Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Movimento Operario No Brasil - Resumo sec 19

No description
by

felipe motta

on 20 September 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Movimento Operario No Brasil - Resumo sec 19

MOVIMENTO OPERÁRIO NO BRASIL
Uma nova voz surge
O que foi o movimento?
O movimento operario inicia-se com as chegadas de diversos imigrantes principalmentes europeus, que trazem consigo ideologias de igualdade.
Contexto Histórico
O movimento operario inicia-se no seculo XIX pois neste seculo começa ascenção da indutrialização. Os trabalhadores cansados de ver a desigualdade e exploração onde poucos tinham muito e muitos tinham pouco decidem se organizar e lutar por espaço.
Focos do Movimento
Focos do Movimento
Os anos 20, apesar de alguns avanços em termos de legislação social, foram difíceis para o movimento operário, que foi obrigado a enfrentar grandes desafios, entre os quais o recrudescimento da repressão por parte do governo. Apesar disso, não se pode deixar de reconhecer que foi nessa década que o movimento operário brasileiro ganhou maior legitimidade entre os próprios trabalhadores e a sociedade mais ampla, transformando-se em um ator político que iria atuar com maior desenvoltura nas décadas seguintes.
Ideologias
Anarquistas

Anarquismo pode ser definido como uma doutrina (conjunto de princípios políticos, sociais e culturais) que defende o fim de qualquer forma de autoridade e dominação (política, econômica, social e religiosa). Em resumo, os anarquistas defendem uma sociedade baseada na liberdade total, porém responsável.

Reformistas

O reformismo é um movimento social que tem em vista a transformação da sociedade mediante a introdução de reformas graduais e sucessivas na legislação e nas instituições já existentes a fim de torná-las mais igualitárias. Uma reforma distingue-se dos movimentos sociais mais radicais, como movimentos revolucionários.

Surge uma nova classe denominada operária que tem como principal objetivo lutar e reivindicar por melhores condições de trabalho, menor carga horária de trabalho e assistência trabalhista.
Na década de dez do século seguinte, viveu anos de fortalecimento, quando as principais cidades brasileiras foram sacudidas por greves, sendo uma das mais importantes a de 1917, em São Paulo, em que 70 mil trabalhadores cruzaram os braços, exigindo melhores condições de trabalho e aumentos salariais.
A industrialização trouxe a urbanização, porem não estruturada, logo as classes mais pobres viviam em pessimas condições sem tratamento de água com esgoto a ceu aberto, porem a elite concetrada nos centros da cidade tinham presentes todos os tipos de benefícios urbanos – situação que não se modificou nas cidades da atualidade.
Comunistas

O comunismo é uma ideologia política e socioeconômica, que pretende promover o estabelecimento de uma sociedade igualitária, sem classes sociais e apátrida, baseada na propriedade comum e no controle dos meios de produção . Principal mentor Karl Marx.

Socialistas

Socialismo é uma doutrina política e econômica que surgiu no final do século XVIII e se caracteriza pela ideia de transformação da sociedade através da distribuição equilibrada de riquezas e propriedades, diminuindo a distância entre ricos e pobres.
Para entender melhor
Cristiana Vitoria
Felipe Motta
Malu Guerrato
3°B
Full transcript