Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Linked Hybrid- Steve Holl

No description
by

Alexia Sampaio

on 18 August 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Linked Hybrid- Steve Holl

Linked Hybrid- Steve Holl
" Uma cidade dentro da cidade"

Implantação
- Híbrido Conectado

- Pequim, China, 2003 - 2009

- PROGRAMA: 644 apartamentos, o espaço público verde, zonas comerciais, hotéis, Cinema, jardim de infância, escola Montessori, parque de estacionamento subterrâneo.

- CLIENTE: Modern Green Development Co., Ltd. Pequim

- TAMANHO: 2,383,797 pés quadrados

- Status: concluído
As fachadas têm uma pele painelizada, um sistema de revestimento com chapas metálicas, que passou a ser adotado na grande arquitetura apenas nos anos 1970, e foi popularizado por Richard Meier. Estes painéis são responsáveis pela regularidade das fachadas de todo o conjunto, sem dúvida o elemento de ligação necessário para contrabalançar o hibridismo volumétrico.

Os caixilhos das janelas coloridas são uma característica de Steven Holl.  As cores dão expressão à fachada cinza prateada. 

Morfologia
- O projeto possui janela exterior com vidro revestido para o ganho solar e controle de calor, bem como a fachada do edifício de alto desempenho e aquecimento.

- Forma irregular e dinâmica;

- Estrutura composta de oito torres, interligadas por meio de passarelas flutuantes;

- Tem conexões com os espaços verdes envolventes e penetrantes do projeto;

- Acesso por todos os lados, para promover um aumento na circulação de pessoas no local;

Projetado para que o pedestre possa circular livremente, o térreo é bem aberto com várias entradas.
A entrada principal (representada em amarelo) fica de frente para a estação de ônibus, e rodovias com seus cruzamentos complexos e monumentais.


- O projeto promove relações interativas e incentiva encontros nos espaços públicos . Focado na experiência de passagem do corpo através do espaço, as torres são organizados para tomar “movimento”. A intenção é promover sensações diferentes ao usuário de acordo com a localização do mesmo dentro do complexo. 

- É possível observar varias aberturas em todas as torres para promover entrada de iluminação natural e ventilação, porém como o clima da cidade é Continental, as janelas possuem vedações especiais para impedir a entrada excessiva de vento e consequentemente isolam acusticamente.
- As torres altas promovem uma ampla visualização do entorno do complexo e da cidade e possibilitam uma relação direta do interior como exterior. As passarelas flutuantes trazem vitalidade aos pontos mais altos, possibilitam uma realação direta entre os predios e a valorização da vista.


O edifício está bem inserido no contexto urbano de Pequim, os materiais de acabamento são predominantes em outros edifícios do entorno além do gabarito também se repetir em outros prédios. Se destaca na paisagem por sua forma dinâmica, suas passarelas flutuantes e por sua “praça central”
Materialidade
- Estruturas pré fabricadas
- Uma das maiores estruturas de Concreto do mundo;
- Todo o complexo é um espaço urbano tridimensional em que os edifícios no chão, debaixo da terra e sobre a terra são fundidos.


- Ele faz uso de uma técnica chamada de ventilação de deslocamento, em que o ar que está ligeiramente abaixo da temperatura desejada numa sala é libertado a partir do piso. O ar mais frio desloca o ar mais quente, fazendo com que seja libertada a partir do quarto e resultando num espaço global refrigerante e um ambiente fresco de respiração.

Espacialidade
- O edifício possui 8 torres ligadas por meio de passarelas flutuantes.
- Programaticamente este laço aspira a ser uma ligação em trama, não simplesmente uma passagem linear.
- Esperam os arquitetos que o laço público elevado e o laço da base gerem constantemente relacionamentos sociais novos. Eles vão funcionar como condensadores sociais, resultando em uma experiência especial da vida da cidade para os moradores e visitantes.

Sistemas
O elevador desloca o público para outra série de passagens em níveis mais elevados. Do 12º ao 18 º andar temos uma série de pontes elevadas multi-funcionais com uma piscina, uma sala de ginástica, um café, uma galeria, um auditório e um pequeno salão, ligam as oito torres residenciais e a torre do hotel. Este laço aspira a ser uma ligação em trama, não simplesmente uma passagem linear, mas para funcionar como condensadores sociais, que gerem constantemente relacionamentos sociais novos. Resultando em uma experiência especial da vida da cidade para os moradores e visitantes.

O nível do solo oferece uma série de passagens abertas para todas as pessoas (moradores e visitantes) para percorrer. Essas passagens garantem um "micro-urbanismo" de lojas de pequena escala que também ativam o espaço urbano em torno do grande lago central.


Todas as funções públicas no nível do solo, - incluindo um restaurante, hotel, escola Montessori, jardim de infância, e cinema - têm ligações com os espaços verdes envolventes e penetrante do projeto.

No nível intermediário dos edifícios mais baixos, telhado jardins públicos oferecem espaços verdes tranquilos, e no topo das oito torres residenciais telhados jardins privados estão ligados as passarelas. 

Reuso de água
Estima-se que 220.000 litros de água cinza de todas as unidades de apartamentos serão reciclados a cada dia e reutilizada para irrigação paisagem e telhado verde , autoclismos , e lagoa reequilíbrio de água , resultando em uma diminuição de 41% no uso de água potável.

Aquecimento
- Poços geo-térmicos de 100 a 660 metros de profundidade servem ao Linked Hybrid com refrigeração no verão e aquecimento no inverno, visto que o clima da cidade é Continental (apresentam temperatura média acima de 10 °C nos meses de maior calor, e a média do mês mais frio é abaixo de -3 °C).
- A reciclagem de água também está entre as várias estratégias verdes utilizadas que tornam a obra um dos maiores projetos residenciais verdes do mundo, aspirando a classificação LEED Ouro.


Sistema Geotermal de Climatização
Enquanto as temperaturas do ar exterior mudam com as estações do ano , as temperaturas do solo abaixo da superfície da Terra permanecem de acordo com a profundidade.
Por circulação de uma solução à base de água através de um sistema de circuito fechado enterrado, a energia geotérmica aproveita as temperaturas do solo constante.
No inverno, o sistema extrai calor do solo, o qual é transferido para uma unidade de energia geotérmica . A unidade fornece o calor para a sua construção através de um sistema de dutos normal ou sistema do calor radiante.
No verão, o sistema absorve o calor do ar e depósitos para o chão do seu edifício. A solução à base de água , arrefecido pelas temperaturas do solo , volta a arrefecer a sua casa

Qualidade Ambiental Interna
O edificio faz uso de uma técnica chamada de ventilação de deslocamento (efeito chaminé), em que o ar que está ligeiramente abaixo da temperatura desejada numa sala é libertado a partir do piso . O ar mais frio desloca o ar mais quente , fazendo com que seja liberada a partir do quarto e resultando em um espaço global mais frio e um ambiente fresco de respiração .
Construção de Sistemas de alto Desempenho
O projeto possui grelhas nas janelas exteriores e vidro low-e revestido para o ganho solar e controle de calor.

Já para os veículos, o estacionamento fica situado no subsolo, como mostra o corte a seguir.

Impacto visual: O edifício não possui característica com o local, é ostensivo e pode ser observado de vários pontos de Pequin, já que as edificações próximas são de baixo gabarito.

A principio o conceito do arquiteto não foi cumprido como um local de livre acesso, todo o perímetro do edifício é murado e em cada entrada existe um guarda acompanhado com um cão, no interior, a praça não é bem frequentada como desejado, existem poucas pessoas utilizando e na sua maioria são trabalhadores que zelam pelo local.

Pequim, é a capital da República Popular da China. Localiza-se na região norte da China e possui uma população de aproximadamente 10 milhões e meio de habitantes.
Em função do crescimento desordenado e do alto índice de crescimento populacional nas últimas décadas, a cidade de Pequim enfrenta diversos problemas, típicos das grandes metrópoles.
O linked hybrid, Possui o objetivo de combater os desenvolvimentos urbanos privatizados atuais na China através da criação de um novo espaço urbano para o século XXI, convidativo e aberto ao público de todos os lados. 
promove relações interativas e incentiva encontros nos espaços públicos que variam de comercial, residencial e educacional para recreio. Todo o complexo é um espaço urbano tridimensional em que os edifícios no chão, debaixo da terra e sobre a terra são fundidos.

O projeto promove relações interativas e incentiva encontros nos espaços públicos que variam de comercial, residencial e educacional para recreio. Todo o complexo é um espaço urbano tridimensional em que os edifícios no chão, debaixo da terra e sobre a terra são fundidos.

Bibliografía
http://www.old.awn.it/AWN/Engine/RAServeFile.php/f/Area_beijing.pdf

https://coisasdaarquitetura.wordpress.com/2011/12/20/hbrido-conectado/

http://tecnne.com/arquitectura/linked-hybrid/

http://www.archdaily.com/34302/linked-hybrid-steven-holl-architects


Full transcript