIA COMUNITÁRIA
Segundo Hunter (2004), a liderança é a capacidade de influenciar pessoas para trabalharem entusiasmadas na busca dos objetivos identificados como sendo para o bem comum. O líder deve identificar e satisfazer as necessidades que servem para o bem-estar do ser humano. O CLIMA DE UM GRUPO traduz um conjunto de valores ou atitudes que afetam o relacionamento entre pessoas. Se há sinceridade, ajuda mútua, padrões de autoridade e liderança.



RELAÇÕES INTERPESSOAIS E AS AÇÕES DE POLÍCIA COMUNITÁRIA IMPORTANTE LEMBRAR: Para eficácia do relacionamento interpessoal, o processo da percepção do outro exige crescimento pessoal que envolve a autopercepção, autoconscientização e auto-aceitação para possibilitar a percepção real dos outros e da situação interpessoal. A liderança e a participação eficaz em grupo dependem da competência interpessoal do líder e dos membros.

Líder é a pessoa no grupo a qual foi atribuída formal ou informalmente, uma posição de responsabilidade.



RELAÇÕES INTERPESSOAIS E AS AÇÕES DE POLÍCIA COMUNITÁRIA Flexibilidade Perceptiva e Comportamental – ver vários ângulos ou aspectos da mesma situação. Repertório de condutas que varia de acordo com exigências e necessidades de cada pessoa.

Ações de Polícia Comunitária impõem trabalho em equipe, com líderes, culturas, climas de grupo variados e até com conflitos.

A CULTURA DE UM GRUPO reúne um sistema de crenças e valores compartilhados. normas de comportamento de uma comunidade.



RELAÇÕES INTERPESSOAIS E AS AÇÕES DE POLÍCIA COMUNITÁRIA Para facilitar a compreensão sobre o nosso conhecimento em relação aos outros e a nós mesmos , Joseph Luft e Harry Inghan criaram um diagrama conhecido pelo nome Janela de Johari, onde através de quatro retângulos dispostos em forma de uma janela, podemos analisar o processo de nossa percepção sobre nós mesmos e os outros.

Ilustra o processo de dar e receber feedback.

Os autores partiram do princípio que cada um de nós tem quatro imagens ou situações distintas.



A JANELA DE JOHARI Cada pessoa precisa conhecer seus comportamentos nas CNTP.


Lembrar que tudo é relativo: que ângulo e com que olhos quero ver – perceber um contexto maior que vai além do meu.

Para decidir Equilibrar RAZÃO e EMOÇÃO.



O HOMEM COMO SER SOCIAL O homem necessita de interagir com outros para desenvolvimento e realização. Ninguém é auto-suficiente.

O homem é o somatório de todas as experiências de sua vida.

A interação humana é complexa – comportamentos verbais e não-verbais, pensamentos, sentimentos e expressões físico-corporais.

De acordo com Weil e Tompakow (1986), “o corpo fala sem palavras.” A mensagem transmitida pode aproximar ou distanciar, facilitar ou complicar.



O HOMEM COMO SER SOCIAL Segundo MOSCOVICI (2002, P.35)

“O relacionamento interpessoal pode tornar-se e manter-se harmonioso e prazeroso, permitindo trabalho cooperativo, em equipe, com integração de esforços, conjugando as energias, conhecimentos e experiências para um produto maior que a soma das partes, ou seja, a tão buscada sinergia. Ou então, tornar-se tenso e conflitivo podendo ocorrer a divisão de energias e até a dissolução do grupo.”



O HOMEM COMO SER SOCIAL RELAÇÕES INTERPESSOAIS




“A escola dos relacionamentos é o convite
da vida para a vitória sobre o egoísmo.
Viver é de todos, conviver é de poucos,
e conviver bem é para quantos se
disponham a encetar nova jornada ante
a nossa condição de “cidadãos do Universo".

Ética da Alteridade, Ermance Dufaux, livro «Unidos pelo Amor», As relações Interpessoais não são unilaterais.

Cada um é o que pensa e o comportamento decorre do pensamento naturalmente trabalhado pelos conflitos entre aquisições, lutas e situações do meio.

Faz-se necessário observar, analisar, estudar e trabalhar os comportamentos.

Portanto, aceitar as criaturas em suas idéias, manias, propósitos e atos é uma versão delicada das RRHH.



O HOMEM COMO SER SOCIAL Relações Interpessoais, Conflitos e
Formas de Intervenção

Facilitador: Cap PM Edmilson Silva
ed1000sony@gmail.com IMPORTANTE LEMBRAR: Para eficácia do relacionamento interpessoal, o processo da percepção do outro exige crescimento pessoal que envolve a autopercepção, autoconscientização e auto-aceitação para possibilitar a percepção real dos outros e da situação interpessoal. A liderança e a participação eficaz em grupo dependem da competência interpessoal do líder e dos membros.

Líder é a pessoa no grupo a qual foi atribuída formal ou informalmente, uma posição de responsabilidade.



RELAÇÕES INTERPESSOAIS E AS AÇÕES DE POLÍCIA COMUNITÁRIA
Segundo Hunter (2004), a liderança é a capacidade de influenciar pessoas para trabalharem entusiasmadas na busca dos objetivos identificados como sendo para o bem comum. O líder deve identificar e satisfazer as necessidades que servem para o bem-estar do ser humano. O CLIMA DE UM GRUPO traduz um conjunto de valores ou atitudes que afetam o relacionamento entre pessoas. Se há sinceridade, ajuda mútua, padrões de autoridade e liderança.



RELAÇÕES INTERPESSOAIS E AS AÇÕES DE POLÍCIA COMUNITÁRIA Conjunto de elementos agregados
por metas comuns micro
ex: família macro
ex: Nação O homem é um ser social
vive em GRUPO O HOMEM COMO SER SOCIAL Play



A JANELA DE JOHARI 2- Só os outros sabem 4- Nem eu nem os outros sabem. 3- Só eu sei 1- Eu sei e os outros também



A JANELA DE JOHARI Play



A JANELA DE JOHARI
See the full transcript