Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

O Marquês de Pombal, o Pacto Colonial e a Conjuração Mineira

Aula do prof. Marcus na Fundação Torino
by

Marcus Vinícius Leite

on 1 October 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of O Marquês de Pombal, o Pacto Colonial e a Conjuração Mineira

A Conjuração Mineira e a Conjuração Baiana
As Regras do Pacto Colonial e a reação dos colonos
O exclusivo metropolitano: somente a metrópole poderia comercializar com a colônia (ou alguém autorizado pela metrópole).
A produção colonial deveria se pautar em produtos primários com bom valor de venda na Europa.
A colônia deveria consumir produtos manufaturados vindos da metrópole.

Objetivo: transferir para a metrópole o máximo possível da riqueza produzida na colônia.
As regras do Pacto Colonial
1661: proibição do comércio entre o Brasil e navios estrangeiros.
1684: Proibição dos navios brasileiros ancorarem em portos estrangeiros.
1711: Navios estrangeiros no Brasil somente em frotas autorizadas pela Coroa.
Medidas da Coroa portuguesa:
Ministro do rei D. José I. Tentou modernizar Portugal e estabeleceu as seguintes medidas:

Cota de 100 arrobas de imposto na região das Minas.
Derrama caso a cota não fosse atingida.
Criação de Companhias comerciais.
Transferência da capital colonial para o Rio de Janeiro.
Real mesa censória: censura de livros
Proibição de dialetos no Brasil: reforço para a língua portuguesa.
Expulsão dos jesuítas.
Posteriormente o marquês caiu em desgraça, mas sua política foi mantida e reforçada, já que em 1785 foi proibida qualquer manufatura no Brasil.
O Marquês de Pombal
Ao cenário de exploração colonial somava-se a crise da exploração aurífera, já que as minas de ouro sofriam quedas significativas na produção. Resultado: atraso no pagamento dos impostos pelos mineradores e contratadores.
1788: novo governador para as Minas, o visconde de Barbacena.
Decisão: cobrar os impostos atrasados = derrama
Reação da elite econômico-cultural: conspiração
Influência: iluminismo e independência dos E.U.A (1776).
Planos: aproveitar o sentimento de insatisfação com a derrama e iniciar uma revolta pela independência.
A Conjuração Mineira
E os colonos? Aceitaram tudo isso
passivamente?
Onde: nas casas de alguns dos líderes.
Membros: fazendeiros, comerciantes, contratadores, mineradores, militares, padres, poetas e funcionários públicos.
Medidas que adotariam:
1) República
2) Capital em S. J. Del Rey
3) Criação de manufaturas e universidades
4) liberação do Distrito Diamantino e perdão de todas as dívidas com a Coroa.
Fracasso: movimento delatado por alguns de seus membros.
Penas: prisão temporária, degredos e pena de morte para Tiradentes.
A Conspiração
Um problema
Full transcript