Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Acordo Didático. Valores de Minas. Maressa Oliveira - Harmonia

No description
by

Maressa Oliveira

on 19 August 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Acordo Didático. Valores de Minas. Maressa Oliveira - Harmonia

Maressa Oliveira
Harmonia
8 de abril; inicio das aulas
24 de Abril
Apresentação de regras e
objetivos do plug minas.
Tivemos aula de percussão. Vimos o ciclo das quintas. E a aula pratica da música Haiti do Caetano Veloso.
11 de abril;
16 de abril:
Dia 19 de Abril:
Dia 18 de Abril:
Tivemos nossa primeira aula em artes visuais, onde tivemos que expressar nossos sentimentos em forma de desenho.
9 de abril
Falamos sobre mesa de áudio, tipos de microfones e cabos. Fizemos também a manutenção dos instrumentos.
10 de abril
Ritmo, melodia e harmonia. Figuras, a representação da escala maior natural no pentagrama e compasso.
Tivemos aula de canto, onde aprendemos a solfejar notas e formação de acordes com o solfejo. Na Harmonia revisamos figuras e triades.
12 de abril:
Ritmo:
é a sucessão de tempos que se alternam com intervalos regulares.
Harmonia
é a combinação de sons simultâneos tocados de uma vez só. Fizemos a representação das triades no pentagrama.
Melodia
é uma sucessão coerente de sons e silêncios que se desenvolvem em uma sequência linear com identidade própria.
Figuras:
Semibreve: tem a maior duração. Seminima. Colcheia. Semicolcheia. Fusa e semifusa.
Pulso:
É uma referência que nos permite sincronizar os vários elementos de um arranjo.
Compasso:
é a reunião dos pulsos em grupos. Binário, ternário e quaternário.
Solfejar:
Cantar as notas.
Formação de Acordes:
As triades são formadas por: 1ª, 3ª e 5ª grau.
Graus da escala:
tônica, sobretônica, mediante, subdominante, dominante, superdominante e sensível
Aula de percussão:
Ritmica corporal com canções de ciranda
Ciclo das Quintas:
é um sistema que possibilita a identificação dos sustenidos e bemóis de cada escala.
Revisão do conteúdo. E introdução ao intervalo.
Intervalo: Intervalo é a distância que existe entre uma nota e outra.
17 de abril:
Reunimos com o pessoal da música. E assistimos ao filme Quilombo dos Palmares. Após o filme trocamos algumas idéias sobre o assunto do filme.
Análise da harmonia da música Haiti. Pois estávamos com dificuldades na execução. Vimos a escala e o campo harmonico da musica, e os acordes usados nela.
Passamos a aula toda estudando a música Haiti na prática.
Dia 23 de Abril:
Tivemos um debate musical em grupo, onde trocamos idéias sobre diversos assuntos.
25 de Abril
Aprendemos alguns elementos da fotografia digital. Os principais: Linha, textura, cor, luz e sombra, volume, forma, perspectiva, foco e enquadramento.
Fotografia:
Desenhar com luz.
Linha:
As linhas podem passar sensação/mensagem. Linhas retas: dá sensação que foi feito pelo homem. Linhas curvas, irregulares: da a sensação de natureza, organico.
Textura:
é qualquer relevo feito com qualquer material. Onde pode ser sentido ao passar a mão ou não.
Cores:
As cores podem nos trazer a sensação de aconchego e calor (cores quentes: Amarelo e laranja por exemplo) e sensação de frio, sem vida (no caso das cores frias: azul e roxo)
Luz e sombra:
são usados para dar a sensação de volume.
Volume:
Representação de um objeto em 3D
Forma:
Pode ser feita de luz, sombra, cores, etc.
Perspectiva:
Onde no meio das linhas de fuga, há o ponto de fuga.
Foco:
Tem a função de realçar seu objetivo.
Enquadramento:
Selecionar a região que vai ser fotografada.
Cabos:
P10 e XLR. O cabo P10 pode ser mono ou stereo. E o cabo XLR é balanceado.
Diferença entre um som mono e stereo: O som stereo nos permite localizar a origem e o sentido do som. Composta por 2 canais independentes. E o som mono só possui 1 canal. Portanto a reprodução do tipo mono não é capaz de produzir nenhum efeito de profundidade, mesmo que seja ligado a varias caixas de som simultaneamente
Microfones:
Condensador: recomendados para a captação de som de alta qualidade, seja em estúdios, seja para captação de instrumentos musicais.
ShotGun: é especialmente feito para captar sons à distância. Muito usado em cinema, em situações onde o microfone não pode ficar à vista.
Lapela: usado em gravações para a TV, garantindo que a voz da pessoa seja captada com mais constância que o de mão.
Contato: capta os sons diretamente da fonte sonora.
26 de Abril
Nesse dia tivemos que tirar fotos representando 3 elementos da fotografia digital. Fizemos também o trabalho de releitura de fotos antigas. Fizemos um vídeo com as fotos da turma e um relatório de como foi as aulas de Artes Visuais.
30 de Abril
Entramos em tétrades.
Acordes formados por 4 notas.
Aprendemos a montar as tétrades no pentagrama. Vimos que as notas se relacionam entre a tônica, dominante e subdominante. E que as musicas são feitas de: Repouso, movimento, tensão e resolução.
2 de Maio
Tivemos uma revisão sobre campo Harmonico. E rodizio com o canto. Aprendendo a higiene da voz. A estrutura: cordas vocais. E os problemas nas cordas vocais.
As pregas vocais definem o timbre da voz.
É a região mediana/confortável da sua voz. Refere-se ao conjunto de notas que um cantor consegue cantar sem esforços.
Tessitura vocal:
Reflexão sobre o Filme "Quilombo dos Palmares"
O Quilombo dos Palmares situava-se no nordeste brasileiro, onde muitos negros africanos eram escravizados. Os senhores do engenho, brancos, os faziam trabalhar sem descanso, caso contrario iriam ser punidos. Alguns escravos conseguiam fugir do cativeiro e se escondiam pelo interior das matas, e formavam comunidades chamadas Quilombos.
Quilombo dos Palmares era o maior refúgio existente na época. Revoltados com tantas fugas, muitos homens se uniram para destruir Quilombo dos Palmares. O líder Zumbi dos Palmares morreu nesta guerra. Mas sempre na luta de ter a liberdade de volta.
3 De Maio
Aprendemos tempo e contratempo em cima do maracatu. Em binário, ternário e quaternário.
Vimos o que é o acordo didático. E como ele vai funcionar na área da música.
Demos sugestões de algumas materias para revisão. Entre elas: a rítmica, formação de acorde, intervalo, e campo harmônico.
Rodízio na Percussão
7 de Maio
Nota pontuada e ligadura.
O ponto de aumento ao ser colocado ao lado direito da figura aumenta a metade do seu valor.
E o ponto de diminuição ou staccato é colocado em baixo da nota, diminuindo a metade do valor da nota.
Ligaduras:
Prolongamento:
serve para prolongar notas de mesma altura. Pode ser ligadas em compassos diferentes.
Expressão:
serve para ligar notas de alturas diferentes.
8 de Maio
Tocamos a música Haiti completa.
9 De Maio
Tivemos uma revisão sobre armadura de clave e tocamos a música Haiti.
10 de Maio
Visitamos Sabará. Conhecemos a Igreja do Rosário, que foi feita de pedra, mas não terminada. O Chafariz do Caquende e o Teatro Municipal de Sabará. No fim trocamos algumas idéias sobre o que vimos e etc.
Galerinha da Harmonia Tarde.
O teatro Municipal..
A inacabada Igreja Nossa senhora do Rosário feita por escravos em 1713.
14 de Maio
Trabalhamos em cima da música criada por um aluno da percussão. Criamos a harmônia e arranjamos algumas coisas para a música.
Aqui algumas fotos...
15 de Maio
Tocamos junto com a Percussão. A música composta pelo menino da percussão.
No fim, todas ás áreas se runiram no tablado da dança para uma palestra com a sexóloga Fernanda, sobre DST's dando um foco maior a AIDS.
16 de Maio
A galera do canto foi pra sala da harmonia para ensaiarmos o maracatu, (musica do aluno da percussão).
17 de Maio
Estudamos dinâmica em 3 modos diferentes junto com a Percussão. Passando a composição feita pelo nosso amigo. E estudamos o tempo das pausas que havia na música.
21 de maio
Apresentamos as músicas que foram trabalhdas no mês. E assistimos as apresentações e das outras áreas. Depois a Samira veio nos informar sobre mais um rodízio.
22 de maio
Iniciação no circo.
Começamos nos alongando, e depois fomos para o tecido, aprendemos batantes movimentos. E depois fizemos a pirâmide.
Adorei as aulas no circo, foi muito bom.
23 de maio
Nesse dia fizemos o aquecimento e alongamento no começo. E depois fizemos uma dinâmica com a professora que envolvia atenção e coordenação motora. Depois fomos pro tecido, aprender mais movimentos com a professora. E no fim pro mini trampolim.
24 de maio
Nesse dia tivemos um aquecimento mais pesado. E depois fomos para o malabares. Com argola e com clave. Achei as argolas bem fáceis. Depois fomos para pirâmide. Onde aprendemos a como subir no outro, e alguns movimentos que exigiam mais de força.. e por fim, alguns exercícios pra fortalecer.
28 de Maio
Fizemos mais uma reunião com a musica. Com uma visitante, amiga do Nego. Conversamos sobre algumas musicas, sobre cultura, e sobre nossas raízes. Ela nos contou várias coisas. Foi bem legal para nos incentivarmos à preservar nossas coisas, nosso patrimônio cultural e etc.
29 de Maio
Limpamos a sala, tirando todos os instrumentos, cabos, amp e etc.
Depois tivemos uma aula sobre áudio.
Por fim fizemos a ultima dinâmica com o psicologo.
04 de Junho
Terminamos nossa aula sobre mixagem, falando sobre várias outras coisas. Como saída de som, mono e stereo. Vantagens e desvantagens dos pré sets.
E no fim do dia fomos para o canto, onde o Negoativo passou para nós os temas que vamos pesquisar e apresentar no seminário.
05 De Junho
Neste dia praticamos os exercícios com ajuda dos multiplicadores.
06 de Junho
Tiramos algumas duvidas no começo da aula, e depois nos aprofundamos mais nas funções dos programas daw. E depois tivemos rodizio com o canto, onde falamos sobre ídolos. E como sermos lembrados passando uma imagem positiva sobre a gente.

Equalizador:
Iguala os sons.
Frequência:
São as vibrações. Quanto maior mais grave, quanto mais fino mais agudo.
Noise Gate (Porta de ruído):
Serve para tirar os ruídos que não são necessários na música/gravação.
Compressor:
O princípio é o mesmo do noise gate, com algumas outras opções: relize e o attack.
07 de Junho
Separamos os grupos de composição para compor sobre o tema: Capoeira.
Depois nos reunimos com as subáreas da música para trocarmos idéias sobre o tema.
11 de Junho
Aprendemos a ler colcheias e semicolcheias mais o ponto de aumento. E fizemos um exercício sobre isto.
Full transcript