Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Tweet: reelaborações de Gêneros em Redes Sociais

Abralin 31/012013
by

Sayonara Costa

on 31 January 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Tweet: reelaborações de Gêneros em Redes Sociais

Input 1 No que diz respeito à dinâmica de funcionamento da rede social, deparamo-nos com o capital social cognitivo como valor que motiva e dá forma à constante troca e propagação de experiências que resultam em arranjos genéricos capazes de trazer popularidade a seus autores. Observamos a incidência da propagação como mecanismo que confere, através das repetições e apropriações, relativa estabilidade aos arranjos genéricos criados nesse meio. Input 3 A análise dos propósitos comunicativos revelou-nos a presença de um objetivo comum, assumido por todos os gêneros praticados nesse contexto, sejam eles resultantes de migração ou de intervenção. A geração de afinidade como caminho para o estabelecimento de conexões está presente desde as postagens mais simples até aquelas cuja constituição mostra-se mais sofisticada. Esse fato, porém, não invalida a presença de outros propósitos no mesmo gênero, sejam eles resquícios dos padrões genéricos mobilizados na sua constituição, sejam eles propósitos emergentes do processo de reelaboração inovadora externa e distintos daqueles relacionados à sua origem. Input 2 No que diz respeito à manipulação de gêneros nesse contexto, deparamo-nos com os processos de migração e intervenção, que relacionamos, respectivamente, à reelaboração de gêneros inovadora interna e à reelaboração de gêneros inovadora externa. Sendo a primeira responsável pela atualização do gênero no interior da RS sem, contudo, mobilizar outros gêneros nesse processo, enquanto a segunda engloba a modificação de um dado gênero a partir de intervenções que podem modificar forma, sentido ou teor informativo. A reelaboração de gêneros
nos tweets Tweet: reelaborações de Gêneros
em Redes Sociais Sayonara Costa (Hiperged - UFC)
Júlio Araújo (Hiperged - UFC) Construção do Objeto de Pesquisa Reelaborações de Gêneros Twitter Redes Sociais Como descrever os padrões genéricos que organizam a comunicação no interior do Twitter? As práticas discursivas no Twitter são mediadas pelo tweet, postagem que é produto da dinâmica de funcionamento característica dessa rede social e que se materializa na manipulação e mesclagem de diferentes padrões genéricos com o propósito de dar visibilidade aos atores sociais envolvidos na produção Descrever o fenômeno das reelaborações de gêneros no Twitter, considerando a dinâmica que rege as interações nessa rede social, bem como os processos de manipulação de padrões genéricos praticados em seu interior e os propósitos comunicativos subjacentes a esse contexto. Quadro Norteador da Pesquisa Questão Central Hipótese Geral Objetivo Geral Como o estatuto de rede social contribui para a emergência e propagação de demandas enunciativas que culminam na reelaboração de gêneros? Como os usuários manipulam padrões genéricos na construção de seus tweets? Que o propósito comunicativo está relacionado ao tweet? Desdobramentos 1º Objetivo Identificar que estratégias de manipulação de gêneros são aplicadas pelos usuários do Twitter na constituição das suas postagens. 2º Objetivo Relacionar o propósito comunicativo do tweet ao capital social intrínseco às interações ambientadas nas redes sociais e à prática das reelaborações de gêneros. 3º Objetivo Analisar o papel da propagação de informações na rede social Twitter e a sua influência na sedimentação de padrões genéricos emergentes.

Análise de Redes Sociais da Internet e Capital Social - Bourdieu (1980), Recuero (2009), Bertolini e Bravo (2001)

Para a execução desse objetivo, foram contabilizados os índices de propagação das postagens do corpus e analisado o seu conteúdo, no intuito de flagrar a materialização de capital social. Analisar o papel da propagação de informações na rede social Twitter e a sua influência na sedimentação de padrões genéricos emergentes. Dinâmica de funcionamento da rede Estratégias de manipulação dos gêneros Propósitos comunicativos Reelaboração de Gêneros Identificar que estratégias de manipulação de gêneros são aplicadas pelos usuários do Twitter na constituição das suas postagens

Concepção e evolução dos gêneros discursivos - Bakhtin ([1979]2011), Araújo (2003, 2006), Zavam (2009), Lima-Neto (2009).

Para a execução desse objetivo, procedemos à observação dos padrões genéricos mobilizados na constituição dos tweets do corpus, bem como as alterações sofridas por esses artefatos no deslocamento de sua esfera de origem rumo à rede social. Relacionar o propósito comunicativo do tweet ao capital social intrínseco às interações ambientadas nas redes sociais e à prática das reelaborações de gêneros.

Propósito comunicativo - Swales (1990, 2004), Askhave e Swales (2001) e Bhatia (1993, 2001)

Para dar conta deste objetivo, empreendemos a análise qualitativa das postagens do corpus, no intuito de apreender a que propósitos comunicativos elas atendiam. Em seguida, lançamos aos usuários um questionário com o objetivo de perceber como esses reconheciam os propósitos inerentes às postagens compostas por manipulação de gêneros. Juntando as peças... Do corpus 195 postagens
45 questionários Critérios de constituição do corpus Tweets em português;
Perfis públicos;
Elementos escritos;
Remissão a gêneros conhecidos. Tabela de análise Incursão inicial Migração Intervenção Dinâmica de funcionamento da rede Capital Social Relacional Capital Social Normativo Capital Social Cognitivo 1º Nível A dinâmica de valores inerente à rede propicia o surgimento do capital social cognitivo, através do qual conhecimentos relacionados a esse ambiente são construídos, propagados e apropriados. Esse impulso constitutivo gera demandas enunciativas que são repetidamente atendidas e propagadas, dando às práticas de linguagem da rede aspectos relativamente estáveis, cuja reincidência pode ser flagrada na quantidade de retweets que as postagens originadas dessa dinâmica alcançam. Estratégias de manipulação dos gêneros Propósitos Comunicativos Compreendemos que a dinâmica de funcionamento emergente das redes sociais suscita ações de seus participantes no intuito de atender às demandas enunciativas que de lá surgem. É nesse movimento, orquestrado pela rede e protagonizado pelos sujeitos, que os gêneros vêm sendo manipulados e readequados, passando pelo que sugerimos classificar como profícuo processo de reelaboração dos gêneros, dentro da rede social Twitter. A incursão pelas estratégias de manipulação de gêneros empreendidas pelos usuários do Twitter mostrou-nos que não apenas a forma de enunciados relativamente estáveis é alterada nessa rede social, como também o sentido e o teor informativo das postagens. Percebemos que as forças criadora e inovadora presentes nesse sistema materializam-se de diversas formas para alcançar os mesmos resultados: propagação e geração de conhecimento coletivo. O que podemos concluir? Intervenção = atualização de propósitos Migração = manutenção do propósito O exercício de consulta aos usuários revelou-nos que, além de, em uma primeira instância, gerarem riso, os tweets compostos por intervenção visam a fortalecer conexões e redes sociais. Nesse contexto, a mobilização de padrões estandardizados em outras esferas aparece como fator capaz de gerar afinidade entre os usuários e o texto postado, garantindo-lhes audiência. Na sua opinião, qual o propósito de postagens como essa?
Criar uma rede de interação que fortaleça o perfil de quem postou. Ou talvez uma tentativa de criar um item top trend. (Sujeito 2)

Elas tentam chamar a atenção do usuário por meio de um texto conhecido, familiar, valendo-se assim de uma intertextualidade corrente em nossa cultura. (Sujeito 12)

Causar humor, entretenimento. Demonstrar habilidade de criatividade, a fim de obter popularidade na rede social. (Sujeito 22) #Obrigada!
Full transcript