Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Gêneros Textuais

No description
by

Rodrigo Duran

on 26 February 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Gêneros Textuais

GÊNEROS TEXTUAIS Questões sobre gêneros textuais Modalidades discursivas

São as formas de organização linguístico-discursivas. Narrar
Relatar
Argumentar
Expor
Descrever
Instruir
dialogar Quando se classifica um certo texto como narrativo, descritivo ou dissertativo, não se está determinando o gênero, mas uma tipologia textual predominante. GÊNEROS TEXTUAIS O conhecimento intuitivo de gêneros.

Os gêneros textuais são os textos que circulam na sociedade e que desempenham diferentes papéis comunicativos.

São tipos relativamente estáveis de enunciados produzidos pelas mais diversas esferas da atividade humana.

Os textos são produtos da atividade de linguagem em funcionamento permanente nas formações sociais. Em nossas atividades comunicativas, lemos diversos tipos de textos, assim como, ouvimos ou produzimos enunciados tais como:

Escrevi uma carta.
Recebi o e-mail.
Achei o anúncio interessante.
O artigo apresenta argumentos consistentes.
Fiz um resumo do livro.
A poesia é bonita.
Li o conto.
A piada foi boa.
A tirinha é engraçada.
A lista é numerosa.

Os gêneros textuais são dinâmicos e sofrem variações na sua constituição, e isso, resulta em novos gêneros.

O número de gêneros textuais numa determinada sociedade é, em princípio, ilimitado, ampliando-se de acordo com os avanços sociais e tecnológicos.

Basta pensar no “e-mail” ou no “blog”, práticas sociais e comunicativas decorrentes das variações da carta e do diário, propiciadas pelas recentes invenções tecnológicas.

Dado o processo dinâmico no qual os gêneros estão inseridos, assim como surgem, podem desaparecer. Sequências Textuais Unidades mínimas de composição textual, ou seja, de protótipos.


Visam a formar uma unidade textual coesa e coerente.

Os textos descritivos são uma exposição de diversos aspectos que configuram o objeto sobre o qual incide a descrição.

As sequências textuais descritivas surgem comumente articuladas com sequências textuais de outros tipos.

Em textos narrativos, é frequente surgirem sequências descritivas que permitem caracterizar uma personagem ou um espaço social, para motivar o desenrolar da ação.

Apresenta uma sucessão de eventos, uma unidade temática, um processo, uma intriga e uma avaliação final.

O esquema da sequência narrativa pode ser descrito a partir de cinco elementos, que são: situação inicial, complicação (ou conflito), desenvolvimento (ações e reações), clímax e situação final (ou desfecho).
A sequência argumentativa é constituída com base em “algo já dito” e consiste essencialmente, na contraposição de enunciados.

O esquema argumentativo é constituído a partir de três elementos básicos: os dados (premissas), o escoramento de inferências (raciocínio,justificativas) e a conclusão. (redações de vestibulares)

Argumentar é provar com justificativas plausíveis.

Os espaços físicos e materiais onde estão grafados os gêneros textuais. o livro

o jornal

o computador

o folder

o manual de instrução,

a folha da bula de remédio


a televisão o cinema

o rádio

uma tatuagem afixada em um a parte do corpo humano

uma inscrição produzida no céu – no ar – por um avião da esquadrilha da fumaça.

a areia da praia que serve de suporte para pequenos poemas
os troncos de árvores


São os lugares ou as instituições sociais onde se organizam as formas de produção e ocorrem as atividades de linguagem, através dos textos orais ou escritos.

São os locais sociais, tipo o ambiente escolar, acadêmico, a mídia, instituições jurídicas, religiosas, políticas, familiares, etc. *** Lendo o início de um pequeno conto de Monteiro Lobato, poderemos observar o sequências narrativas e descritivas se entrelaçam para construir um texto.

O drama da geada

Junho. Manhã de neblina. Vegetação entanguida de frio. Em todas as folhas o recamo de diamantes com que as adereça o orvalho. Passam colonos para a roça deitando fumaça pela boca. Frio. Frio de geada, desses que matam passarinhos e nos põem sorvete dentro dos ossos. Saímos cedo a ver cafezais, e ali paramos, no viso do espigão, ponto mais alto da fazenda. Dobrando o joeho sobre a cabeça do socado, o major voltou o corpo para o mar de café aberto ante nossos olhos e disse num gesto amplo: – Tudo obra minha, veja!

Assunto: Recursos verbais e não verbais.

A Charge é um desenho num único quadro, onde o autor tem que ser extremamente criativo para, num único espaço, apresentar a ideia e conclui-la. Termo que, atualmente, é mais aplicado em trabalhos relacionados à política. Conforme os elementos verbais e não-verbais que compõem a charge em análise, responda:

A charge sobre a campanha pelo desarmamento trata de um ponto de vista favorável ou desfavorável ao desarmamento? Identificar a estrutura, a finalidade e a linguagem dos sumários. Assunto: Sumário Sugestão: Questões para alunos do “PAV” devem preferencialmente ser mais visuais e explorar o cotidiano dos alunos, de modo que eles possam, na medida do possível, se interessarem pelos assuntos tratados.

O Sumário tem como finalidade
a) explicar um assunto.
b) enumerar as divisões de um assunto tratado no texto, indicando a sua paginação.
c) explicitar as principais ideias de um texto.
d) detalhar os capítulos indicados nas páginas numeradas. NÍVEIS DE COMPLEXIDADE DA QUESTÕES

É importante que você tenha em mente que as questões tem níveis de dificuldades que variam do mais simples ao mais complexo.

Esses níveis são importantes para que possamos verificar o nível de aprendizagem e o grau de abstração que nossos alunos já conseguem ter.

Lembremos que a “LDB” preconiza a avaliação qualitativa em detrimento da quantitativa, o que nos possibilita variar questões e avaliá-las de modo diferenciado. Identificar os sinais gráficos usados em textos escritos.)
Assunto: Pontuação: uso das aspas. Leia a história da tirinha com atenção.  
Observe o uso das aspas no primeiro quadrinho da tirinha. Elas foram usadas para

 a) indicar o início e o fim de uma citação, de modo a diferenciá-la do restante do texto.
b) salientar as gírias.
c) ressaltar o valor significativo de uma expressão.
d) destacar partes do texto.
  Identificar mecanismos de articulação das palavras na frase.
Assunto: Relação entre os nomes na frase.

Leia a tirinha a seguir. Questão: Se você substituir a palavra “gorducha” no primeiro quadrinho por “gorduchas”, como ficaria a frase? Assinale a opção correta.
 a) As Mônicas é gorduchas.
b) As Mônicas são gorduchas.
c) A Mônica são gorduchas.
d) A Mônica é gorducha Identificar, em textos publicitários, os recursos verbais e não-verbais.) Assunto: Estratégias de sedução nos textos publicitários: recursos verbais e não-verbais. Relacionando a linguagem verbal e a não-verbal, este anúncio EXPLICITA que

a) desde que Gabriela começou a usar o produto, ela ficou sonhando com príncipes.
b) as pessoas que usarem o produto do Boticário não terão seus desejos atendidos.
c) a figura da Cinderela não estabelece um elo entre o mundo real e ideal.
d) há cinco príncipes querendo que Gabriela prove o sapato de cristal. OFICINA DE LÍNGUA PORTUGUESA.
TRABALHANDO GÊNEROS TEXTUAIS DENTRO DA SALA DE AULA. GRUPO - 1
OFICINA DE LÍNGUA PORTUGUESA

GRUPO - 1
QUESTÃO – (Identificar vocábulos e expressões escritas gramaticalmente e seus significados.)
 
Nível de dificuldade: Médio.

Levando em consideração o suporte apresentado, crie uma questão que o contemple. Ela deve ter um comando e quatro opções.

Apresentar a pergunta elaborada e o processo que o aluno terá que fazer para "construir o conhecimento". Como trabalhar esses “erros” no nível da fala em sala de aula. GRUPO - 2 EQUIPE -2 Leia-os e observe-os com atenção.
Ambiguidade é a possibilidade de uma mensagem
ter dois sentidos. Ela, às vezes, é provocada pela má
organização das palavras na frase.
Ex.: - “Onde está a cachorra da sua mãe?”
(Que cachorra? A mãe ou a cadela criada pela mãe?).
“O cadáver foi encontrado perto do banco.”
(Uma casa bancária ou um banco de jardim?). OFICINA DE LÍNGUA PORTUGUESA
GRUPO - 2
 
QUESTÃO : (Identificar características próprias da linguagem dos cartazes de propaganda.)

Nível de dificuldade: Fácil.
 
Assunto: Efeitos de sentido, linguagem verbal, linguagem não-verbal e ambiguidade.

Levando em consideração o suporte apresentado, crie uma questão que o contemple. Ela deve ter um comando e quatro opções.

Apresentar a pergunta elaborada e o as várias possibilidades em que a ambiguidade faz-se presente em nossa vida. Como trabalhá-la em sala de aula. GRUPO - 3 OFICINA DE LÍNGUA PORTUGUESA
GRUPO - 3
 
QUESTÃO : Estabelecer correspondências entre os numerais e seus significados.

Nível de dificuldade: Médio
 
Assunto: os numerais e seu significados.
 
Levando em consideração o suporte apresentado, crie uma questão que contemple a habilidade acima. Ela deve ter um comando e quatro opções.
Apresentar a pergunta elaborada e as várias possibilidades que o aluno poderá explorá-la. Como trabalhar em sala de aula. GRUPO - 4 OFICINA DE LÍNGUA PORTUGUESA
GRUPO - 4
 
QUESTÃO : Perceber a exploração de marcas famosas, em propagandas, como recurso de captação de maior número de compradores.)

Nível de dificuldade: Médio
 
Assunto: estratégias de sedução nos textos publicitários: recursos
 
Levando em consideração o suporte apresentado, crie uma questão que contemple a habilidade acima. Ela deve ter um comando e quatro opções.

Apresentar a pergunta elaborada e o as várias possibilidades que o aluno poderá explorá-la. Como trabalhar em sala de aula. GRUPO - 5 OFICINA DE LÍNGUA PORTUGUESA
GRUPO - 5
 
QUESTÃO: Identificar diferentes efeitos de sentido decorrentes da mudança
de posição das palavras na frase.)
 
ASSUNTO: o efeito de sentido das palavras nas histórias em quadrinhos.

Nível de dificuldade: FÁCIL
 
Levando em consideração o suporte apresentado, crie uma questão
que contemple a habilidade acima. Ela deve ter um comando e quatro opções.

Apresentar a pergunta elaborada e o as várias possibilidades que o
aluno poderá explorá-la. Como trabalhar em sala de aula. Há duas modalidades discursivas no mesmo texto. MANEIRA ESCOLHIDA PARA REDIGIR O TEXTO. Descever percepçõs visais. SEQUÊNCIAS DESCRITIVAS FIGURA 1 FIGURA 2 FIGURA 3 FIGURA 4 FIGURA 5 PERSONAGENS, AÇÕES, CLÍMAX. SEQUÊNCIAS NARRATIVAS SEQUÊNCIAS ARGUMENTATIVAS SUPORTES TEXTUAIS AMBIENTES DICURSIVOS Locais onde se realizam os gêneros. Relação sintáticas: sujeito relaciona-se com o verbo. Fonte:http://pt.wikipedia.org/wiki/Vício_de_linguagem- 6/10/2009 – adaptado Responsáveis pela oficina:
Elizabete Aparecida Silva;
Joelinamar Geralda Caixeta;
Rodrigo de Oliveira.

Colaboradores:
Anadir Cândida de Jesus Souza;
Higor Gonçalves Caixeta;
Patrick Sampaio Caetano;
Reinaldo Ramos Júnior;
Rosa Amélia Barsbosa;
Wanisy das Graças Marra.
Full transcript